Coleção pessoal de ErikaRebeca

1 - 20 do total de 114 pensamentos na coleção de ErikaRebeca

O choro é tentativa
De fazer a dor ir embora
O meu coração arde
A tristeza me invade

Eu nunca me senti assim
Minha cabeça explode
Não consigo entender
Se não fiz mal a ninguém

As palavras chegam
E martelam a cabeça
Elas querem me derrubar
Dilaceram minha alma

Mas eu não fiz mal a ninguém
Então por que me fazem mal?
Por que tenho que sofrer?
Eu não fiz mal a ninguém!

A dor toma conta
As palavras me esmagam
Apertam a garganta
As palavras me derrubam

Só essa noite vou sangrar
A tristeza não ficará
Seja profunda a ferida
O amor cicatriza.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Eu não vou mais me lamentar por tudo que sofri.
Não vou mais chorar por tudo que não vivi.
Vou deixar o passado em 2004.
Eu vou viver agora, vou viver agora.
Não adianta o Sol queimar meu rosto
Não vou mais abaixar minha cabeça
Mesmo que o ferimento for exposto.
Vou continuar mesmo que eu tenho que sangrar.
Não adianta o Vento me arrastar
Não vou sair do meu lugar
Eu não vou mais deixar que me machuquem
Vou seguir em frente
Vou viver agora
Tudo bem tudo que eu sofri.
Foi bom que aprendi.
Nem o Sol nem o Vento podem me parar

Erika Rebeca
1 compartilhamento
Tags: recomeço superação

Mais um dia
Mas uma chama
E o mar me diz inflama
Do jeito que você quiser
Mas só quando a lua vier

Erika Rebeca

Poesia Vazia
Vou fazer uma poesia
Vazia
Pra quem quiser
Colocar algo dentro

Sem flor
Sem amor
Sem alegria
Desprovida de sentimento

Sem melancolia
Sem água fria
Sem refinamento
Sem nenhum ou todo cabimento

Só pra ver
Se põe algum sentimento
Será que consegue por
Algo que não seja lamento?

Só pra ver
Se existe algum tormento
Ou alegria
Dentro você pode colocar poesia

Pois essa é vazia
Pra você colocar
Tudo que quiser
O que a emoção mandar

Talvez depois tenha sentimento
E agora
É só palavras ao vento
Ou melhor, ao papel

Venha cascavel
Ponha algo dentro
Venha pompa branca
Ponha algum sentimento

E a poesia
Que era vazia
Vai ficar cheiinha
Do que você quiser

Pode ser de homem
De mulher
De amor, tristeza
Do que vier

Mas por favor
Encha minha poesia
Pra ela não ir embora
Sem nenhum sentimento

Erika Rebeca
1 compartilhamento

A dúvida do inferno.
Será que eu vou pro inferno
Porque eu não vou a igreja?
Será que eu vou pro inferno
Porque eu exagerei na cerveja?
Será que eu vou pro inferno
Se eu não for batizada?
Será que vou pro inferno
Se for mulher a minha amada?

Mesmo que eu pratique o bem
Sem mesmo ver a quem?
Mesmo que eu queira paz
E procure respeitar os demais?
Mesmo que eu pregue o amor
E despregue toda dor?
Mesmo que eu saiba amar
Eternamente eu vou queimar?

Será que eu vou pro inferno
Por querer respeitas todas as crenças?
Será que eu vou pro inferno
Por respeitar as diferenças?
Por não querer véu e grinalda?
Será que eu vou pro inferno
Por não entregar roupa lavada?

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Quando o mundo for desabar, simplesmente entre em sua caverna e espere. Quando sair verá o que o mundo continua de pé.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Eu procuro é alguém que consiga ficar na solidão junto.
Não quero tua companhia
Quero tua presença, tua solidão junto de mim.
Duas almas em silêncio viajando por todos os lugares.
Duas almas trocando essência sem trocar olhares.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Nasce uma flor em meio a multidão de corpos caídos do chão

Em meio as trevas nasce um flor
Ainda existe o amor
Novamente surgi a esperança
Nas terras de treva sem criança

Ressuscitou uma vida
Ressuscitou toda a cor
Cicatrizou a ferida
Concretizou o amor

Em meio as trevas surgi um clarão
Que recua toda a escuridão
Esse clarão é a flor que ressuscita
E traz uma criatura para a vida

Em meio a claridade surgi a mulher
Que restaura o equilíbrio e a fé
Toda treva tem um clarão
Toda luz tem também escuridão

-Erika Rebeca

Erika Rebeca
1 compartilhamento

o que a é felicidade?
A felicidade está nas coisas pequenas do dia-a-dia
o dinheiro não traz felicidade
mas traz uma grande alegria.
Ser feliz está na sinceridade
de estarmos a todo momento com nosso amor
podemos até estar com aquela tristeza,
mas há felicidade mesmo com um pouco de dor.
felicidade é amor, é pureza.
Felicidade não ESTAR, e sim Ser.
a felicidade é estar em companhia
de quem lhe faz crescer
A felicidade é estar triste, mas ao mesmo tem ser a alegria.
A felicidade estar em todo lugar
poucos conseguem perceber
que com tudo que temos podemos alcançar
alguns não querem enxergar, em todo lugar podemos ver
A felicidade está em todo lugar
olhe pro lado, pra perceber.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Arame farpado
O corpo marcado
O sangue a gotilhar
Não quer curar.

O vento bate
E a dor arde
Esse é o ardor
Do não pudor.

Me falta o ar
Continuo a respirar
Nunca padecer
Crer no poder.

Chega o anoitecer
No olho de quem vê.
Algo quer sufocar
Dor de incomodar.

Sem poder dizer
Difícil descrever
O ardor do ferimento
Quando bate o vento.

Vento que não vai
Dor que não sai
E continua sangrando
Vermelho gotejando.

Frio de arrepiar
Vento para machucar
O ardor da alma
É morte calma.

Erika Rebeca
2 compartilhamentos

As pessoas gostam

O que as pessoas gostam é de fazer o mal
Mas o mal, são proibidas de fazer.
Elas gostam de ver mal
Por isso assistem tanta novela na TV.
O que elas gostam é de chorar por amor
Para depois uma bela música compor.
As pessoas gostam de se machucar
Para depois ter o mundo inteiro pra culpar

As pessoas gostam de se magoar
de se maltratar
de se machucar...

Para depois desabafar
Se animar
E aí se amar.

As pessoas gostam de se complicar
E ninguém sabe onde isso vai parar.
As pessoas gostam de se matar
Só pra depois ter história para contar

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Poesia com minha amiga Chuva

Chuva mora
Chuva demora
Para cair
E decair.

A casa é o lar
Onde se decide morar
As gotas que caem
As ilusões farrem.

Na lama o melhor é rolar
Tudo é bom no desenrolar
Se você parar
O brilho, irá reparar.

A água de libertação
Alaga de paz a tua escuridão
O novo rio, bom para nadar
Nos pensamentos mergulhar.

Água senti o toque
A água senti o retoque
E percebe que amor
É o contrário de desamor.

A água para lembrar
Como é bom se molhar.
Faz a purificação
Tira ideias de destruição.

Chuva vem para mostrar
Que o amor é para demostrar
O amor vai encontrar
E aí irá se reencontrar.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Fagulhas geladas

Sinto Angústia em meu peito
Basta uma fagulha
E fico deste jeito
Em angústia a mente mergulha.

O Frio já não é tão doce
Pois agora ele machuca
E me perturbo como se fosse
Uma tacada errada de sinuca.

Não consigo decifrar
O que está acontecendo
Eu perco o ar
E o coração continua batendo.

Existe uma personificação
Quer quer arrancar
Arrancar meu coração
Mas ele continua lá.

Não há nada para comparar
Nem mesmo a tempestade
Nem mesmo as ondas do mar
Se parecem com essa tarde.

Nessa hora poderia me transformar
Em uma Águia grande e bela
Para bem longe iria voar
Fugir do que me atropela.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Aquilo que escrevo sentada e dançado para meu amigo vento.

Eu caminho sozinha
E deixo o vento me levar
Eu sinto a leveza
Da brisa a me acariciar

Eu ando na escada do vento
E caminho pelo teu pensamento
Sol
Que queima e traz luz

Sinto o calor que conforta
Posso voar
O resto não importa
Agora nada vai me parar

E danço a som dos pássaros
Me embriago com o tom dos abraços
A beleza da mais louca lucidez
Diz que tenho que ir de uma vez

Então me dê a mão
Meu Vento amigo
Só peço
Venha dançar comigo

Não há tempo
Qualquer hora poderei partir
Me abrace hoje
Não deixe o amor fugir

O Tempo vai junto com o Sol
Eu preciso ir agora
Adeus, chegou a hora
Adeus, foi bom amar você.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Ai, eu vou morrer
Mas hoje não.
Ah eu vou sofrer
Mas hoje não.
Eu me sinto cansado
Por tudo que tenho passado.

Iria sentir pena de min
Mas não vou ser assim.
Hoje não!
Hoje não é em vão.
Hoje vou deixar que minha inspiração
Vire o meu refrão.

Hoje não
Hoje não.
Hoje vou sorrir
Hoje não vou dormir.
Hoje eu vou voar
Hoje vou acordar e sonhar.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

Agora já não tenho mais nada.
Nem dor nem alegria.
Levo uma vida vazia.
Cadê a poesia?
Foi levada pela ventania.

Não há nada.
Nem flores no caminho
Nem espinhos na estrada.
Já não importa ser sozinho.

É tanto vazio
Que agora sofria.
Lágrimas formam um rio.
E aqui está a minha poesia.

Erika Rebeca
1 compartilhamento

As lágrimas
As lágrimas molhadas secaram.
Não só secaram,
Como levaram toda a mágoa.
A cada gota
Tudo se purifica.

As lágrimas lavaram.
E deixaram o que é bom,
Levaram o meu mal.
E finalmente enxerguei a luz.

As lágrimas curaram,
As feridas de dentro min.
Cicatrizes ainda ficaram.
Porém, não mais sinto dor.

As lágrimas foram
E me deixaram com amor.
As lágrimas me deixaram,
Me deixaram feliz.

Erika Rebeca.
1 compartilhamento

É só a realidade
As lágrimas caem
Novamente.
Nada me distrai,
Do que tenho em mente.

As mentiras
Persistem em continuar.
Nada se aspira
Se a verdade não encontrar.

O Castelo desmorona
E fingem que não há nada.
A superfície não é plana.
Me deixaram sozinha na estrada.

Com um beijo,
Poderia melhorar.
Ao encontrar de nossos queixos,
Eu poderia escapar.

Acorde menina!
Enfrente a realidade.
Ao virar naquela esquina
Há todo tipo de crueldade.

Erika Rebeca.
1 compartilhamento

Um poema para a simplicidade, para algo que é menos que a saudade, mas não deixa de ser verdade.
Como alguém
Pode voar
Para além?
E não mais voltar.
Sem gritar,
Sem chamar,
Nada.
Onde está?
Na estrada?
Como está,
Bem ou mal?
Só queria saber,
Se está legal
Cadê você?

Erika Rebeca.
1 compartilhamento

As flores do meu jardim.
Eles simplesmente
Fazem assim
Roubaram as flores do meu jardim.
Todas as flores.

Pensei que poderia confiar
que nunca iria me abandonar.
Mas eles me destroem
E simplesmente fazem assim.
Roubam todas as flores
Do meu jardim.

Eu entreguei
A chave do meu jardim.
Eu pensei
Que realmente gostavam de min
Mas roubaram
Todas as flores do meu jardim.

Não sei o que fazer.
Com tudo que está aqui.
Nem o que dizer
Já é perto do fim.
Roubaram todas
As flores do meu jardim.

Eles estavam mentindo.
E com as minhas flores
Deixarão-me sentindo,
A maior de todas as dores.
Roubaram todas
As flores do meu jardim.

Pensei que para sempre iria amar
Que nunca iria abandonar.
Mas roubaram todas
As flores do meu jardim.
Sem se preocupar
Com o que seria de min.

Erika Rebeca.
1 compartilhamento