Coleção pessoal de GABRIELBRANDAO

1 - 20 do total de 483 pensamentos na coleção de GABRIELBRANDAO

O VALOR DA PAIXÃO 

⁠Dizem que a paixão não tem valor, que ela não dura como dura o amor, mas digo que todo pessoa que ama antes disso se apaixona, pois a paixão é a faísca que produz a chama, que sustenta toda a trama por trás de dois corações que se amam. 

O amor depende de dois corações sempre apaixonados, que mesmo depois de anos de casados ainda se tratem como namorados, sem isso o amor é só um sentimento agarrado a felizes memórias lá do passado, que tudo suporta calado, pois afinal, é da sua natureza resistir a qualquer fardo. 
12/09/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠O relógio é meu amigo, o tempo anda me guiando, o destino sempre está comigo e a sabedoria é quem está me aconselhando, mas mesmo com tudo isso acabo no final errando. 

Acordei nesse mundo e me deparei com uma terrível verdade, sou menos que um milésimo de segundo diante da insondável eternidade e o fim da sabedoria é um poço profundo que te faz perceber que tudo é vaidade. 

Existe em mim hipocrisias que eu gostaria de me livrar, no auge das euforias deixo os sentimentos me levar, mas no fim as falsas alegrias só me fazem errar, bom mesmo é resistir às fantasias e delas se esquivar. 
07/09/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Sou jovem, mas tenho minhas razões, tenho percebido que na vida existe alguns padrões e tento aprender com eles, deles tiro minhas reflexões.

Com a pouca sabedoria que tenho acumulado, das poucas falsas certezas que me fizeram escolher errado só agora que o coração saiu machucado.

Aprender tem o seu preço, nisso preciso concordar, sei que é só o começo, ainda tem muito pra caminhar e o meu maior desejo é não desistir de amar! 
07/09/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Se foi a inspiração , o combustível esgotou, a poesia é a voz do coração que um dia gritou, que conseguiu explicar em versos um pouco do que é o amor 

A voz da razão é dura e é difícil de escutar, o coração só provoca rachaduras na estrutura que já está pra desabar, o poeta a beira da loucura não sabe o que digitar.

Ainda sai umas poucas fagulhas do coração que se quebrou, vez enquanto dessas rupturas consigo sentir o amor, mas as memórias se misturam, então só restar a dor.
04/09/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠ POESIA E ADORAÇÃO 

A luz do sol inquietante castiga o solo no verão, a chuva a seu tempo adiante faz brotar vida no chão, o verde da vida deslumbrante é visto em qualquer direção o sol com suas rédeas constantes mantém tudo dentro do padrão, não fosse esse equilíbrio intrigante o poeta não teria a inspiração.

A terra suspensa no nada gira sem errar a configuração, os astros fazem sua jornada cada qual na sua constelação, essa estrutura bem organizada causa no homem imensa admiração e o poeta disso tira cada palavra, sua poesia virou adoração, os versos acabam sendo nada perante toda a criação
04/09/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠É tô aqui tentando, tô aqui me forçando a parar de ficar imaginando como seriam as coisas se tivesse me incluído nos seus planos.

Tô aqui recomeçando, meu coração já tá acostumando e devagarinho vou me livrando desses sentimentos que tanto andam me machucando.

Mas vou continuar me perguntando e espero que o tempo vá logo me explicando como foi que nosso amor acabou desmoronando.

Só espero que com o passar dos anos você acabe analisando em como acabou se enganando quando me tirou dos seus planos!
21/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

TU SABES? 

⁠Tu sabes quais os caminhos que fazem os passarinhos depois que seguem sozinhos e vão embora dos seus ninhos?

Tu sabes a trajetória dos astros que estão lá no espaço tão distantes dos nossos laços se transformam em nossos mastros quando no universo deixam seus rastros?

Qual é sua inteligência pra poder me responder o destino do coração do homem que ama sem se conter que transpira em seus sentidos a vontade de de ter? 

Tu sabes as possibilidades que o tempo pode trazer quando a resposta certa é dada na hora que tem de ser e as escolhas não são manchadas pelo medo? Consegues me responder?
17/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠UM POUCO DE LOUCURA 

Agora um pouco de loucura, vamos abrir a imaginação, promover uma ruptura do que você acha que tem compreensão, questionar a própria estrutura que forma essa dimensão.

E se os átomos forem como pixels, mas com uma outra configuração, se o mundo quântico invisível for uma mera projeção, acho que não seria impossível todos vivermos numa simulação.

Você é o seus sentidos, o que você pode ver e tocar, somos totalmente envolvidos no que podemos sentir, ouvir e experimentar, isso nos deixa convencidos de que existimos, quem poderia refutar?

Como num programa de computador em que algoritmos fazem a realidade funcionar, quem sabe estamos num simulador de um futuro onde tudo acabou e ninguém sobrou pra máquina desligar. 
20/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Não, a poesia não é criada só da alegria, muito pelo contrário, a maioria dos textos que te toca e contagia nasce dum coração solitário.

De onde vem as chuvas? Acaso não é das tempestades? é das nuvens densas e escuras que cai a vida que transforma a paisagem. 

Cada poeta tem sua fonte, cada qual sua inspiração, mas em todos nós buscamos a ponte que nos ajude a compreender o coração! 
13/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Parece não ser o suficiente toda essa vida ao nosso redor, buscamos algo mais abrangente que nos ajude a não se sentir só, que preencha nosso presente de forma que o futuro pareça melhor.

Somos universos em miniatura, complexos e inexplicáveis, cada um com suas loucuras cada qual com suas variáveis, buscando em nossa complicada estrutura o que dê sentindo pra vida e pra realidade.

Eu tive essa sensação, experimentei esse sentimento, quando a lógica e a razão, concordaram por um momento, o medo fugiu do meu coração, mas não durou muito tempo, só restou uma certa decepção, mas nenhum arrependimento. 
13/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Eu preciso de um antídoto que me ajude a esquecer teu sorriso, me faça não mais se lembrar desse seu olhar, pois isso só faz doer, toda vez que me pego a pensar nos momentos que passei com você e isso precisa parar. 

Confesso que a saudade tá querendo me matar, a tristeza invadiu meu ser e a alegria se perdeu nesse mar, a esperança machucada me ajuda a sobreviver, mas sem forças não sei por quanto tempo irá suportar e logo serei eu a perecer, só um abraço seria o suficiente pra me ajudar a tudo isso superar. 
12/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Eu iria até as estrelas, mergulharia no fundo do mar só pra arrancar de mim essa tristeza, se pudesse novamente te abraçar.

Se eu pudesse viajaria no tempo, iria pra outra dimensão, só pra reviver aqueles dois momentos e sentir seu beijo, seu calor, sua respiração.

Nada dá mais energia que o amor, não conheço o que daria tanta disposição, eu faria o que é que for pra mais uma vez sentir seu abraço, realmente amo a sensação.
12/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Que palavras usar se a poesia já não tem sentido, tanto faz se rimar como ou não rimar, mem sei mais o que digo, só quero nesse deserto navegar até tudo ter esquecido.

Nessa ilha no meio do mar, bem longe do paraíso, onde o sol não consegue alcançar e já não lembro o som de um sorriso, já perdi a fé que alguém vá me encontrar, realmente estou perdido.

O coração teimoso insiste em me fazer lembrar, não sei porque faz isso comigo, quando começa acelerar, na verdade eu nem mais ligo, é sinal que a tortura vai recomeçar, é realmente dolorido! 
09/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Como escrever sem deixar que possa perceber que o coração grita por você?
O que o poeta vai fazer se um aperto terrível sufoca seu ser, se só seu nome a caneta quer escrever? 

É fácil se perder quando você já não é mais você.
É difícil não enlouquecer quando as lembranças só fazem doer
Não sei mais pra onde correr se todo o meu mundo se tornou você 

Não sei o que vai acontecer, mas confesso que quero saber
Por enquanto só essa vontade louca de te ver 
Nem queria nada dizer, apenas te abraçar e renovar minha vontade de viver 
09/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

LEMBRANÇAS 06/06 A 06/07/20

⁠Sabe o que preciso fazer? Acho que preciso esperar, deixar o rio do tempo percorrer, deixe as águas do destino me levar.

Uso a luz da esperança pra enxergar no escuro, na inocência de uma criança vejo lá bem turvo, pela rachadura da lembrança a pouca luz do futuro

A porta bem trancada, minhas mãos se cansaram de bater, pela fechadura enferrujada um pouco eu pude ver, memórias sendo apagadas e aquela menina não era você.

Segundos são como dias, dias são como semanas, semanas são como anos no coração de quem ama, mas mesmo machucando o tempo tudo sana!
05/08/2020

Gabriel Brandão dos Santos

O DIFÍCIL 

⁠O que mais entristece um coração não é a separação, mas sim ter que se forçar a aceitação, dizer pra própria razão que tudo que sentiu era só ilusão

Eu não estou decepcionado, sim tem um pouco de decepção, mas o que realmente tá acumulado é essa pressão de ter que dizer a mim mesmo que o que sentia era errado.

Minha única esperança é realmente o tempo, espero que logo seja apenas uma lembrança tudo que sinto aqui dentro, mas dói ter perseverança quando se trata de sentimento 
03/08/20

Gabriel Brandão dos Santos

ME DEIXE AMAR! 

⁠Mas amar não é justamente não desistir, mas insistir mesmo se motivos pra lutar?
Acaso não é ter paciência, mesmo que nas aparências os caminhos não parecem se cruzar?
Ou apostar no incerto, mesmo que está totalmente certo que seu seu sonho não vai realizar?

Talvez o amor tenha um pouco de ilusão, mas sem isso, acaso não passaria de uma paixão? 
Talvez esteja aqui a grande questão, o amor é paciente, tudo espera e não abre mão. 
Mas a paixão é um fogo que se apaga na primeira imperfeição, que o tempo dilui toda sua emoção.

Sim podemos sofrer por amor, mas sem dúvidas a maior dor nem é ao outro perder. 
O sofrimento com certeza é ver quem amamos triste, realmente acho que não existe algo que mais faz doer. 
É a força que sustenta a esperança, quem ama é uma criança esperando o futuro chegar, então não limite essa dança, apenas me deixe amar!
20/07/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Se pararmos para olhar as três dimensões que nos cercam, do micro ao macro tudo é um milagre, as configurações de tudo isso me fazem crer e confirmar minha fé em um Deus, sim existe um.
O livre árbitro e a inteligência é a maior responsabilidade que um ser vivo pode adquirir, os animais do campo, as aves do céu e os peixes das águas nada sabem sobre si mesmos, não questionam sua própria condição nem buscam um sentido pra vida, apenas vivem cada dia num padrão pré estabelecido.
O ser humano, no entanto, teve a oportunidade de olhar pras estrelas e no espelho e entender onde estão no que estão. 

Porém, ainda assim, são poucos os que param pra refletir e olhar ao seu redor pra entender, quer dizer, pelo menos questionar que isso aqui precisa ter um sentido, que buscar apenas o que todos buscam e viver num padrão pré desenhado não é nossa vocação, formos criados pra algo maior que nós mesmos, que vai além desse pouco tempo que passamos nesse planeta!

Eu realmente me torno em pó todas as vezes que paro para pensar na minha insignificância perante todo esse universo infinito, minhas pernas fraquejam só de pensar 
Em como tudo isso foi criado e que forças mantém tudo isso funcionando! 
Energias de níveis realmente fora de qualquer propósito humano, mas o dono de tamanho poder amou a raça de seres vivos mais egoístas do universo a ponto de morrer por ela numa cruz.
Se sentimos especiais, mas do ponto de vista do tempo somos um sopro, um segundo que se passou e que já se foi, em comparação com o universo somos apenas poeira perdida no imenso deserto.. 

A eternidade é sem dúvidas a maior palavra que nosso vocabulário pode formar, dizer que poderemos ter a eternidade com o ser que criou tudo isso é sem dúvidas a qualquer mente inteligente, que tem a capacidade pra entender isso claro, uma dádiva impagável, mas o homem na sua mediocridade se limita aos seus pequenos pensamentos, as suas vaidades que o tempo simplesmente irá apagar, como apagou as dos que já viveram antes de nós e apagará as do que ainda nascerão nos próximos séculos.
Farei de tudo para ganhar essa oportunidade! 🙏

Gabriel Brandão dos Santos

⁠O reflexo me aconselha e o espelho me atrai, é essa terrível tristeza que a alegria desfaz e posso ver com clareza o que isso me faz, mas meu coração mesmo na incerteza, tem fé acredita em tempos de paz.

Não consigo calar os meus pensamentos, mesmo se eu gritar, são tantos sentimentos que tá difícil de suportar, oscilam os meus batimentos já quando o sol quer raiar, estou perdido no vento de um deserto que não quer acabar. 

O chão perdeu a firmeza, parece que perdi meu lugar, o brilho da natureza nem mais consigo enxergar, tropeço na minha tristeza nem me importo em tropeçar, a vida perdeu a beleza, mas meu coração insiste em te amar.
15/07/20

Gabriel Brandão dos Santos

⁠Se você pudesse olhar o mundo de cima pra baixo e ver como a vida flui numa dança perfeita no menor dos seus detalhes, talvez, não enxergaria mais as coisas da mesma maneira.
Um sistema auto independente onde suas escolhas são só mais uma ação diante de bilhões de mentes pensantes criando e emanando ideias, saber seu lugar no universo é muito difícil, mas muitos conseguem, entender o quão rápido isso tudo passa só os anciãos alcançam.
Agarre e não deixe ir embora aquilo que realmente te faz bem, pois essas são as lembranças que você terá ao olhar o passado quando seus cabelos mudarem de cor.


Dizem que Entender o que realmente importa hoje te priva de muitos arrependimentos amanhã, ora, mas não é muito subjetiva essa afirmação?
De fato a felicidade é o bem mais precioso que sobrepõe qualquer outro, mas o que é mais importante, a felicidade ou o que a provoca? pois é certo ela sempre vem de alguém ou alguma coisa, as cosias podem ser substituídas ou se perdidas reconquistadas, mas e alguém que amamos?
Encontrar uma pessoa que te faz feliz e que se sente feliz com você é a conquista mais valiosa desse mundo, depois de ter esse bem as outras conquistas parecem tão fáceis de alcançar!

Mas no fim, essa flor que ao amanhecer floresce e ao entardecer murcha que é a nossa vida nem sempre é entendida e muitos até depois de velhos nem chegam perto de entendê-la, talvez, nos momentos finais acorda pra realidade que nunca enxergou e ao olhar pra todas as coisas que conquistou perceberá que simplesmente não valem de nada, mas as pessoas ao seu redor, se houverem, serão o que realmente importa, mas ai já é tarde demais pra qualquer retratação ou reflexão e a flor simplesmente seca e o vento leva, nesse jardim imenso que é o tempo!
‌12/07/20

Gabriel Brandão dos Santos