Coleção pessoal de FlaviaDamasceno

1 - 20 do total de 42 pensamentos na coleção de FlaviaDamasceno

2018
Esse Ano iniciou como qualquer outro Ano...
Mais com um diferencial, Eu não estava Animada pra nada... sem animo total...
Logo aos primeiros dias do ano tive algumas crises de existência, que
Melhoraram com uma Radical Mudança...
Radical mesmo...
Porque diante a imensidão do Mar e de Deus pude refletir toda a minha trajetória de vida e o que poderia a vim,
E isso confesso que foi único...
Logo Mais vem meu Niver...
Eu nunca tinha ficado quieta...
Falo quieta mesmo, sem nenhuma expectativa...
Esse foi o primeiro ano que não sei o que me ocorreu,
Acho que estou ficando mais madura,
Pois a data em que nasci sempre me foi de grande espera, sempre faço contagem regressiva, acordo cedo
E esse ano nada disso ocorreu.
O Dia Passou Bem,
Resolvi deixar meu quarto com mais minha Cara,
Fiz o que Chamei de "Cantinho Musical MFD e Cantinho Poético MFD"
Um espaço meu, das minhas criatividades e colorido, e tinha que ser Azul... rsrsrs Amo...
Nele coloquei alguns livros de literatura infantil e de orações para assim ficar um ambiente para fazer vídeos,
Sim... Esse Ano quebrei um pouco mais minha timidez e comecei a fazer vídeos no meu canal.
Não sou de divulgar meu canal, ele é mais pra mim mesmo, sabe é algo que gosto,
Algo sem aquele compromisso direto de pôr postagens nele...
E assim sabe, eu dei um grande salto...
Comecei pela Primeira Vez Ser "EU" de verdade...
Sim, Comecei ser "eu" em casa,
Aquela Flavia mais doidinha que muitos conhecem mais que em casa não era assim.
Em casa sempre fui muito fechada em mim mesmo, então essa flor começa desabrochar...
Tive muitos desafios esse Ano,
E Tive Muitas Conquistas e Vitórias...
Aprendi muito...
E Vivi Mais intensamente cada conquista...
Chorei muito, e Ri Muito Mais...
Cantei, Dancei...
E fiz o que AMO...
Criei e fiz Muita Arte...
Concluir a escrita e Apresentei um Trabalho de Conclusão de Curso
Com o Melhor Tema...
"Contar e Recontar Estórias; Memórias do meu Povo e da Minha Terra..."
Me aventurei ainda mais no que descobri ser a linha de pesquisa.
Conheci Muitas Pessoas...
E muitas fiz Amizades,
Conheci Pessoas que me ajudam a Caminhar,
Me afastei de outras,
Reaproximei-me de outras...
Percebi que perdoar é um dos Melhores Remédios para qualquer coisa...
Principalmente o perdão a si próprio...
Descobri que tem muitas coisas que eu não posso evitar, mas que posso mudar minha forma de vê-las.
Viajei Muito...
E ao mesmo tempo Parei um pouco em casa com a Família...
Senti o Apoio da Família no que busco seguir, e isso me fortaleceu ainda mais na minha caminhada...
Descobri que o que mais Amo Nesta Vida é a Minha Família,
E acima Deles Amo mais a DEUS...
Fiz Muitos planos...
Tive muitos Cumplices...
Fiz Planos que não deram certo...
Me chateei por isso...
Mais entendi que tudo tem um tempo certo e uma hora certa,
E que nem tudo é como queremos...
E tudo acontece para Aprendermos....
E que tudo tem um significado, e que mais tarde saberemos o porquê de tudo...
Tive Muitas correrias, e Também alguns momentos de Calmaria...
Pensei muito, Refleti bastante, Me reaproximei de Deus e o busquei mais intimamente...
Tive Coragem de falar o que sinto, de ser sincera ao extremo,
De me abrir de verdade com quem me acompanha e
Assim me sentir mais Livre e Sincera como nunca havia sentido...
Compreendi que cada pessoa é diferente e especial do seu jeito, e do seu jeito Ama...
Cantei Vitórias...
Colei Grau...
Formei...
Sou Pedagoga e sinto a alegria em falar isso pois que antes eu não tinha...
Descobri que Sou Contadora... Contadora de Estórias... e Amo...
Tive uma Linda e Inesquecível Festa...
Dancei Valsa com quem Amo,
E Falei pra todos ouvir o quanto AMOOO minha Família...
Me superei nisso...
Eu Contei Muitas e Muitas Estórias e Vivi Muita, Muita História...
É o ano passou...
O que parecia longo,
Voou...
Passou bem Rápido...
E esse Ano em meio a tantas Alegrias, e também algumas tristezas...
Aprendi a Dar Graças por tudo...
Até mesmo nas coisas não tão boas (quando a perna dos óculos quebra) ...
Esse diferentemente do ano passado, foi o Ano das "CRISES"...
Das Crises de Risos...
É a Única que quero Ter Sempre...
Aprendi Muito e Fui muito Feliz...
Aprendi que em toda a minha vida tem luzes do Senhor e pude perceber seus sinais...
Aprendi que a Felicidade é construída no dia a dia,
E foi o que fiz, fui diariamente colorindo a vida e construindo minha felicidade diariamente...
Fui mais Doida e Mais Feliz...
Vem ai 2019
Um ano de muitas Mudanças...
Mudança Radicais...
Um Ano que um dos meus maiores Sonhos vai começar realizar...
O Sonho de Ser Toda do meu Amado...
Só peço a Graça de ser Fiel até o Fim...
E Então...
Vamos aproveitar e ser Feliz...
Porque a vida está ai para aproveitarmos,
Ser vivida com muita Intensidade,
E Ser Feliz....
Porque Felicidade Não é uma Condição e Sim uma Construção Dia a dia....
Que 2019 Venha com muitos e muitos sonhos a se realizar...
Desde já
Abençoado 2019 a Todos

Flavia Damasceno...
2 compartilhamentos

...ME RESTA POUCO...

Me resta pouco...
Sim, me resta pouco tempo,
Tempo que deve ser bem aproveitado,
Não sei até quando, nem como começar,
Só sei que me resta pouco pra dizer...
Esse pouco que tenho queria poder expressar
Falar o mais auto possível e para o mundo todo ouvir
O quanto Amo...
O quanto Sou feliz em ter Vocês...
Felicidade que é construída no dia a dia,
Nas vivencias, rizadas, broncas e brigas
Sim, agora eu percebo o quanto Falta pouco...
Sei, logo mais não estarei por aqui.
E isso será difícil pra mim, mas sei que
Será bem mais pra vocês.
O tempo pode passar, os dias horas e minutos
Mas eles nunca poderão dizer o quanto AMO...
O quanto eu não sei falar, não sei expressar ...
Fácil Não é Não...
Decisões precisam serem tomadas e
Elas traz uma consequência...
Dizendo um 'Sim' ou um "Não"
Haverá sempre uma dor...
Não sei se me adaptarei a uma nova vivencia
Totalmente diferente do que vivo agora,
Duvidas me cercam a cada amanhecer...
Crescer não é Fácil,
Viver não é Fácil...
Todos os dias me questiono:
Como será?
Como conciliar a Saudade de tudo?
Será que???
Não sei, Respostas no momento não encontro,
É vai ser Difícil...
Mais algo lá dentro fala constantemente
"Vai, vai mesmo com medo"
“Vai, dará tudo certo”
“Vai, estou contigo e te amo...”
Confesso que estou com medo, mais quero enfrenta-lo.
Sei que aprenderei muito, e o que crescerei ainda mais...
Por isso Enquanto me resta tempo
Quero aproveitar, e brincar ao máximo,
Pois estar se aproximando a hora de dar um 'Até logo'
É, um 'até logo' porque a
Palavra "Adeus" não está em meu Vocabulário...
Quero viver pelo mundo, sendo um andarilho pelo ar,
Quero poder cantar e dançar nesta ciranda da vida,
Viver assim, sinto ser o desejo que mais palpita no meu intimo,
Então quero descobrir e viver cada nova experiencia que me surgir...
Então, aproveitando cada segundo...
Quero descobrir e corresponder...
" '20 e Poucos Anos Fábio Jr.'
Você já sabe Me conhece muito bem, eu sou capaz de ir e vou Muito mais além... eu não desisto assim tão fácil... Das coisas que eu quero fazer... Na vida tudo tem seu preço Seu valor, E eu só quero dessa vida É ser feliz, Eu não abro mão Nem por você Nem por ninguém Eu me desfaço Dos meus planos Quero saber bem mais Que os meus 20 e poucos anos..."
Flavia Damasceno.
22/04/2018

Flavia Damasceno
1 compartilhamento

A gente percebe que cresceu quando::
Ver pessoas que passaram em nossa caminhada encontra seu caminho.
Quando começas a perceber que a vida é uma constante transformação.
Quando começa a ver que há magoas já perdoadas.
Quando é capaz de enfrentar a si próprio.
Quando ver que o Amor curar.
Quando as recordações nos fazem ver que muitas coisas podem terem mudado, porem a essência permanece a mesma.
Quando muitos desafios são e foram enfrentados é ai que percebemos que crescemos.
A agente percebe que cresceu, quando saímos a cantarolar pelos caminhos, sem muito preocupa-se com que o irão pensar.
Quando Vive Intensamente, e nisso somos felizes...
Quando sabemos enfrentar as coisas com mais sabedoria...
"Crescer doí" machuca, deixa marcas cicatrizes que no momento não se dar pra entender, porém quando elas vão sarando vamos percebendo que essas feridas nos deixaram mais fortes e mais sábios, e é ai que a gente percebe que cresceu...

Flavia Damasceno
03/04/2018

Flavia Damasceno

2017
Bom, esse com certeza não foi um dos melhores anos, mais foi que mais aprendi...
Aprendi que As crises vem pra nos fortalecer,
Que nem todos que está ao nosso redor é realmente amigo,
Que os amigos esses sim nem mesmo a distancia ou o tempo separa, Mesmo que passamos meses sem falar-nos a amizade continua
Que é bom ter amigos mais velhos que com suas aprendizagem nos ajuda
Que as pessoas que menos esperamos nos Decepcionam
Que também Decepcionamos quem Amamos,
Que o Amor ele é envolto de um "eu te perdou"
Que pelo menos uma vez na vida alguém vai te dizer um "Eu te amo" e que você não poderá corresponder,
Que Nem sempre ficar sozinha é sinal de solidão,
Que a vida é passageira, e os momentos bons e ruim passam
Que devemos aproveitar a cada segundo, e aprender com os desafios e dificuldades,
Que Nunca pode ser tomada Decisão nenhuma quando estamos em Crises,
Que Se fechar e trancar-se no quarto não é a solução,
Que Muitas vezes só precisamos de um ABRAÇO e um Colo que nos embale e não diga nada...
Que Aprendemos muito com nossos erros e nossas mancadas,
Que os puxões de orelha de quem nos ama nos ajuda muitas vezes
Que a saudade Aperta mais que ela é a certeza de momentos bons e de amor vivido
Que os traumas as vezes viram pesadelos durante a Noite
Que Devemos sim buscar ajuda e deixar o orgulho de lado para aceitar ser ajudada
Que as vezes queremos voltar o tempo e ser ou uma criança ou uma Adolescente "rebelde" e fazer algumas mudanças
Que muitas vezes nos distanciamos de quem amamos,
Que há momentos que nos revoltamos e queremos distanciar de quem nos fez e primeiro nos amou, "como se fosse possível se esconder de Deus..."
Que Todo mundo tem seus dias bons ou Ruins
Temos o dia de dançar na chuva cantarolando, e também aqueles dias que nem nos mesmo nos suportamos...
Que As pessoas também merecem seus espaços
Que muitas vezes alguém pode lhe prometer algo e não cumprir
Que só nós mesmo é que podemos tornar nossa vida Feliz
Que Só Nós podemos tomar as decisões para a viver
E nessas escolhas temos o direito de errar também, e voltar atras...
ENFIM, 2017 para mim não foi o melhor ano, mais foi o que mais aprendi, me diverti, partilhei com amigos, pude em minhas crises ficar mais forte e assim NUNCA DESISTIR DOS MEUS SONHOS, por mais que tenhas alguém a falar que não, que não dar, mais NO HOJE SIM EU QUERO CONTINUAR IR ATRAS DOS MEUS SONHOS, e se eu errar, Recomeço e volto...
Porque a vida esta ai para aproveitarmos


Que 2018 Venha Já com muitos sonhos a realizar e o sonho da conclusão se faça realidade neste novo Ano...
Desde já
Abençoado 2018 a Todos

Flavia Damasceno...
1 compartilhamento

As vezes avoada,
As vezes muito povoada,
As vezes inquietante
As vezes irritante
As vezes risonha
As vezes tristonha
As vezes tagarela
As vezes só mesmo ela
As vezes que a pequena se destrai
E que em meios a vida ela cai
Mais mesmo assim se levanta bravamente
Porque ela sempre sonha levemente
E mesmo que com tantos altos e baixos
Esta sempre estar ali a todo vapor...
Pode sim muitas vezes estar sempre voando
Voando em seus sonhos e mudanças
Porque ela quer realizar os seus passos...
Sim, os seus passos estão na Arte.
Arte que encanta e balança essa menina
E que por ser assim ela em muitas coisas Parece Avoada....

Flavia Damasceno

Falta-me
Falta-me Algo,
Algo que parece me faltar
Algo que não tem como explicar,
Simplesmente me falta,
Não sei como cheguei ate aqui,
Ou como se dará a partir da aqui,
Só sei que me falta algo...
As vezes a vida parece tão banal,
Tão fácil de viver e ao mesmo tempo tão complexa...
É difícil entende, na verdade nem mesmo eu entendo.
Só sei que ando como que se não andasse,
Vivesse apenas por mais uma oportunidade,
Sinto que tem algo faltando...
Aquela alegria não estar diariamente mais como antes,
Aquela sensação de ser melhor a cada instante,
Não é mais como antes...
Aquela coisa de diferença, já não é mais a mesma...
Os dias parecem iguais,
Sim, Iguais sem muito colorido...
Sem muitas coisas...
Sinto que tem algo faltando,
E esse algo parece ser o essencial,
Parece que é aquela coisa que move tudo, e dar sentido a tudo.
Parece que cada dia sinto mais longe,
Um longe que tem muito caminho,
E cada caminho fica mais longe, e mais confuso...
Não sei...
Só sei que a sensação de falta se torna visível,
E mesmo com todas as minhas buscas
Não sei Distinguir o que falta...
Só sei que tem algo faltando...
Falta-me algo
Falta-me...

Flavia Damasceno
1 compartilhamento

No espelho da vida
revi mil rostos, revi vários Momentos...
Momentos Marcantes, de animação, descontração, Amizade, aprendizagem e muita oração e Amor...
Momentos e compartilhamento de saberes e de viveres...
Achados e perdidos os risos a vida as imagens de uma convivência de muito aprendizagem e com muito Amor de Deus e a Deus,,,,

Flavia Damasceno

Sei que sou esta pequena na conquista do Amor.
Não sou apenas uma no meio da multidão, e sei que sou mais que menininha mulher.

Flavia Damasceno

Quando pensamos estar sozinha na vida o mundo dar uma rivira volta e nos deixa alguns presentes.
Alguns desses a gente nunca esquece, outros temos medo, e outros a gente aproveita, e há também aqueles pra vida inteira...
Não sei definir com qual estou nesse momento, so sei que sozinha não estou...
Quero descobrir o que há por vim...
Quem realmente eu sou?

Flavia Damasceno

Uma canção entoada em grande harmonia em um coração que pulsa em ritmo de poesia...

Flavia Damasceno

Ser sensível as palavras de um poeta, a sonoridade de uma canção, o ritmo de uma emoção ou de um coração que bate aceleradamente em busca de seu verdadeiro ideal...
Ser sensível a uma vida que busca a cada instante a felicidade e com as pequenas coisas da vida pequenos gestos a encontra e quando se pode ser percebido que a vida é mais bonita quando se coloca algumas cores e a torna-se colorida.
Colorida feito um arco-iris que no céu encanta com suas cores e seus sabores...
Mas será que alguém ouviu dizer que as cores tem sabores?
Hum...
não sei...
Mas é assim...
O colorido da vida deixa mais Amores no dia a dia, e assim transformamos as cores em lindos sabores.
Sabor de quem vive e aprendeu a viver com mais amores e com mais simplicidade como a simplicidade das flores...

Flavia Damasceno

Como a Poesia é a Arte que Consola, então fico aqui, eu e meus versos, tentando consola-me após tantas batalhas. Èta vida

Flavia Damasceno

Resolvi ser um pouco egoísta e nisso cuidar de mim.
Mas será que isso mesmo é egoísmo?
Ou apenas seja um momento que eu precise de mim?
Não sei...
Só sei que a vida é bem mais que as ilusões e desilusões,
A vida é esse bem precioso que deve ser cuidado a cada amanhecer.
A vida é esse sabor delicioso que não sabemos muito distingui,
A vida é idas e vindas,
Caminhos que muitos faz se estrada ou morada.
Não sei qual o melhor,
Mas mesmo assim dou oportunidades para tantas idas e voltas,
E quem um dia fazer morada,
Saberá que não foi qualquer um, e sim o que soube cativar,
Sim, cativar pelo olhar, sorriso e partilhas.
Quem um dia disse que tudo é eterno,
É porque ainda não desfrutou de um simples engano.
É a vida também tem dessas coisas,
E são com elas que aprendemos e reaprendemos a arte do viver.
Sim, viver é uma Arte,
Até gostosa de se apreciar, e muitas vezes difícil de entender,
Mas mesmo assim, Éta Vida Boa...

Flavia Damasceno

Tão grande Amor,
Tão grande emoção,
O seu Amor irradiou meu coração.
Diga-me como não te amar?
Como não te entregar minha vida?

Eu só sei te Amar,
Mesmo com minhas fragilidades e imperfeições
Mesmo com meu jeito simples e ingrato,
A cada dia mais desejo te Amar, sempre Amar,
Mesmo sem muito saber, ensina-me a Amar,
Porque fui criada para ti
Nasci por teu Amor
E por esse Amor minha vida toda Doar.
Não importa o que dizem ou o que vão dizer,
Só importa o teu Amor e o meu Amor por ti,
Só importa que quero te seguir
Só importa que minha vida quero de dar
Só importa que Eu sou Tua e
Só para ti quero ser Senhor...

Flavia Damasceno

Poema em sintonia com a criança que cresceu...

E a menina se trasforma
E se inova
A pequena menina ja naum é mais tão menina
E ainda vives seu encanto de criança.
A menina hoje trás traços de uma grande mulher
Uma mulher que se inova trasformando se a cada instante.
E daquela linda menina uma grande donzela.
A menina hoje trasformando-se, inova-se e trás no seu rosto
A marca de um tão sonhado e esperado encanto.
Que a cada dia vai sendo realizado.
Parece que esta naum se cansan,
Por mais difíceis que os caminhos sejas sempre vai caminhando,
E neste caminho vai se encontrando,
Encontrando-se com o seu ser mais íntimo,
E com a intimidade de quem se faz partilha
Mesmo num simples olhar...
A menina se encontra e se encanta a cada novo dia...
Flavia Damasceno
25/03/2017 10:50

Flavia Damasceno

"A Menina Cresceu...
e já não é mais menina...
Mulher esta já é.
Suas ações, suas decisões, sua responsabilidade seu modo de ver o mundo...
Mudou...
Mudou tudo...
e esta Não pode se ver mais como a Pequena...
Decidi libertar dos sonhos de Criança, e assumir os sonhos de Mulher...
O Sonho de Entregar a um Único e Verdadeiro Amor....
E Mesmo com todas as circunstancias, Enfrentar o desconhecido apenas com uma unica Decisão...
Decidi Libertar e Ser Feliz, Porque há um Amor Maior que chama e que não deixa o fogo desse chamado apagar...
Livre vou Seguir...
Me Doar..."

Flavia Damasceno

"A vida tem suas mudanças
Tem suas transformação
É necessário estar sempre aberto a
novas escolhas
Novos aprendizagem
Novos sabores
Novas cores
novos amores
e assim estar se transformado o tempo inteiro
e se inovando.
A lagarta vira borboleta a partir de uma experiência de fechamento em um doloroso casulo mais mesmo sabendo de sua dolorosa experiência é preciso passar para ter sua recompensa e transforma se em bela...
E é nesse doloroso aspecto que ela vai aprendendo e se transformando..."

Flavia Damasceno

"A vida é assim...
Uma simples poesia no ar...
Um grande encanto...
Que cada dia se faz inovar..."

Flavia Damasceno

Não sou bebezinha
Cresci
Quero fazer minhas escolhas
Caminhar com minhas próprias pernas
Seja tendo decepções ou não
E se tiver é nelas que vou aprender
E aprendendo posso ser quem eu for
Posso ser quem Sou

Flavia Damasceno

Um quarto no meio da torre,
Um quarto escuro onde abriga uma princesa,
E essa Princesa tentava se libertar,
Mais suas tentativas
Tudo era muito frustante e
Houve momentos que de tão cansada
A Princesa queria desistir e jogar tudo pro ar
Tudo, até mesmo essa queria desistir de sua vida
Porque era muito difícil viver ali trancada
Em um belo dia uma irradiante luz começou a brilhar
A princesinha não sabia da onde vinha tana luz
Foi ai que ela descobriu que esta vinha do alto
Vinha e ficavas ali com ela,
Quanto mais a luz brilhava mais esperança
De Sair dali aumentavas, Foi onde Criou forças
Para Lutar de novo, e dessa vez contra tudo
Foi ai que ela descobriu que fora dali
Tinha um mundo incrível, e tudo ela foi aprendendo
Tudo tinha que reaprender e a descobrir quem
E o que ela realmente veio fazer neste Mundo.
Foi ai que ela descobriu que sua essência
Fazia dela a Mais especial, um ser muito amada
Pra chegar a essa conclusão ela sofreu muito
Quando Trancada naquela torre
Vivendo em seu mundinho
E sobretudo
Sem conhecer nada
e Sem se arriscar...

Flavia Damasceno
1 compartilhamento
Tags: arriscar viver