Coleção pessoal de corafurer

Encontrados 13 pensamentos na coleção de corafurer

Não sei fingir a felicidade,detesto o teatro do "está tudo bem".

Cora Fürer

Quando é cinza,eu falo.Quando é branco,eu sorrio .E se vier a vontade chorar,eu choro em qualquer lugar e a qualquer hora.

Cora Fürer

Quando eu falar que amo,é porque amo demais; quando eu falar que odeio,é porque não simpatizo.Sou assim,demoro a meter alguém no coração e para soltar,basta um adjetivo.Não tenho a habilidade de amar a todos, mas tenho o dever de afastar da minha vida quem não me faz bem.

Cora Fürer

Não sou como todo mundo.Gosto de reparar o feio assim como reparo o belo.E gosto mesmo e muito mais do feio,ele é um mundo a ser corrigido,redesenhado,pintado e decorado e o belo não,ele já está feito,e é tão difícil fazer reforma,o risco de errar é muito grande.

Cora Fürer

Já tentei explicar o que sou,só não consegui porque ainda não inventaram o adjetivo para mim.Só espero que ele surja antes de minha morte,pois no túmulo só há silêncio.

Cora Fürer

Quando fico sem escrever por muito tempo,minha mente mergulha na piscina da preguiça,e eu fico lenta e louca para jogar umas poucas palavras para fora.

Cora Fürer

Se os seus olhos não estivessem abertos,você não saberia a diferença entre sonhar e estar acordada.

Richelle Mead

Os fantasmas do passado sempre voltam

Nazarethe Fonseca

Se preocupe em ficar viva primeiro.Então se preocupe sobre como você vai viver.

Richelle Mead

Todos tem esqueletos em seus armários.

Richelle Mead

Mas ela achava que ser bonitinha só, era muito pouco: se de repente ela desbotasse, ela deixava de ser bonitinha; aí ela não ia servir para mais nada, porque a única coisa que ela era, ela deixava de ser.

Lygia Bojunga
1 compartilhamento
Tags: beleza efêmera

Tudo quanto é música que acaba, vai ficando mais devagar, mais isso, mais aquilo, e a gente vê que ela tá chegando ao fim.

Lygia Bojunga

Às vezes a gente quer muito uma coisa e então acha que vai querer a vida toda. Mas aí o tempo passa. E o tempo é o tipo de sujeito que adora mudar tudo.

Lygia Bojunga
28 compartilhamentos