Coleção pessoal de Fabileta

Encontrado 1 pensamentos na coleção de Fabileta

A maioria maciça de vocês, adia o caminho para evolução, deixa sempre para amanhã o compromisso com seu próprio crescimento na carne, amanhã, semana que vêm, mês que vêm, ano que vêm… E o dia de assumir o compromisso com a espiritualidade nunca chega.
Mas para que haveria de chegar? Todos acreditam que são boas pessoas, tão extremamente boas que além das portas dos céus estarem abertas, o próprio Cristo vai as receber com condolências.
Analisem seu próprio interior com a luz da verdade, sem maquiagens, quem você realmente é? O que você realmente faz de benévolo? Para quais pessoas você realmente estende a mão?
Você é daqueles que faz o bem acreditando que assim está comprando sua morada no céu? Você é daqueles que vai em eventos de caridade para que os outros vejam quão bom você é? Você é daqueles que dá moedas ao mendigo apenas por que tem medo de ser atacado?
Saiba que Deus sabe quem você é por baixo de suas máscaras, caridade em troca de algo não é verdadeira caridade.
'Ah, mas eu não tenho dinheiro para ajudar ninguém, se Deus me fizer ganhar na Mega Sena eu vou ajudar muitas, muitas, muitas pessoas’, vai mesmo meu filho? Porque vejo você renovando o guarda roupas, vejo você mobiliando com tudo que há de melhor a sua nova casa, vejo você de queixo erguido dirigindo seu novo carro, vejo você comprando malas e passagens para conhecer o mundo. E a caridade que mentisses que farias, quando rogasses ao Pai que lhe enchesse seus bolsos de dinheiro, se resume a poucas moedas dadas no sinal, a contra gosto.
Caridade não se faz com dinheiro, caridade se faz com amor, amor a Deus, amor aos seus irmãos, amor aos que necessitam mais que você. Muitas vezes um sorriso, um abraço, uma palavra de conforto, alegram mais a Deus do que valores financeiros que você doa sem luz alguma, apenas para pagar uma parcela da casa que achas que estais comprando no céu.
Quantos erros meus filhos, o que esperar de pessoas que não amam nem a si mesmas? Para amar o seu cônjuge, para amar seus filhos, para amar seus irmãos, é preciso primordialmente amar a si mesmo, amando a si, aumentas a fagulha Divina que habita em vós, e assim, irradiando de dentro para fora, podes distribuir amor e luz a todos a sua volta.
A principal caridade é feita de você para você mesmo, tendo carinho, zelo e respeito por seu próprio corpo, a morada transitória de sua alma.
A doação que intentas fazer em favor do próximo, deve acontecer quando estiveres preparado, estudando, orando, entregando-se cada vez mais a luz, por livre e espontânea vontade, apenas por amor sincero essa depuração te engrandecerá.
Não percas tempo formulando desculpas para seus erros, suas faltas, seu vazio. Encare-se de frente, à luz da verdade, todos carregam seus ‘demônios’, todos têm suas sombras, todos têm inúmeros defeitos, não finja que seus erros não existem, ao contrário, olhe profundamente cada erro seu, se resigne com o que não pode ser mudado ou desfeito, e para todas as falhas que podem ser melhoradas ou solucionadas, esforce-se incansavelmente para alcançar este feito.
Reforço, a maior caridade que se pode fazer é para consigo mesmo, se auto conhecer, se melhorar, crescer como humano. Vocês, meus filhos, estão neste Planeta azul para evoluir, trilhando vagarosamente, passo a passo, em direção ao Pai Maior, e assim, tanto quanto os anjos de luz que os guiam, um dia serão vocês a ganhar suas asas, não apenas para voar até Deus, mas também para voar de volta à Terra, e com suas asas abraçarem aqueles que sofrem e iluminarem seus corações.
Creiam, meu filhos, a fé produz milagres todos os dias, e valorizem quem vocês são, pois além do amor incondicional que Ele tem, são vocês o principal milagre Dele.

Fabi França - Filha da Terra, Mensageira da Luz
1 compartilhamento
Tags: #espiritualidade #kardecismo