Coleção pessoal de KatiaLiberato

1 - 20 do total de 42 pensamentos na coleção de KatiaLiberato

O que é improvável que eu te esqueça.
Não aguento a saudade aqui no peito.
Sinto a porta fechada. Abre.
O que é improvável que eu te esqueça.
Estou tentando ir embora mas tudo me leva para você.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Aquele momento que a saudade é consolada pela visão do novo...
Então, você percebe o preço que foi pago por momentos inesquecíveis.
De verdade a vida é uma câmera. Registra tudo!
E deixa claro que LEMBRANÇAS DÓI.
E se confunde em satisfação e insatisfação. E onde me surpreendo com meus pensamentos...Onde estará ...Anjos que nos afagam!? Anjos que nos protegem !?
Ah! Mas saiba que não procuro meios para ir ao céu...
De verdade?! Os anjos faz tudo ficar infinito.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

"Caramelito"!
Quem diria? Doce de leite...
Gosto doce.
Gosto dobrado.
Gosto de leite.
Gosto esquentado.
Pedaço da vida.
Pedaço da sorte.
Pedaço da gente.
Pedaço...
Pedaço do VOLTO JÁ!

KatiaLiberato
1 compartilhamento

Ache nós!
Tente lembrar!
Me reconheça.
Não me esqueça.

Não me pereça...enfureça!
Empobreça a saudade
Enriqueça a graça.

KatiaLiberato

Acordei com uma vontade de te ver. Faz tanto tempo!
Todas as palavras já descreveram a falta que você faz.
Em todas as palavras o silêncio é o que toma conta mesmo sabendo que tudo já tenha ficado claro.
Continuo sem entender! Perdida.
Diga que ainda tem um lugar para nós!

KatiaLiberato
1 compartilhamento

Em meio ao caos e cheia de tantas desilusões.
...me encontro atrás desse vendaval
Eu continuo sabendo quem sou.
Tentando me reconstruir.
Nessa sã ilusão do seu amor.
Não me deixa. Preciso do seu olhar.
Esse vendaval vai passar.

Kátia Liberato

Nessa simetria destrutiva do enigmático prazer reluzente.
Transcendida pela nostalgia concentrada da insuficiência lucrativa do amor.
Replantada nos braços de um jovem deus...de rosto com traços fortes, sorriso calmo, lábios bem delineados...
Sugam com a avidez de um homem longamente privado da inexperiência estranha quase que imortal
De um tanto quanto... de uma virilidade enrubescida.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Te encontro.
Esteja no fim do arco íris
No começo da terra
No meio do oceano
Numa melodia
Num aperto de mão
No fluir do vento
No calor da noite
Em cada gota de chuva no telhado
No silêncio da noite ao repousar eu te encontro.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Ensimesmar-se no eloquente prazer...
Dos odiosos autos exuberante dos quais relutam o desconhecido cenário
Abordando o próprio mancebo escrupuloso
Na incessante noite que não cessa; no tardar impulsivo de estrelado céu e na beleza amplificada...
Expande o arrojado viril.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Sem postura. Só isso?!
É assim... não conheço aquele que dividi os anos.
Desconheço por completo.
Hoje. Conheço o outro homem que nunca me amou. O desconhecido é o meu presente.
Esse é o preço que pagamos por escolhas mal tomadas no escuro.
Deixa que todo esse caminho eu sei de cor.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Maldade!
Dose dobrada é essa saudade que não passa.
Queria saber o tempo que vai ficar.
Oh saudade!
Sei que o tempo passa mas esse não está passando.
Seu falso amor é nisso que penso. O que passou, passou.
Quero todo aquele tempo de mensagens.
Acordar todos os dias e saber de você.
Fecho a sua porta para nunca mais voltar.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Partida não protege.
Partida testa constantemente o pensamento interior.
Testa a força.
Testa a resistência.
Testa a fragilidade.
Atesta por quanto tempo tudo fica em curto circuito.
Atesta que se perde o juízo.

kátia Liberato
1 compartilhamento

Me poupe dos seus sorrisos sem graça e das suas verdades mal contadas.
Me poupe dos seus olhares sacana e dos seus tre jeitos façanhos.
Me poupe do seu medo bobo e das suas frases meia boca.
Me poupe das suas desculpas sem tamanho e das falas ao canto.
Me poupe do seu silêncio e dos estrondos.
Me poupe!

Kátia Liberato
1 compartilhamento

E antes que se olhe para trás ei de se lembrar...Frívolo!
Os demônios voam e dão lugar a experiência religiosa.
De forma vulnerável e pertubadora o amor é encharcado, reconhecido e negado na sua explosão. Trajetória massacrada por um ponto.
Engraçado como tudo parece está no mesmo lugar...o mundo continua girando!
E com isso sinto que tenho asas mesmo que nunca tenha voado.
Tenho o direito de continuar... com as minhas prosas e poesias.

Kátia Liberato

Costumava acreditar no quanto era bom.
Hoje cedo fui pega de surpresa por aquele sentimento.
Significou mais do que eu imaginei.
Lembranças ... dos momentos compartilhados.
Lembranças estão em todos lugares.
Mas porque mesmo eu deveria te contar?!

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Amor?
Não existe "alma gêmea", "atração"... Esse sentimento é crescente mas quando floresce necessita de bastante espaço. Não tem meio termo ou coisa parecida. É completo! É forte, intenso também e suporta qualquer coisa menos "Eu te amo" de mentira.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Nas mãos de Deus está a estrada da vida. Nunca sabemos o tempo que irá durar. Percorremos caminhos, fazemos escolhas, retrocedemos e avançamos quando achamos necessário. Por amor? Por medo? Por covardia? Não sei! De verdade, caminhamos e levamos junto os nossos medos inconfessáveis. E com eles decidimos quem o decide no final.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

A intimidade diz o grau de tolerância, compreensão com a fraqueza.
Esse termômetro sinaliza o quanto você é forte.
A "nudez" te põe a prova dá excitação e também te põe ao colapso da mansidão.
E te leva a prova de fogo!
Com valores invertidos vou me indo, porque daqui a pouco será obrigatório.

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Meus dias são seus.
Dentre as sonoridades constantes
dum vale florido.
Meus dias são doces pela ousadia dos nossos dias
duns ventos aí arredios

Kátia Liberato
1 compartilhamento

Que eu sempre tenha quem me leve a chuva e me tire.
Certa que o anoitecer traga sossego.
E o amanhacer a dose certa do novo.
E meu coração saiba amar quem me ame.
E reconhecer aquele tom de voz.

Kátia Liberato
1 compartilhamento