Coleção pessoal de Horus

1 - 20 do total de 48 pensamentos na coleção de Horus

Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

Veronica Shoffstall
20 mil compartilhamentos

O ser humano e sua infinita capacidade de criar...de descobrir... de ir atrás do conhecimento.
A filosofia não se esconde...quer abalar os edifícios mais sólidos...questionar
as respostas mais conhecidas...derrubar os altares...abalar as estruturas...
" Pois quem são os verdadeiros filósofos", perguntou Platão...
" Os que amam contemplar a verdade...", respondeu...
Cristo também disse que " SÓ A VERDADE LIBERTA "... a verdade e a filosofia são irmãs
siamesas...impossíveis de serem desconexas...
Porém a verdade é algo interior...algo que está pronta em nossa alma...em seus confins
cósmicos e inconscientes...por isso Sócrates dizia que...
" Uma vida que não é refletida...não vale a pena ser vivida "
É preciso pensar...e como diria Pascal..." Pensar bem "... pois é essa capacidade de raciocínio
e emoção que constrói o que chamamos de filosofia...e a eterna busca por respostas e pensamentos
mais elevados é o ofício do filósofo...e todos somos filósofos... a raça humana filosófa por natureza...
busca e cria por natureza...desobedece por natureza...
No meio do século 19 Marx dizia ( criticando a religião que acabava de perder sua hegemonia) que novamente a filosofia ganhava lugar na vida humana...
" Agora que o mundo da verdade se apagou...cabe aos filósofos descobrir a verdade desse mundo "
Os chamados primeiros filósofos gregos e hindus foram os primeiros a alertar o homem para seus mundos internos,
e a necessidade de pensar e agir bem...Voltaire dizia.." Séculos foram necessários para se conhecer
uma parte das leis da natureza...Um dia é o quanto basta a um sábio para conhecer o caminho de um homem "
São as famosas portas da percepção de Blake... a filosofia ve as coisas à luz da eternidade, à procura
do infinito...por isso ela sempre se questiona e ao mundo em seu redor...
Nietzche da uma boa definição do filósofo..." a vida, para nós, significa estar sempre transformando
em luz e chama tudo aquilo que somos e com que deparamos " por isso dizia Voltaire que o
" Filósofo é um amante da sabedoria, ou seja, da verdade "
Em um mundo onde as aparências contam tanto como o nosso...a filosofia é essencial...pois como
pensava Marx..." aquele que enxerga a aparencia...não consegue enxergar a essencia..."
Um mundo de aparência... colocado em nossa mente como verdade...nublando nossa consciência.
O psicanalista Wilhelm Reich nos dizia assim..." Você pensa que determina livremente suas ações?
Que nada! Seu pensamento consciente é apenas uma gota num mar de processos inconscientes,
os quais você nada pode saber " e depois ele ainda acrescenta... " isso...concerteza...
ofende intensamente sua vaidade... " O filósofo Michel Foucault era outro que defendia que não
temos liberdade real, as formas de sociedade e de indivíduos moldam nossa razão, ao ponto de não
termos uma liberdade de pensamento, dúvidas e conclusões; ele chamou essa cadeia de
" Microfísica do Poder " (que também é um título de um livro seu). Por isso karl Marx havia dito em 1846...
" os filósofos se limitaram a interpretar o mundo...o que importa é transformá-lo "
Na época que Marx escreveu isso, a sociedade humana passava por uma era de revoluções e podemos
dizer que nem o capitalismo estava consolidado ainda... mas ele não perde sua razão...o ideal para um filósofo
não é apenas interpretar o mundo...mas "transformá-lo"... porém não vivemos numa época de
revoluções e a filosofia não tem tanto destaque na vida dos humanos como tinha a 200 anos...
Mas se queremos realmente ser livres temos que pensar, refletir sobre as idéias que parecem mais
óbvias e verdadeiras para nós, temos que pensar sobre as coisas e idéias que vieram antes de nós,
senão Foucault sempre estará certo ao afirmar que não temos liberdade real em nossa vida em sociedade.
Henry David Thoreau, o filósofo que escreveu no próprio EUA " A Desobediência Cívil " nos adverte:
" Ser filósofo, não é apenas ter pensamentos sutis, nem mesmo fundar uma escola, mas
amar o saber a ponto de viver, segundo os ditames desse saber, uma vida de simplicidade,
independência, magnanimidade e confiança."
Temos que sair da caverna e ver o mundo como realmente é...como nós realmente somos...
A " Matrix" da sociedade tenta nos dizer o certo e o errado, o bom e o mal, a ilusão e a realidade...
Mas não! Procuraremos por nós mesmos nossas dádivas e nossos erros..nossa coragem e nosso medo...
Como dizia o poeta Emerson..." Em cada homem tem algo que eu possa aprender com ele...e nisso...
sou seu discípulo " é o que Leonardo da Vinci chamou de " o mais nobres dos saberes, a alegria
de compreender " e o Renascentista Francis Bacon também deixou seu recado para nossa geração moderna...
" Procurem primeiro as boas coisas da mente.. e o resto lhes será proporcionado,ou, então, a falta
do resto não será sentida "
Desmoronamento das ilusões materiais fixadas em nossa alma, convertendo o humano em senhor de si mesmo,
ordenando a sua vontade... a vida e a morte... o céu e o inferno... elevando-se acima de si mesmo e das
mais distantes estrelas do firmamento...libertando os momentos...a vida e o pensamento...

Ninguém melhor que o velho Sócrates para dizer a nós como agir diante da filosofia...
" Não te preocupes se os professores de filosofia são bons ou ruins, mas pensa na Filosofia
propriamente dita. Tenta examiná-la bem e com sinceridade;se ela for má, procura afastar dela
todos os homens; mas se ela for o que acredito que é , segue-a e serve-a, e fica contente "

É...como dizia o historiador Will Durant em sua " História da Filosofia "...

" A verdade não nos fará ricos...mas nos tornará livres. "

Carlos Eduardo
1 compartilhamento

Poema 20

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Escrever, por exemplo: "A noite está estrelada,
e tiritam, azuis, os astros lá ao longe".
O vento da noite gira no céu e canta.

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Eu amei-a e por vezes ela também me amou.
Em noites como esta tive-a em meus braços.
Beijei-a tantas vezes sob o céu infinito.

Ela amou-me, por vezes eu também a amava.
Como não ter amado os seus grandes olhos fixos.
Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Pensar que não a tenho. Sentir que já a perdi.

Ouvir a noite imensa, mais imensa sem ela.
E o verso cai na alma como no pasto o orvalho.
Importa lá que o meu amor não pudesse guardá-la.
A noite está estrelada e ela não está comigo.

Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe.
A minha alma não se contenta com havê-la perdido.
Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a.
O meu coração procura-a, ela não está comigo.

A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores.
Nós dois, os de então, já não somos os mesmos.
Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei.
Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido.

De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos.
A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos.
Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda.
É tão curto o amor, tão longo o esquecimento.

Porque em noites como esta tive-a em meus braços,
a minha alma não se contenta por havê-la perdido.
Embora seja a última dor que ela me causa,
e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.

Pablo Neruda
1.7 mil compartilhamentos
Tags: Poema número

Saberás que não te amo e que te amo
posto que de dois modos é a vida,
a palavra é uma asa do silêncio,
o fogo tem uma metade de frio.

Eu te amo para começar a amar-te,
para recomeçar o infinito
e para não deixar de amar-te nunca:
por isso não te amo ainda.

Te amo e não te amo como se tivesse
em minhas mãos as chaves da fortuna
e um incerto destino desafortunado.

Meu amor tem duas vidas para amar-te.
Por isso te amo quando não te amo
e por isso te amo quando te amo.

Pablo Neruda
8.5 mil compartilhamentos

“Na Natureza Selvagem”

Todos os seres humanos são motivados a fazer coisas inusitadas, quase, senão sempre tem que haver um motivo racional. Na história real de Christopher McCandless, protagonista do drama interpretado por Emile Hirsch em “Na Natureza Selvagem”, suas motivações vão além de um livro que o possa influenciar, como por exemplo: “O apanhador no campo de centeio” (1951) de J.D. Salinger que conta a história de um adolescente que ao ser expulso da escola pega o trem para Nova York antes que seus pais fiquem sabendo da notícia; ou do lendário “Pé na estrada” de Jack Kerouac (1951) que influenciou uma juventude inconformada a sair de casa em busca cada qual de um novo significado para a vida da forma que cada um bem entende.
Com Christopher pode-se dizer que foi um pouco diferente, sobretudo no que se refere às motivações que o levaram a ser um “extremista” como ele mesmo se declara. Antes de se lançar em um ambiente inóspito ao homem solitário, sua sabedoria e revolução espiritual estavam bastante avançadas como é mostrada nessa obra cinematográfica que Sean Penn adaptou do livro de Jonh Krakauer que, aliás, leva o mesmo título.
Após concluir seu ensino superior em 1990 aos 21 anos, Christopher doa toda sua poupança (24 mil dólares) para um instituto de caridade. Parte então para uma aventura vivendo à margem desta sociedade de faz de conta considerada civilizada. Pegando caronas ou viajando clandestinamente em trens de carga. Christopher renega todos os “valores” sociais consumistas, abandona a superficialidade da ideia de estar sempre se ocupando em ter cada vez mais movidos pela ganância. Seus valores familiares também não são mais acessados, o pai, a mãe e a irmã nunca mais o viria novamente.
Na medida em que se relaciona com as pessoas em seu caminho sua perspectiva de mundo vai se configurando e, sendo esta uma via de mão dupla, as pessoas também vão se modificando e principalmente revendo seus valores.
Ansioso por liberdade total, desapegado à regras o jovem adota para si outro nome, agora seu nome é Alexander Supertramp (super-andarilho). Apesar de viver sem rumo, sem dinheiro, apenas sua mochila com diários, livros e algumas roupas, vivendo do que se encontra pela frente, Christopher tem um objetivo: chegar ao Alasca e quando lá chegar, viver o mais intensamente possível sendo, ele mesmo, total parte da natureza selvagem.
Portanto, depois de 2 anos se aventurando e indo ao norte dos Estados Unidos, Christopher chega ao Alasca e pretende viver da terra por um tempo. Compra um livro sobre a fauna local para se orientar. Encontra um ônibus abandonado, provavelmente por uma equipe de biólogos pesquisadores, este é o já lendário “Ônibus Mágico”.
A paixão pela vida selvagem caiu como uma luva para justificar sua fuga de uma sociedade que para ele é mais hostil do que viver como mendigo. Em sua mochila, além dos diários, as obras literárias de Jack London, Leon Tolstoy e Henry David Thoreau que carregavam, tiveram grande influência sobre McCandless. Não se tratava de uma nobre missão, apenas de viver sozinho no Alasca, reconfortado com o que a natureza pudesse lhe proporcionar.
Contudo, perto do centésimo dia no ônibus mágico a fome passa a ser latente e cruel. Os desdobramentos dessa história real nos levam a reflexão sobre a condição humana da vida ativa. A ação do homem e o suprimento de suas necessidades de fato mora na relação com outros homens, outros seres humanos ou é possível viver solitário? Finalmente ele próprio conclui sabiamente que “a felicidade só é real se compartilhada”.

Existe prazer nas matas densas
Existe êxtase na costa deserta
Existe convivência sem que haja
Intromissão no mar profundo e
Música em seu ruído
Ao homem não o amo pouco
Porém, muito a natureza...

Mauro de Paula
4 compartilhamentos
Tags: Natureza Selvagem

Vocês riem de mim por eu ser diferente, e eu rio de vocês por serem todos iguais.

Desconhecido
23 mil compartilhamentos

Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer.

Bob Marley
93 mil compartilhamentos

METADE

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio;
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca;
Porque metade de mim é o que eu grito,
Mas a outra metade é silêncio...

Que a música que eu ouço ao longe
Seja linda, ainda que tristeza;
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante;
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade...

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece
E nem repetidas com fervor,
Apenas respeitadas como a única coisa que resta
A um homem inundado de sentimentos;
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo...

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço;
E que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada;
Porque metade de mim é o que penso
Mas a outra metade é um vulcão...

Que o medo da solidão se afaste
E que o convívio comigo mesmo
Se torne ao menos suportável;
Que o espelho reflita em meu rosto
Um doce sorriso que me lembro ter dado na infância;
Porque metade de mim é a lembrança do que fui,
A outra metade eu não sei...

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
para me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais;
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço...

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer;
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção...

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade... também.

Oswaldo Montenegro
9 mil compartilhamentos

Sem título

Às vezes penso que eu estou ficando louco,
mas sinceramente estou gostando dessa loucura.

Estou louco de desejo por você
Pode vir a ser que estou confundido
a nossa amizade.
Mas tenho certeza que não.

Sonho contigo, não todos os dias,
mas está sempre em meu pensamento.

Já tentei lhe dizer o quanto
estou apaixonado por ti
mas infelizmente tudo que eu esperava
deu em nada
(mas nem tudo deu errado).

Continuamos amigos e isso foi
crescendo o meu sentimento
por ti.

Tentei esquecer esse sentimento
mas ele foi mais forte
e ninguém manda no coração.

Sonho em ficar junto contigo
Espero que esse sonho se realize
Depende apenas de Você.

Edson Fernando
1 compartilhamento

Você pra mim

Fico feliz por ter te conhecido
Agradeço por você
Fazer parte da minha vida

Sinto-me ótimo quanto estou ao seu lado
Gosto de conversa com você,
Eu te entendo e
Você me entende,
Isso é sensacional.

Além de linda, Você é inteligente.
E isso me fascina
Curto muito o seu jeito.

Contigo eu aprendi muitas coisas
Com seu jeito coerente e otimista
De viver a vida,
Ensinou-me muito

Gosto da sua filosofia de vida
Por causa de pessoas como você, que são raras
Que ainda creio no amor
Obrigado por você existir
Simplesmente te adoro.

Edson Fernando
22 compartilhamentos

Metade

Metade de mim que ama
A outra que odeia
Ama as pessoas que estão “longes”
e odeia as que estão “perto”.

Uma metade de mim egoísta
Outra caridosa, com o
coração enorme.

Metade de mim que tem direitos
Outra não tem direito a nada.

Metade de mim revolucionária
A outra também.
Às vezes a gente viaja...
...queremos mudar o mundo.

Metade de mim feliz por viver
Outra metade triste por
não morrer.

Uma metade que luta
A outra também,
mas ambas nem sempre vence.

Metade de mim que eu não
sei o que é
A outra muito
menos ainda.

Metade de mim otimista
que acredita que o mundo possa mudar
Mas a outra pensa que isso não
tem mais jeito.

Uma metade de mim quer
uma coisa
Outra metade de mim quer outra
totalmente diferente.

Vivemos e temos que fazer tudo valer a pena
Mas apenas uma metade minha
acredita nisso,
a outra parece nem
existir.

Edson Fernando
3 compartilhamentos

Desabafo

Antes de tudo, penso marxista.
Penso em tudo, querendo pensar em nada.
Penso nas desigualdades
Nas pessoas que passam fome
Penso na mais repugnante violação dos direitos humanos, a discriminação.
Coisas dramáticas do mundo capitalista, a miséria, a fome, são situações demasiadas degradantes.
O igual por isonomia explorando o mesmo por natureza.
Igualdade existe?
Ter igualdade é tratar o desigual na medida de sua desigualdade.
Será que não existe ninguém que compreenda os problemas do mundo?
Onde está o principio da solidariedade?
No mundo de hoje chama uma pessoa que lutou por liberdade, igualdade, por justiça de terrorista. Isso é totalmente estúpido, é cinismo.
Apoiarem-se nos outros para subir na vida virou uma forma de sobrevivência.
Isso é certo?
Onde vamos chegar!!??
Tudo isso graças a atual forma de governo que nos rodeia.
Tantas violações contra os direitos humanos.
Pelo que parece, ou é por pura estupidez, ou alienação (se bem que um leva ao outro), os pobres aceitam essa desigualdade social.
Tantas pessoas que não tem chances no mundo,
Por que não uma revolução?
Será que não tem conjuntura?
Ninguém pode impor um modo de pensar em alguém,
Se impor, é por pura alienação de quem aceitou.
Não querem nos deixar pensar, mas pense. Pense e seja capaz de se
Revoltar diante de injustiças cometidas contra qualquer ser humano.
Falta idealismo, ação, raciocínio, pensamento, evidência.
Temos o dever de lutar por um mundo ideal, buscar o que é o certo,
ter o principio da igualdade.
Com isso sim, todos vão exercer o dever de cidadãos e revolucionar o modo de pensar.

Edson Fernando
1 compartilhamento

Teus Olhos

Quando olho nos teus olhos
Nesses seus olhos verdes
Da cor de um rio ou
Talvez o rio que seja
Da cor dos seus olhos,
Além de ver o meu reflexo,
Vejo uma garota cheia de mistérios,
Com muitos sonhos
(quem dera eu fazer parte de
um desses sonhos)
Através dos seus lindos olhos verdes
Existe uma pessoa que tem
Quase todas as qualidades e
Os mínimos defeitos de
Um ser humano.
Quero olhar nos teus olhos
E dizer uma frase sincera,
Bonita como você
E linda como a cor dos
Teus olhos...

Edson Fernando
1 compartilhamento

Em um país, onde o máximo de cidadania encontrada na maioria da população se resume a votar de dois em dois anos por pura obrigação é notável pensar em jovens que se unem para debater, discutir e questionar idéias sobre assuntos relativos a não só seu bem estar social mais também a vida política por uma vista liberta de idéias partidárias, idiossincrasias midiais alienadoras, pensar em jovens que revolucionam seu modo de pensar e agir perante a uma sociedade carente de pessoas participativas da vida política existente na mesma, pessoas que exercem seu direito de cidadania.

Wagner Lafaiete
3 compartilhamentos

Chuvas de Setembro

Traços tristes e confusos sobressaem;
Se mostram sem perceber o que é;
Percebido e removido por vários olhares;
Várias cores e sabores! Vários delírios.

Uma noite triste, uma noite a mais;
Sem o pressuposto da diversão, da mentira;
Sem precisar encurtar o que não pode!
Agora começa, cai a chuva!

Gotas e gotas se espalham pelo chão!
Frio e lindo, águas se desmancham,
Some sem deixar vestígios;
Sem deixar suas marcas a vista!

A dor consome, junto à ilusão;
Junto à tremenda confusão;
Chegaremos ao fim, calmamente;
Tranquilamente lá chegaremos!

Um beco? Mais uma vez estaremos;
A espera de uma saída;
Um brinde pra mim e a vocês;
Assim é o fim, é o começo.

É agora, é sempre, é o fim!
Voltar sempre ao começo;
A aquele lugar em que nunca estivemos!
Desconhecido se mostra.

Luiz Renato Garofalo 270905
1 compartilhamento

Cortejo Mental

Quem me dera poder, buscar em lágrimas às esperanças;
Quem me dera um sonho;
Um lugar seguro pra mim e pra voce;
Quem me dera sobressair sempre;
Diante das incertezas da via dessa vida;
Reconstruir-me a partir de lágrimas;
Derramadas em mais um devaneio.

Quem me dera me sentir forte;
Com sorte talvez bastaria;
Quem me dera acreditar em suas palavras;
Fruto de pensamentos/ temperamento momentâneo;
Quem me dera aglutinar todos os sonhos;
Em uma cadeia de necessidades.

Quem me dera despertar um sorriso;
Buscando o riso em rostos alheios;
Transformando um momento;
Transformando vários momentos;
Quem me dera mais um sonho;
Sonhar sem limites, nem tempo.

Quem me dera descobrir os vínculos;
Que ligam minha vida a constante melodia;
Harmonia pautada pelo universo;
Quem me dera não me envergonhar;
Diante do espelho; velhos amigos se reencontram;
Se fazendo novos; novos modelos;
Quem me dera um sonho!

( Luiz Renato Garofalo)
2 compartilhamentos

Distração Temporal

Nas estrelas de sua noite, novo dia irá brilhar;
Como brilham o teu olhar;
Que mais parecem as flores do teu jardim;
Que exalam os perfumes de sua alegria;
Que mais enlouquecer;
Que faz ultrapassar a seriedade,
Mas logo esqueço;
Pois é das flores que devemos falar!
É dessa vida;
Sempre fonte de inspirações;
Recanto de novos apaixonados.

E se brilham como minha dor;
É por não me conhecer;
É porque o tempo não curou;
Ultrapassou minha distração;
Quando permanecia distraído;
Ao ver você distraída;
Olhando meu olhar distraído!

E o tempo não curou;
O sentimento feliz;
O tempo não curou;
O amor que não tinha iniciado;
Olhares que não se cruzaram.

E o tempo não voltava;
Pra reviver o que não foi vivido;
Ficou apenas o perfume;
Das flores que eu nem te dei!

120403 ( Luiz Renato Garofalo)
2 compartilhamentos

Vida

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas
que eu nunca pensei que iriam me decepcionar,
mas também já decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
e amigos que eu nunca mais vi.

Amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
e quebrei a cara muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida.
E você também não deveria passar!

Viva!

Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é muito para ser insignificante.

Augusto Branco
37 mil compartilhamentos

Talvez

Talvez possa ficar com você
Talvez possa nunca mais te ver

Talvez o mundo possa melhorar
Talvez ele possa piorar

Ninguém sabe nada de ninguém
Ninguém sabe nada de tudo

Para tudo eu deixo um talvez
Talvez possa ser esperança...
Pode ser quem sabe alegria...
Ou talvez tristeza.

Pode ser tudo...
...ou nada!

Talvez você possa ser feliz
Talvez você possa ser triste
(O meu talvez para ser feliz seja você)

Talvez amar
Talvez odiar
Talvez viver
Talvez morrer
Talvez...

Talvez os corruptos sejam honestos
Talvez...
Sempre no meio há um Talvez.

Edson Fernando

Lágrimas

As lágrimas que correm em meu rosto
São lágrimas que por ti derramo todas as noites
São lágrimas que caem por que eu não te tenho
Lágrimas que desejo que não venham
Talvez essas lágrimas parem de caírem
Talvez essas lágrimas nunca mais percorrem meu rosto
Essas lágrimas que eu derramo por ti
Isso pode acontecer se você
Quem sabe um dia
Possa ser minha, ser minha pra sempre
E se algum dia
Essas lágrimas não percorrerem meu rosto
Essas lágrimas ainda não se vão
Por que, por mais triste que foram essas lágrimas
Essas lágrimas foram verdadeiras
Essas lágrimas nunca serão esquecidas
Elas representaram o meu sentimento
O sentimento que agora você sabe
O quanto ele é eterno.
Por mais que você não fique comigo
Essas lágrimas estarão presentes
Eu posso até deixar de te amar
Mas minhas lágrimas
Não deixarão eu esquecer de ti
Elas não deixarão eu negar
Que algum tempo na minha vida eu sofri por amor
Então por mais que fiquemos juntos ou não
Essas lágrimas,
Essas lágrimas simplesmente
Serão para sempre...
...Eternas!!!

Edson Fernando
2 compartilhamentos