Coleção pessoal de Jonathan_Marzo

1 - 20 do total de 89 pensamentos na coleção de Jonathan_Marzo

⁠hoje continuei agindo normalmente, com um sorriso no rosto, como se minha saúde mental não estivesse saído por água a baixo diante tanto choro na madrugada anterior…

Jonathan Marzo

⁠talvez a noite não seja minha amiga, com ela as luzes se apagam uma por uma, ela traz o silêncio e leva embora todas as distrações… nesse momento a ansiedade já bate na porta, ao ponto de entrar, e eu estou deitado fingindo não escutar.

Jonathan Marzo

⁠esses dias tive uma crise.
Será que foi porque eu quis?! Não. Eu sabia que ia rolar ?! Também não. Ela dessa forma, chega sem eu querer, eu não chamo por ela e nem se quer desejo ter. Costuma começar fraca, tão fraca que eu chego a fingir-me não me importar e logo penso que já vai passar, penso que sou forte e firme o suficiente para dominar ela. Em menos de alguns minutos tudo parece desmoronar, sabe um castelo de areia quando bate a onda do mar ? Pois é, vários pensamentos vem e vai, bate o desespero, a vontade de sair correndo, a tristeza juntamente com muitas lágrimas. Aí fisicamente eu perco o controle, tremedeira, a mão começa a travar e soar, sinto que meu coração vai explodir, vontade de vomitar, falta de ar. Nesse momento eu sinto que vou morrer e quer saber?! Naquele exato momento eu desejo morrer.
Não porque sou ingrato, não porque estou fazendo "drama", mas a impressão é que tudo vai passar só se eu morrer mesmo.
O pior é saber que para muitos isso tudo não passa um draminha, uma coisa qualquer. Isso é o que muitos falam sobre uma crise de ansiedade.
Certo dia após uma das piores Crises que eu já tive, cheguei ao hospital num ponto que eu não conseguia respirar, tive que tomar medicação por 1 hora. Na hora de ser atendido ouvi coisas da própria medica do tipo:
- Vamos Jonathan, crise de ansiedade não te impede de andar
- Para de chorar
- Só vai parar de doer se você tentar
O problema é tratarem esse tipo de transtorno como algo relacionado a “drama”, pedem para a gente se controlar, como se fosse fácil controlar algo que é mais forte que nos. Será que eu realmente gosto de passar esse tipo de vergonha? Ter esse problema acabando comigo de pouco a pouco ? Eu não gosto de nada disso, eu não quero ter isso. Você acha que eu gosto de ficar em casa e não sair com meus amigos, ou ter medo de me relacionar com as pessoas por medo do que vão achar?
Eu só quero viver , uma vida sem se preocupar com o Amanhã.

Jonathan Marzo
Tags: ansiedade depressao

Talvez um dia você lembre de mim
Como alguém que te fez tão feliz
E nesse momento você lembre
Que me perdeu por escolhas
Suas…

Jonathan Marzo

⁠se me perguntarem o que aconteceu de melhor esse ano… lembrarei dos seus olhos.

Jonathan Marzo

⁠toda vez q esses teus olhos castanhos se esbarram com os meus
eu sinto aquele frio na barriga
toda vez que ouço o som da sua voz,
é como se fosse a primeira vez,
ouvir teu coração bater,
pra mim é o melhor som que existe,
quando lhe toco, nossa troca de calor, não tem comparação
sentir você, perto de mim, enquanto sussurro coisas no seu ouvido, é melhor que ouvir as músicas do djonga
te ver.
te sentir.
te tocar.
te ter.
pra mim não tem coisa melhor.
com grande amor. John

Jonathan amrzo

⁠Se por acaso eu tiver uma overdose
me deixe morrer com várias doses de tudo aquilo que me fez mal.
Se um dia eu tiver que morrer de amor
pra que somente assim eu o sinta, me deixe padecer.
Me deixe sentir o prazer da infelicidade
o prazer da maldade me corroendo por dentro.
Me deixe ao vento sentindo calafrios
sentindo o frio levar embora cada má memória que me causa caos.
Me deixem esquecer de tudo
até do meu próprio nome
do meu semblante que já foi um pouco feliz.
Me coloquem em um bonito, preto, com verniz.
Se por acaso eu tiver que juntar todos os cacos
em mãos e mesmo que as veja sangrar
me deixem partir, me deixem andar.

john marzo

⁠Uma triste poesia...
Eu gostava mais daquela época
Em que a vida era tão bonita
Que eu sentia prazer de viver
Eu só sorria por cada dia
Havia um motivo para viver
Mas agora
Eu conheço apenas essa amarga melancolia
Que atravessa o meu peito
Já não sei mais o que fazer
Tenho muitas perguntas
E nenhuma resposta
A existência?
Já não há mais sentido
Nada faz sentido

Jonathan Marzo

⁠[10/6 08:55]: Ei, sou eu de novo. Só queria que soubesse que eu não te culpo de nada. E gostaria que não se culpasse também. Na verdade, eu acho que desde que eu entrei na sua vida, só causo confusão. Eu tô sempre pedindo desculpas, eu tô sempre chateando você, você sempre se sente pressionado de alguma forma. Eu sempre fui o problema. Desde o começo, era eu que sempre fazia o mal-estar acontecer. É sempre eu. Sou um caos. Porém não pode se sentir culpado por isso. Você fez o melhor pra você e tudo bem. Não pode existir culpa se você fez o seu melhor.
Eu queria que tivesse ficado e conversado um pouco comigo. Mas talvez você ir tenha sido melhor porque eu não sei o quanto de mal eu poderia ainda te fazer hoje.
E eu não sei o quanto eu ainda suporto ser esse tanto de mal. Não sei o quanto eu ainda vou conseguir me suportar.
[mensagem enviada]

Jonathan Marzo

⁠eu sei que tu preferiu ele,
ele te mostrou cada canto de seu corpo enquanto eu só queria te mostrar cada canto dessa cidade
por do sol da BM, um bom burgão na praça, um rolê de mãos dadas pela orla...
onde nosso amor seria mais fadado à dar errado?

Jonathan Marzo

⁠eu sei que tu preferiu ele,
ele te mostrou cada canto dessa cidade
coco bambu, L´O , Santa grelha
enquanto eu te mostrei o quanto era linda as curvas do seu corpo, sem se quer sair do lugar, em cada cômodo era, uma tranza diferente e você ia do Céu ao Inferno...
é você foi bem longe... mesmo assim, preferiu ele...
onde nosso amor seria mais fadado à dar errado?

Jonathan Marzo

⁠te deixar ir embora
porque cortei tuas asas
porque no início eu era tua morada
e agora eu vi que você morreu
entre os escombros dessa construção mal feita que me tornei

Jonathan Marzo

⁠para a garota
que incendiou meu coração
antes que eu pudesse descobrir
pra quê ele servia.

– você tem algum tipo de magia

Jonathan Marzo

⁠Quero contigo dançar em um dia chuvoso,te amar a luz da lua com as estrelas invejando a nossa troca de energia
continuar amando a luz dos dias e dias.
Sentir raiva da nossa primeira briga
e a intensidade dela se resolvendo na cama, meus dedos escorregam em suas costas te arranhando de ponta a ponta.
somos tipo um casal de metrô, não temos vergonha, nem medo... e sim transbordando desejos.
Quero contar mais que 365 dias na sua companhia
E com total certeza ter uma família.
mesmo que seja só eu, você, os gatos e umas plantinhas...

Jonathan Marzo

⁠Eu tenho vontade de sumir, ir para um lugar bem longe, com um céu cheio de estrelas quem sabe assim eu lembro do brilho que carrego em minha alma.
Ou talvez ver um pôr do sol na beira da praia, talvez eu me lembre que minha intensidade é quente como os raios de sol e tão profunda quanto o oceano.
Mas não importa o lugar que eu vou, pois, os meus sentimentos vão me perseguir, eu tenho um paraíso dentro de mim, mas também tenho um inferno dentro da minha cabeça e de vez enquanto meus demônios vão visitar o meu paraíso e deixar rastros de escuridão dentro dele e quanto eu penso que está tudo perdido no meio de toda escuridão nasce uma flor e seu brilho expulsa toda a escuridão e matam os demônios.

j marzo

⁠vou te convidar
pra sair em um
dia de chuva e
esquecer o guarda
chuva de propósito...

Jonathan Marzo

⁠"Haverá dias e dias..."

Entenda algo, Amar alguém com ansiedade é entender que: Vai haver dias de inseguranças, dias de crises existênciais,
Vão haver crises de autoestima,
Aceita dias que nada vai se encaixar, nada estará bom e que não é proposital, apenas haverá dias...
Mas, tenha a total certeza de algo: você será verdadeiramente Amado e único para aquela pessoa...
Porque da mesma forma que somos intensos quando vem a crise, somos intensos no Amor.
...
E intensidade no Amor não Haverá dias, mas sim, Todos os DIAS!

Jonathan Marzo

Jonathan Marzo

⁠"Ninguém mandou, mas... Encontrei-me em Você'

Quem manda ter esse sorriso perfeito, esses olhos puxados ao sorrir que me encantam, esse cheiro que me deixa completamente sem rumo, um olhar que me desmonta por inteiro e ainda esse jeito que me deixa perdido...
Perdidamente Apaixonado por você.
Ninguém mandou seu nome estar em todo lugar que eu vá, e parecer que toda pessoa que passa por min usa o mesmo perfume que o seu.
Me faz abrir sorrisos diante a multidão de pessoas sérias.
Ninguém mandou me mimar, me cuidar, me deixar cada dia mais dependente de você, ser tão cheia de defeitos e me fazer amar cada um deles.
Ninguém mandou ter cachos que se parecem ondas que eu quero surfar por toda a vida.
Ninguém mandou você me conquistar, aparecer na minha vida e mudar todo o rumo dela... Pra melhor.
Ninguém mandou você fazer planos comigo, e agora eu não conseguir imaginar um dia se quer do meu futuro sem você nele.
Ninguém mandou você mostrar uma coisa nova sobre você a cada dia que passa e me fazer gostar de aprender cada detalhe seu.
(Respiro fundo) como amo seus Detalhes...
Ninguém mandou ter esse abraço tão confortável que me faz nunca querer soltar, ou sua mão ser tão milimétricamente feita para entrelaçar na minha e se encaixar, ou seus lábios carnudos e rosados detalhadamente desenhados ou melhor esculpidos terem um encaixe tão perfeito de encontro com os meus, ou esse seu beijo ser tão exageradamente viciante.
Ninguém mandou você fazer um cafuné que me faz ver as estrelas e pegar no sono depois do rim dia exaustivo.

Ninguém mandou você ser tão...Você!
A culpa é toda sua por eu não saber mais viver sem ter você comigo e não ter a menor vontade de aprender.
Talvez as horas iguais
seja só um motivo pra
disfarçar meu pensamento em ti...
...a cada um segundo.

Jonathan Marzo
Tags: pensamento você

⁠A culpa é toda sua por eu não saber mais viver sem ter você comigo e não ter a menor vontade de aprender.
Talvez as horas iguais
seja só um motivo pra
disfarçar meu pensamento em ti...
...a cada um segundo

Jonathan Marzo

"⁠Você vive o que posta?"

As pessoas de Hoje postam coisas nas quais queriam estar vivendo...
contam coisas que queriam que fossem verdades, mentem para sí mesmas para verem se acreditam
E no fim
Só estão querendo esconder a "solidão" e o peso que tá sendo serem elas mesmas....

Jonathan Marzo