Coleção pessoal de DiogoVianaLoureiro

181 - 200 do total de 251 pensamentos na coleção de DiogoVianaLoureiro

Eu peço que não tente desafinar meu riso frouxo.
Pois não podes imaginar como estou feliz com minha loucura.
Todas noites eu fecho os olhos e me emociono de tantos sentimentos vivos que borbulham.
Feio é não sentir, feio é não sorrir, feio é de definir.
minha mania de corrigir brinquedo torto não vai mudar...
Pois amar não é delimitar o que de belo a vida te ensinou a compartilhar.

Diogo Viana Loureiro

Sabe aquela afirmação que sua cabeça faz e você guarda e não comunica? Ela que gera sua ansiedade.

Diogo Viana Loureiro

Você já se questionou o que desperta no coração das pessoas que te cercam?

Diogo Viana Loureiro

Vivemos gerações de grandes sábios instantâneos e muitos praticantes de amor silenciosos.

Diogo Viana Loureiro
Tags: relação toxica

Observando do mesmo ponto em distintas mentes uma ave no céu pode parecer livre e independente ou solitária e perdida.

A questão não são todas as pessoas que atravessam sua vida criando múltiplos "eus" e sim a realidade que individualmente tu vibra e resolve criar com base nas tuas convicções.

Em um mundo de pontos de vista não existe certo ou errado; Existem escolhas que te fazem bem e outras que não.

Diogo Viana Loureiro
Tags: relação toxica

Eu sou todo poesia. Você meias palavras.
No silencio do olhar estão teus versos, que me inspiro. E dão sentido pra todas as serenatas.

Diogo Viana Loureiro

Duas distancias de um único meio de sentir.
Uma historia e duas formas de imaginar e levar;
Lembranças de um futuro com fotografias retro.
Ponte aérea Porto alegre e Paraguai.
Espero não deixar a saudade matar.

Diogo Viana Loureiro

Adianta os pássaros cantarem se não podem voar para inspirar suas novas canções? O que faço com todas suas intenções sem responsabilidade para amar?

Diogo Viana Loureiro

Se você não se curar do que te feriu, vai sangrar em cima de pessoas que não te cortaram.

Desconhecido
86 compartilhamentos

No ultimo semestre já parti meu coração uns dez anos. Mas quem sou eu pra duvidar do que em mim habita? Amar requer muita coragem.

Diogo Viana Loureiro

Estou seguro do que sou e to feliz com minha companhia, então qualquer sofrimento vou vivendo sem medo, sei que é passageiro e transbordo tudo dele, literalmente, em poesia.

Diogo Viana Loureiro

Um som de dois sentimentos, uma emoção de único acorde. Simples como nossa pulsação involuntária, uma emoção incontrolada, um pensamento em branco pronto para ser colorido.

Diogo Viana Loureiro

No oceano naufraguei em tuas palavras afoguei.
Distraido com o céu e os planetas a testemunhar;
Em uma concha aos meus pés, um eco, tua voz, sem explicação.

Diogo Viana Loureiro

Se fosses um aroma ia te desenhar em minha memoria para te coroar;
Em linda e expansiva explosão de cores que reagrupam o que no peito jaz vivido.
Nessa tarde que tem cheiro de sorriso; Invade em todo meu ser mil pensamentos no seu sentido.

Diogo Viana Loureiro

Aprendemos a correr atrás do impossível, como o tempo que degenera.
vivemos expectativas de algo surreal dando conceito a algo além do dia.
Quando um sorriso vai te emocionar?

Diogo Viana Loureiro

Na imensidão da razão enfeito todas emoções com ilusão. Ansiava pela sua palavra, mas no fundo detestava, que amava.

Diogo Viana Loureiro

Geração de cavadores de poço, cegos para luz, amantes da sombra.
Somos a geração com corações invertidos e pensamentos perdidos.
Já não importa o que você sinta, nada sinto.
Foi Minha indiferença que te carregou hoje cedo para terapia?
Ou seu acumulo de desafetos que dizias que nunca te abalaria?

Diogo Viana Loureiro

Para o eco prefiro deixar o voo dos pássaros, pra alma, só aceito o grito do peito.

Diogo Viana Loureiro

Olhar para o céu e entre as nuvens o topo da torre do gasômetro, dia em porto ta nublado, sinal da Cruz pra manter nossos corpos blindados. Alma corre e transforma em lágrimas todas batidas que morram no peito. Enfim um banco quieto, singelo, no coração do Iberê, uma brisa no rosto, já lembro teu gosto, e antes que o sol entre as nuvens na a água reflita, nada impede que sinta toda paixão que por ti morro, minha vida.

Diogo Viana Loureiro

Pedires pra pensar em ti é redundância. Meus pensamentos são suditos de um reino que é decorado com tudo sobre você. Em terra de corações partidos, cuido se seu amor como a última provisão de um exército faminto.

Diogo Viana Loureiro