Coleção pessoal de ingridribeiro

1 - 20 do total de 283 pensamentos na coleção de ingridribeiro

⁠Me dizem cafuza, eu entendo confusa
Nem índia, nem negra, muito menos branca
Confusa de novo, me sinto um estorvo
Peguei o tom de cuia e os cabelos negros dos índios tupi marajoara
o nariz e a boca dos negros que vieram da senzala
ainda assim, me pergunto qual meu lugar de fala?
Não sei, mas sinto dever de defender a todos
como se cada um deles fizessem parte do meu corpo
ignorar o meu passado ancestral, é impossível
a vida em todos os lugares, me lembrou que naqueles lugares
eu seria oprimido.
Paciência, é o que meus ancestrais pedem.
Um dia, todos nós estaremos presentes em todos os lugares
e dirão que racismo e a escravidão, foi uma fase
Uma fase dura, com certeza
que durou muito mais do que gostaríamos, mas de novo paciência.
Só chegamos onde chegamos,
porque muitos irmãos deitaram literalmente, a sete palmos do chão
para que essa força virasse nossa própria ascensão.

Ingrid Ribeiro
Tags: indígena índia

⁠Somos seres artísticos. 
Buscamos no nosso íntimo a tinta pra colorir os dias. 
Três luas em peixes buscando entender o mundo, as pessoas e a nós mesmos.
Tentando compreender, sem julgar, sem nos auto criticar, sem lembrar das escolhas mal pensadas que já fizemos. 
Cada um com sua arte, mas sempre com sentimento, que faz parte, de quem já achou que vivia de amor e brisa. 

Ingrid Ribeiro

⁠Por que minha existência é tão desgracenta? Eu nunca consigo apenas existir, porque vivo para sobreviver.

Ingrid Ribeiro

⁠Eu quero acreditar que um dia vou ser tão feliz quanto almejei, mas parece que minha vivência foi criada apenas pra sobrevivência.

Ingrid Ribeiro
Tags: felicidade almejei

⁠Eu acreditei durante muito tempo que o amor era tão leve quanto a brisa do mar que bate em meus cabelos, mas tudo que chegou rotulado de amor foi doloroso.  E por mais que eu entenda que nenhum amor vai ser igual ao outro, todos eu fico esperando o momento que vou sofrer, que vai doer e acabo buscando desculpas esfarrapadas pra sair disso antes de chegar a dor.

Ingrid Ribeiro

O peso da dor que você me causou, ainda dói. E não é porque eu sinta algum tipo de sentimento á ti, é simplesmente porque algumas cicatrizes continuam doendo com o tempo.

Ingrid Ribeiro
Tags: cicatriz cicatrizes

O amaciante de coco lembra a casa da minha vó no Cassino.
 A música dancing queens lembra minha tia avó.
O leite com toddy lembra o jeito que minha mãe preparava o meu na infância. Os passáros lembram meu avô explicando cada um deles enquanto olhávamos o entardecer.
Fazer avião de papel, lembra meu pai que conseguia fazer uma super aeronave que até hoje eu não aprendi,
As flores amarelas que vejo pela janela e o peitoral do bem-te-vi lembra minha bisa que já se foi.
O céu multicolorido lembra meus amigos e as muitas tardes que passávamos no luxo do gaúcho.


A quarentena tem sido nostalgia ao extremo.

Ingrid Ribeiro

⁠Lembro quando eu achava que minha vida seria uma música do Jack Johnson... Calma, dançante, feliz e na paz. Bons tempos de ilusão!

Ingrid Ribeiro

Talvez eu tenha criado uma expectativa irreal da situação, algumas portam não devem ser reabertas. A dor não vale a pena.

Ingrid Garcia

As vezes parece que sei muito da vida, e outras vezes parece que sou apenas uma criança com seu Nescau tentando acertar.⁠

Ingrid Ribeiro

Quanto mais os anos passam, mais eu enxergo que os relacionamentos são vias de mão dupla. Enquanto você se apega dizendo a si mesmo que deveria ter feito mais, procurado mais, se esforçando mais... A pessoa do outro lado, só lembra de você quando precisa e aí de você não responder no tempo que ela julga hábil.

Ingrid Ribeiro
Tags: relacionamento amizade

A lei do mínimo esforço não funciona comigo, tudo que eu fiz até hoje que me gerou o mínimo de orgulho foi duro, difícil e as vezes é até cruel.

Ingrid Ribeiro
Tags: mínimo esforço

Se case com alguém, com quem você possa passar vários dias enclausurados e mesmo assim continue o amando.

Ingrid Ribeiro
Tags: quarentena amor

Legado é a vida!

Ricardo Silva Voz

Deitei a cabeça no travesseiro, tive certeza que era minha criança interior ferida pedindo zelo. As lágrimas molham a fronha, meu eu adulto acolhe e sonha pelo dia que eu e ela, estaremos juntas sem medo e sem vergonha.

Ingrid Ribeiro

O que mais me incomoda na vida humana é que ela por si só não é justa e nem igualitária.

Ingrid Ribeiro

Ontem chorei ao conversar com Deus, sempre tentei agradecer nas minhas orações e raramente pedir algo. Claramente, me sinto mal em incomodá-lo com meus problemas mundanos.

Ingrid Ribeiro

Buscando viver neste mundo, sem ir contra meus ideias.

Ingrid Ribeiro

Passou 10 anos e eu continuo querendo com brilho nos olhos, um amor estilo comédia romântica.

Ingrid Ribeiro

Nem dez anos de terapia com psicóloga vai salvar o quanto tu fodeu com minha mente e meu coração.

Ingrid Ribeiro