Coleção pessoal de DuarteBrisa

Encontrados 17 pensamentos na coleção de DuarteBrisa

O X da questao era: No dia D, na hora H, com um Q de entusiasmo, 1 segundo depois do beijo, os 2 se olharam, e pensaram em 3 palavras (que meu amigo leitor, ja deve ter imaginado) mas, que eles nao tiveram coragem de dizer... odeio salada mista.

Duarte Brisa.

Ela disse cordialmente um: Oi!
em resposta recebeu um: Eae Guria.
Mas sua mente a retrucou assim:

E stava eu
A ngustiando-me
E m tua espera.

G aranto-lhe que mais
U m dia sem te ver
R asgaria-me o peito ao
I mpedir-te que saibas do
A mor que por ti sinto.
!

Ela disse: Tudo bem contigo?
Tudo. - Disse ele. Mas em verdade teria dito.

T enho
U ma vontade
D e dizer-te... mas,
O medo da tua resposta...
.

Ela o observa: Entao ta... vi que voce esta concentrado e eu nao quero atrapalhar. Depois conversamos...thau.
Ele a fitou, como que dizendo: espere! [...] mas disse apenas: Ta.
Querendo dizer.

T e
A mo.

Duarte Brisa.

Poesia é dizer muito com poucas palavras...
É revelar-se por inteiro expondo menos que a metade...
... No silêncio daquele olhar, li você gritando num suspiro.
- eu sou pneumoultramicroscópicovulcaniótica....

Duarte Brisa.

Muitos dias sem Internet.... Muito tempo sem te ver... Muita coisa pra contar... Muita saudade de você... Rimas toscas procê ler... Que expressem o meu querer... Tudo nesse som de ê... Dizendo que eu quero só viver... Ao teu lado para sempre... (mas pelo bem de todos... Com rimas diferentes)...

Duarte Brisa.

Tristeza doce, lágrimas salgadas.
Mesmo chorando de rir...nesse choro feliz (A lágrima ainda é salgada)
No "adeus" da ida...no "oi" da vinda, ainda assim (Ela ainda é salgada)
No ateu, no cristão, no amigo/irmão/psicólogo...é lógico
(A lágrima ainda é salgada)
Bendigo o universo que vivo, estável
E loucamente, momentâneo e futuramente. Confirmo! Sim a frase não erra..."Vós sois o sal da terra"
Que os "HiperTensos" não me levem a mal...
Ô seu moço !
Agora, eu escolho qual o tipo de sal !

Duarte Brisa.

E nesse verso não te disse
O que se passa no meu coração
Você não vai querer saber
Vai por mim, lá tá uma confusão
Mas se quiser seguir em frente
Não sou mais "eu" e nem "você "
Podemos ser "a gente"
E a ortografia ? não esquece
Porque a gente junto,
Tem mais história que o agente 007 [...]

Duarte Brisa.

Mentira não, verdade momentânea.
Na verdade, é só Ver. Dá de cara com a mentira. E lutar pra que sua Mente não se encha de ira e você grite a palavra errada. Se olhasse outra vez, talvez perceberia que aquela pupila
( era tão linda )
mas nem brilhava [...]

Duarte Brisa.

Apostei todas as Fichas, mas a sua não caiu[...]
Amor Eterno?
Não, não, era só um paletó mesmo.

Duarte Brisa.

Aumentação.

Mais atenção na letra, garante menos tensão a mesa
Mais canção na cabeça, garante menos cansaço na veia
Mais palavrão no grito, menos palavrinhas ao ouvido
Tanta confusão, te deixou confusa
Tanta profissão, e você nem é profissa
Cada um com sua missão, e ninguém mais vai a missa
Com tanta opinião, meu medo é que você não opini
Mesmo com minha submissão, não me subestime
Desça no corrimão, e deixe que eu corro a pé
Ouça esse trovão, e a trova que vier
Guarde a anotação, e note a ação que suceder
Nossa ! Veja que a rima nossa, agora tem outra noção
Venha, vamos lá fora, encher a taça, da estação
Menina teu rosto cora ! Torça, e até esprema
Se não é ave, não tenha pena.
Pra que eu não veja, se tem a ver,
Se agora, quem tem cor e quem cora,
É o teu
Coração

Duarte Brisa.

Mas ei, porque você esta tão calado ?
Ei, porque você esta assim, meio deprê ?
Eu sei que realmente, isso é muito complicado
Você imaginou muito, mas já não há mais nada à fazer...
Então levanta daí e decora esse refrão, nem precisa saber sobre o que é a canção, só precisa cantar...
Só precisa cantar...
Eu vou te sugerir a minha solução,
Vou te distrair e roubar sua atenção,
Pra se sentir melhor, eu sugiro cantar...
Só precisa cantar ...
Mas ei, não fique tão inseguro...
Não se preocupe tanto com o futuro,
Eu sei que você tá andando em cima do muro
Bem, isso pode ser bom pro equilíbrio Mas tenha cuidado, uma hora o muro cai.
Eu sei, que não tá fácil agora, mas lembra como foi no inicio ?
Você já chegou até aqui, e sabe como foi difícil
Você era tão fraco, mas resistiu a tudo isso
Você era tão fraco, mas passou por tudo isso
Você perdeu seu mapa, mas não perdeu seu norte
Você tinha aquilo que chamam de má sorte
Mas olhe só pra você...
Quando foi que você ficou tão forte?

Duarte Brisa.
1 compartilhamento

Tem pus

E essa ferida,
Já faz tanto tempo,
Cicatrizou ?
Não, leva tempo, e tempos e tem pus ...
E meu relógio tem ponteiros demais meu bem.
No relógio do seu tempo,
Tem ponteiros também
Mas são poucos bem poucos
Bem menos tempo têm...
Você ainda tem pose
Enquanto sabe que tem poder,
Mas ninguém desce pra te ver
Quando não tem pódio,
Se antes teve ódio
Agora só tem pó,
E tem ponta que desaponta no fim
Já não é trabalho pra mim
Há tanto pra se fazer e
Você sabe que tem porquê !
Aproveite enquanto tem poesia
Enquanto tem poeta, e se não tem, pô...ainda poderia, já que sua alegria, não depende da minha companhia, carpe diem ! aproveite o dia ! Meu bem,
Não confunda amor, com paixão,
Nem tenha compaixão do seu amor de Platão, te ofereci o meu tempo, você quis só meu espaço
Tempo perdido ? Não, não acho...
Você só lacrimeja quando ri, ninguém sabe, mas você nunca chora, pois ninguém vai até o fim depois que melhora. A chuva que você quer sentir, só cai lá fora.
Tudo bem se a hora H for agora, mas,
Você nem sabe que horas são.

Duarte Brisa.
1 compartilhamento

Quase...

Porque o bico do solado do sapato dela, esta um pouco desgastado.
E a covinha da bochecha esquerda é um pouquinho maior que a do outro lado.
Reparei que a beirinha da lente do seu óculos, vive sempre embaçada
Fingi que não notei no joelho da sua calça jeans, um arranhão pequeno, quase nada.
E o lugar onde estavam os pelos da sobrancelha que a pinça tirou.
Insisto em saber se esse rubor em seu rosto, é raiva, vergonha ou amor ?
Terá sido a marquinha na pele, a unha que ela roeu, um sinal de queimadura, o bocal da caneta meio mordido
A alça da mochila que começou a descosturar pela direita, a pele mais clara porque fica embaixo da pulseira, ou esse olhar indecifrável ? supondo que fora esses detalhes...ela é quase perfeita
quase...

Duarte Brisa.

Frase de efeito.

Sabe aqueles versos que eu trago no peito?
Um sorriso de verdade, parece relincho mas é sincero
Dois abraços: um pela saudade, outro só porque eu quero...
Aquele livro, daquela autora, que a gente nunca esquece
Aquela canção, que eu baixei agora, e é tão chiclete
Esse pressente, que é exatamente o que cê precisava
O cadarço diferente, de quando te conheci, cê achou que eu nem lembrava...
A mensagem de boa noite, que você recebeu pela manhã
Paisagem é o riso dos seus olhos, olhos cor de avelã
Quando for tomar seu café, no almoço e na janta
Sei lá, pensa em mim, diz que é" dois prazeres numa lembrança
Mas preciso encerrar logo...
Obrigado por ter lido.
As mensagens sempre são longas pra ver se eu te explico tudo o que eu tenho sentido
Perdoa o jeito de criança...
(ah todo mundo ter que ter um defeito...) e
Que isso não seja muito mais que um poema que termina com uma frase de efeito...

Duarte Brisa.

Soneto do ...

E depois entre Nós; Os laços tornaram-se Nós.
No embaraço do dia a dia
Nos espasmos, na correria

Esqueci de cuidar de ti,
Já era tarde quando percebi,
Que tu não se encaixava mais em
mim...E depois, até teu cheiro mudou!

Mas ainda assim eu teimo dou
Tudo de mim, mas percebo, é o ....
Foi eterno enquanto durou

Foi preciso acabar.
Obrigado por tudo.
Adeus, querido All Star...

Duarte Brisa.

São versos meus pensamentos?
Dos sonhos que não vivemos?
Nos tempos do "tudo posso"
Das glórias do "tudo nosso"

Será em vão meu suor doce!
Será tão fútil o que me trouxe!
Ainda que seja breve este momento
Farei-o intenso no verbo eterno

Mesmo sem musa, em desalento...
Do pouco que tenho, e do que quero...
Farei melhor do que de min mesmo espero...

Pra te ver: Quando num breve texto um traço grifa;
Mas tu conheces o autor??
O prazer é meu ... Duarte Brisa.

Duarte Brisa.

Eu acho que ela é como um dicionário . As pessoas olham a parte que lhes interessa, mas ninguém a leu por inteiro.

Duarte Brisa.

...e ele pensava, no quanto era romântico e irônico, o fato de um conseguir ler ate as ... do outro. Me escapa um sorriso ao lembrar, pois hoje finalmente percebo; que éramos um casal de analfabetos funcionais...

Duarte Brisa.