Coleção pessoal de GERALDOQUINTAO

1 - 20 do total de 55 pensamentos na coleção de GERALDOQUINTAO

Quatro de Agosto, um dia mais que especial. Dia do padre, o nosso pai espiritual. Um sim, dado a algum tempo, para ser pai de muitos, de todos nós paroquianos. Para entendermos melhor estre sim, podemos meditar sobre a parábola do joio e o trigo. Quando Jesus Cristo citou esta parábola, deixou-nos uma mensagem. --- Através das dificuldades que nós católicos vivemos, que são as preocupações mundanas sufocadas por espinhos. Estas dificuldades dentro de nós e a você padre não é diferente.
O seu sim, faz parte da semeadura do bom trigo neste grande campo, que é o mundo, que Jesus semeou. Quem é trigo? Trigos são os membros verdadeiros da Igreja verdadeira de Cristo. Acontece que desde o começo, sempre houve cristãos só na aparência, a começar com Judas Iscariotes, o primeiro joio. Relembremos o primeiro trigo cristão neste vasto campo: Maria com sim ao Arcanjo Gabriel. O segundo trigo cristão: José com seu sim ao Anjo, para aceitar Maria grávida por obra do Espírito Santo.
Jesus escolheu os primeiros doze. Algum tempo depois, citou esta magnífica parábola, para mostrar que todos cristãos devem estar atentos às artimanhas do inimigo e que a partir de Judas muitos joios surgiriam, transformando muitos cristãos só na aparência..
Sabemos que há uma Igreja triunfante que está no céu e uma Igreja padecente que está no purgatório. Estes estão salvos. ---- E a Igreja que somos nós, que vivemos neste mundo? Quem é joio, quem é trigo? Mas, deixemos estas preocupações e ocupemo-nos em dar as mãos, numa grande corrente de oração, para crescermos firmes na fé e rezarmos sempre para os legítimos pastores crescerem na fé e na caridade. ----- Que você padre....., nós o estimamos e que continue sendo sempre este maravilhoso trigo, para conduzir estas ovelhas, que por vezes, ri, chora, canta e desencanta no caminho da salvação rumo à Jerusalém Celeste.
Você também ri, chora, canta e desencanta.
O caminho é curto ou longo como será?
Tremendo é aquele que encanta e canta,
Com o coração sereno a jubilar.

Feliz aquele que respeita a vida,
Tira forças das entranhas e ri no seu canto,
Tem a vida contagiante sua enamorada,
Tem a família que o protege com seu manto.

Feliz aquele que espeita vida,
Tem as lágrimas para as horas incertas,
Escuta e promove palavras destemidas.
Que encoraja os seus nas horas certas.

Feliz aquele que doa e envolve com seu braço,
Ao ente, um amigo, palavra que conforta,
Nas horas incertas, mais forte é o laço.
Se a vida é curta ou loga, não importa.

Você Padre, ..... é tudo isto, somos sua família.
O ser humano, é um livro ambulante, onde cada um escreve sua própria história. Nas páginas do passado foram escritas coisas boas e ruins. Nas páginas do presente, continuamos escrever e colhendo frutos do passado. As páginas do futuro estão todas em branco. Quantas páginas em branco não sabemos, mas uma coisa temos que ter certeza: Cada página futura será escrita com a permissão de Deus.
Obrigado padre, ----- por você existir.
Geraldo Quintão.

Geraldo Quintão Castro

Padre, representante de Cristo entre nós, aceite esta singela homenagem.

Não é bajulação; pois Deus não o bajula. Tu és o ungido de Deus.
Rebebeste dos anjos um bastão no dia de sua ordenação, que está cravado no seu coração. Padre é aquele, que celebra a vida de Deus na comunidade aos seus filhos. Somos também seus filhos sim, devemos respeita-lo como tal. Nós, simples paroquianos , devemos pedir-lhe a benção sempre, mesmo nos encontros casuais. Somente a você, padre, lhe foi dado ordem da transubstanciação, e naquele momento os anjos e os santos juntos com a Rainha Maria Santíssima, ficam em volta do altar adorando o cordeiro. Não conseguimos ver com os olhos da carne, mas devemos ver com os olhos da alma.
Somente você padre, tem a condição de trazer o céu para a terra na Santa Missa, na hora mais sagrada que é a Eucaristia. Sabe você muito bem padre, que Maria enquanto viveu nesta terra, ajudou e trabalhou incansavelmente junto com os discípulos, para o crescimento da Igreja.
Todas as vezes que encontrava como os discípulos, sabendo muito bem da responsabilidade deles, pedia-lhes a benção, e a Pedro o chamava de pai, tendo-o como o primeiro sucessor de seu filho. Ela, a mãe de Deus filho, esposa do Espírito Santo, sacrário da Santíssima Trindade, pedia-lhes a benção, e nós simples mortais, não teremos que faze-lo aos sucessores que são vocês os padres?
Devemos, portanto, não somente pedir-lhes a benção, também orarmos para que o seu sucesso espiritual seja grande aqui na terra e no céu. O inimigo não gosta de católicos fervorosos e muito menos dos padres. Devemos por isso rezar sempre, para que não caia na tentação e persevere na fé e na caridade. Que Deus pai, Deus filho e Deus Espírito Santo, te ilumine e te digne á santidade.
A sua benção.
Quatro de Agosto de 2018- dia do padre.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

O Homem é chamado a ser colaborador de Deus. Deus poderia fazer um exército de anjos, para colaborar com a humanidade, mas não. Ele, Jesus Cristo chamou, não os intelectuais, mas os mais ignorantes, os mais brutos e os lapidou com amor, transformando-os em pérolas para evangelizar após a sua vida terrena.
Deus chama, cada um de nós, cada um no seus papel, seja na ordem religiosa, seja casado na construção da família, ou seja qual profissão for, devemos ensinar com exemplos.
Religião quer dizer: religar o Homem a Deus e ensina-nos a amar. Amar o próximo como a mim mesmo.
Muitos dizem, que religião não salva ninguém, e é uma grande verdade, porém existe uma importância muito grande na formação da assembléia, a comum união dos fiéis. Jesus instituiu a Eucaristia e deu os dons do Espírito santo aos seus discípulos, para duplicar os ensinamentos do Evangelho. Devemos então ser discípulos e pedir os dons do Espírito Santo, isto sim, Jesus quer de nós. Eu não chamo Jesus de mentiroso, e você?

Geraldo Quintão
1 compartilhamento
Tags: mensagem cristã

O Homem é chamado a ser colaborador de Deus. Deus poderia fazer um exército de anjos, para colaborar com a humanidade, mas não. Ele, Jesus Cristo chamou, não os intelectuais, mas os mais ignorantes, os mais brutos e os lapidou com amor, transformando-os em pérolas para evangelizar após a sua vida terrena.
Deus chama, cada um de nós, cada um no seus papel, seja na ordem religiosa, seja casado na construção da família, ou seja qual profissão for, devemos ensinar com exemplos.
Religião quer dizer: religar o Homem a Deus e ensina-nos a amar. Amar o próximo como a mim mesmo.
Muitos dizem, que religião não salva ninguém, e é uma grande verdade, porém existe uma importância muito grande na formação da assembléia, a comum união dos fiéis. Jesus instituiu a Eucaristia e deu os dons do Espírito santo aos seus discípulos, para duplicar os ensinamentos do Evangelho. Devemos então ser discípulos e pedir os dons do Espírito Santo, isto sim, Jesus quer de nós. Eu não chamo Jesus de mentiroso, e você?

Geraldo Quintão
1 compartilhamento
Tags: mensagem cristã

É padre Marcos,
Mais um ano se passou.
A vida passa, não acha?
Cada dia que passa,
Escrevemos a nossa própria história.
Às vezes nem sempre são escritas
Como a gente gostaria,
Mas tenho certeza, que com maestria
Você escreve bem, as páginas
Da sua própria história...
Que seu interior alcance perfeita alegria,
Que sua fé nunca se abale,
Que sua esperança nunca se esmoreça,
Que seu espírito regozije de paz,
Que nunca lhe falte inspiração,
Que a sagrada família esteja do seu lado,
não somente neste seu aniversário
Mas em todos que ainda lhe resta,
E em todos os dias futuros.
Nós da paróquia Santa Isabel,
Agradecemos a Deus, padre Marcos ,
Por você existir.
Parabéns, feliz aniversário.

São Carlos, 30 de abril de 2017

Geraldo Quintão
1 compartilhamento

Honrar o pai e a mãe não é somente respeitá-los, mas também assisti-los nas suas necessidades; proporcionar-lhes o repouso na velhice; cercá-los de solicitude, como eles fizeram por nós na infância.

Allan Kardec
5.7 mil compartilhamentos

Encostado nas paredes do além,
A olhar para o infinito azul do céu,
Ali está o triste velho Zé Manoel,
Tocando sua arpa dizendo amém.

Amém àqueles que o abandonaram,
Na vil encruzilhada da vida,
Pedindo a Deus rezando na ermida,
Perdoando àqueles que o abandonaram.

Entre soluços cantigas tristes,
Apenas triste olhando o infinito,
Olhando co'o coração contrito,
Sem uma palavra que inferiste.

Apenas uma esperança está em Deus,
Naquele asilo abraçando os irmãos,
Mui unidos todos eles dando as mãos,
E aos filhos não esquecidos último adeus.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento
Tags: triste abandono

Todo ser humano quando nasce, é uma folha em branco. À medida que cresce, os adultos ao seu redor, vão pintando. Alguns pintam de forma desordenada, com ensinamentos esdrúxulos, outros com ensinamentos de caráter. Quando adulto tem a opção de decidir qual caminho escolher, o bem ou o mal.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

O ser humano é um livro ambulante, onde cada um escreve a sua própria história.
Nas páginas do passado foram escritas coisa boas e ruins. Nas páginas do presente continuamos escrever e colhendo os frutos do passado. As páginas do futuro estão todas em branco. Quantas páginas futuras não sabemos, mas uma coisa temos que ter certeza: Cada página futura será escrita com a permissão de Deus.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

A verdade é pura. Enquanto a mentira despe a alma e a envergonha, a verdade desnuda-a para a eterna felicidade.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

A mente serena com o movimento em ação, gera benefícios, e o Universo responde de forma satisfatória as suas aspirações positivas.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

Nossa vida é como um grande vaso. Alguns plantam flores e não a reguem, assim elas murcham e morrem. No lugar surgem os espinhos e estes são regados com auto- depreciação, auto- piedade, raiva desmedida, ansiedade. orgulho, medo e egoísmo. Com o tempo chega a depressão e toma conta de todo o vaso.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

Sociedade viril convicta e forte,
só será forte, tendo a família como
base em um respeito mútuo e fraterno.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

Quando olho, posso ver ou não ver.
Ver é um sentido mais profundo. Ver com os olhos da alma, é ver a verdade na sua essência.
Muitos olham o semelhante, e não sentem o prazer; pois, o amor que deveria existir está distante de si.
Amando a si mesmo, com certeza terá maiores condições de ver o ser que existe de melhor no semelhante.
Às vezes olho e não vejo, quando isto acontece, não vejo a beleza que há na natureza, a beleza no ser humano..
Olhando a natureza sem sentir o que é belo, reclamo do sol, da chuva, do frio, do calor. Quem reclama não ama. Padece o espírito, perece a alma, se não amo a mim mesmo.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

A de agoto. A de amor.
Amor paterno, fraterno, irmão. Segundo Domingo do mês, dia do Senhor.
Dia dos pais é todo dia, bem sei; porém hoje
é especial.
Sou especial pai. Você é especial também.
Traz no peito a marca de Deus. ~
Deus pai, progenitor comum de todos nós.
O amor do verdadeiro pai, é o espelho de Deus; pois, é humilde para ouvir, os reclames do filho.
O amor de pai é aquele que sabe ouvir.
É humilde para pedir perdão.
E sabe perdoar o filho irmão.
Todos somos filhos de um mesmo pai,
Que tem como filho Jesus nosso irmão.
Pai é aquele que cuida, educa, segura a mão do filho que lhe pede ajuda.
Pai escuta, olha nos olhos com expressão de amor.
Amor de pai, que cuida, que ensina, que aprende, que doa.
Esta é a verdade expressa no coração do verdadeiro pai.
Pai é aquele que ensina o filho ser pai.
Deus que é pai, nos ensina tudo isto.
Quando chega a hora do adeus, o filho já aprendeu guardar com agrado, os ensinamentos.
Cuidado, aprenda o bem, afaste-se do mal.
Seja sempre prudente e leal.
Parabéns papai.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

É racional e bela a natureza,
Dá vida pela água e pelo ar,
Frutos e flores dotados de beleza,
Para o homem inclusive se sustentar.

A natureza na sua amplitude,
A todo custo ao rio protegia.
Por si só ela tem atitude,
É incontestável sua soberania..

Há anos que o rio agonizava,
Pedia socorro e ninguém ouvia ,
Massacravam o leito por onde passavam,
Pela ganância, o rio estremecia.

Somente a pensar, o homem no lucro
Trouxe tragédias, muitas vidas a matar.
Confessando a culpa no sepulcro,
Confessando a culpa sem se culpar.

Nosso rio doce não é mais de mel,
Mataram a vida que nele havia,
Tornou-se amargo em forma de fel,
Hoje só lama, que triste agonia!...

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

No tempo que vi o tempo passar,
Meditava sem pensar no tempo.
No tempo que passava sem pensar
pela fresta do tempo, um contratempo.

No tempo que vi o tempo passar,
Corri conta o tempo e me assustei,
Estava no hoje, no passado a pensar,
E aí neste tempo, me atropelei.

No tempo que vi o tempo passar,
Estava sonhando acordado e acordei,
Acordei para a vida a me encontrar,
Preso no passado e futuro, no hoje me encontrei.

É o tempo do nascer ao por do sol,
Nos faz neste tempo refletir a vida,
Para o bem,um belo acorde em si-bemol,
Assim nos dita a vida refletida.

No tempo que vi o tempo passar,
Vi que devo ficar de bem com a vida,
Se não, de mal de mim fica sem pesar,
Este é o espelho, a imagem refletida.

No tempo que vi o tempo passar,
Senti a vida um belo sentido,
Mesmo nos amargos tempos aprendi amar,
Do nascer ao morrer, sem amor é sofrido.

No tempo que vi o tempo passar,
Vi o passado hoje, apenas uma lembrança.
Vejo o futuro hoje apenas sem preocupar;
Pois, em Deus deposito a fé e a esperança.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

Você nadou em busca de um sonho,
Chegar primeiro era seu objetivo.
Passou por milhares, foi enfadonho,
Seu grande sonho ser seletivo.

Você ao chegar na grande morada,
Por nove meses sozinho ficou.
Antes nadava, dava braçada,
Agora apertadinho bradou...

Que sufoco, quero me libertar!
Por fim vejo luz no fim do túnel,
Ainda distante me falta o ar.

Ao sair ensanguentado chorava,
olhou o rosto da mãezinha e sorriu,
Enquanto ela feliz o afagava.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

O homem ri, chora, canta, desencanta.
O caminho é curto ou longo, como será?
Tremendo é o homem que encanta e canta,
Com o coração sereno a jubilar.

Feliz aquele que faz do limão uma limonada,
Tira forças das entranhas e ri no seu canto,
Tem a vida contagiante sua enamorada,
Tem a família que o protege com seu manto.

Feliz aquele que respeita a vida,
Tem as lágrimas para as horas incertas,
Escuta e promove palavras destemidas,
Que encorajam os seus nas horas certas.

Feliz aquele que doa e envolve com seu braço,
Ao ente, um amigo, palavra que conforta,
Nas horas incertas, mais forte é o laço,
Se a vida é curta ou longa não importa.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento

Esqueceu de si mesmo o Homem,
Na inteligência a racionalidade,
Na razão fora da razão,
Uma natureza despedaçada.

Tortura a duros golpes, maltrata,
Em volta de si um casulo delineia,
Achando-se rei dono do mundo,
És apenas no campo um grão de areia.

Esqueceu mesmo o Homem de si,
Achando-se rei dono do mundo
De olhos abertos, dorme e se fecha
No egoísmo, o fracasso mudo.

Tomou conta de si a ganância.
Chora a natureza o que é dela reclama,
Busca salvar-se a todo custo,
Como à mostra o velho Chico na lama.

Na sua conjuntura estonteante,
Perece por si mesmo achando-se forte
Oh! Homem abra suas pálpebras,
Do leste a oeste do sul ao norte.

Ao esquecer de si, vem a perecer.
É tempo ainda, antes que seja tarde.
Alternativas existem e são belas,
Saia de si, tenha racionalidade.

Geraldo Quintão Castro
1 compartilhamento
Tags: pela ganância;