Coleção pessoal de cesarjihad

1 - 20 do total de 304 pensamentos na coleção de cesarjihad

Uma dose de dom um brinde à consciência.

Kaab Al Qadir
1 compartilhamento
Tags: consciência luta

O homem é o que é, homem bicho homem que é, mas bicho é bicho, e o homem o que é?

Kaab Al Qadir

Devemos estar onde outros temem o dever.

Kaab Al Qadir
1 compartilhamento

Somamos porque aprendemos com a vida à dividir o que é bom.

Kaab Al Qadir

A popularidade tem suas particularidades, ela te póda ao ponto de você não poder enxergar quem foi ou quem são teus verdadeiros parceiros.

Kaab Al Qadir
1 compartilhamento

Batatas!
Um professor pediu aos alunos que levassem batatas e uma bolsa plástica para a aula. Pediu então, que separassem uma batata para cada pessoa de quem sentiam mágoas e as colocassem dentro da bolsa.Algumas bolsas ficarm muito pesadas e, durante uma semana, eles teriam que carregá-las assim mesmo, o tempo todo. Naturalmente, as batatas foram se deteriorando com o tempo. O incômodo de carregar a bolsa mostrava-lhes o tamanho do peso espiritual causado pela mágoa.

Além disso, por terem que colocar a atenção na bolsa para não esquecê-la em nenhum lugar, os alunos deixavam de reparar em outras coisas importantes.
Este é o preço que se paga para manter a dor e a negatividade.

Quando damos importância aos problemas, ficamos cheios de mágoa e raiva. Perdoar é deixar os maus sentimentos irem embora, é a única forma de trazer de volta a paz e a calma. Portanto..
jogue fora suas batatas."

César Jihad

As diferenças maltratam, as indiferenças matam!

Kaab Al Qadir
1 compartilhamento

O animal carnívoro e racional tem em seu comum habitat o instinto de matar !

Kaab Al Qadir
1 compartilhamento
Tags: Animal Racional

Palmas, platéia, pânico !

Ignorância, inocência ou incoerência ?

Amor e ódio, aguá e óleo !

Nocividade à vida, novidade ?

O tempo anda na contramão das ações do coração e ele bate quase parando !!!

Kaab Al Qadir

Marcha soldado!!!
Ergue a cabeça, prossiga!
De onde vens não sei, mais sei a sina!
O mar revolto é só pra corajosos, então marcha soldado desbravadores do solo!

Kaab Al Qadir

Socializar-se à inércia do conformismo...

Amar o ódio como única verdade e opção...

Linear as trilhas da desonestidade...

Transmontar sobre a miséria alheia...

O ser humano...

Kaab Al Qadir

Menestreis do requinte da etiqueta obtusa, embasada à nobreza sobre os ombros
Opróbrios de vultos da sobrevida dos calabouços da antiga elite.
Excludentes assim perpetuaram...emudecidos por séculos fomos!
Dados como moedas de troca, mercadoria sem valor, porém o tempo rei em
Aptidão encarregou-se de nos mostrar o caminho há liberdade... a Resistência!!!

Kaab Al Qadir

Vigilante ao mundo ilusório, contraditório...

Irmão?Somos nós?

Ruinas, traumas, ignorância, decadência, talvez assim melhor nos definimos!

Temos o livre arbitrio, porem somos escravos na contra mão de nossa "virtuosidade".

União, uma utopia!

Ombridade um detalhe!

Sonhos...

Irmandade...

Devemos há nós, devemos há nós...

Amor e o Ódio, o bem e o mal, virtuosos desses detalhes existem, e como existem,.

Derivados de escolhas consequentes das mesmas, somos todos.

Espelho que reflete o que desejamos é um espelho de virtude duvidosa!!!

Kaab Al Qadir

Filosofia, um pensamento vadio com compromisso?

Imaculado aos seres viventes de terras sem leis,

Locados pelo mistério do universo de um poder ainda desconhecido.

O tempo batiza seus discípulos e se encarrega de transmitir de alguma forma o conhecimento.

Sozinhos no mundo?Muitos se fazem está mesma pergunta?Porem a resposta ainda é uma
incógnita.

Onipotente poder e onipresente poder... Da onde vem o poder que não se consegue explicar?

Filosofia, ciência... sabedoria derivada do que? De quem?

Imaginar é possível, compreender impossível!!!

Antes e o depois e após, talvez um futuro, o mistério persiste... um mistério chamado mundo!

Kaab Al Qadir

Corrompem, porem caminhamos...
Oprimem, porem caminhamos...
Ridicularizam... porem RESISTIMOS

Kaab Al Qadir

Me aproximo do mundo dos sonhos, o mundo que no momento sonho...
Único mundo que no qual por alguns instantes ninguém pode invadi-lo.
Socializo meu sonho através da música, viajo sem se quer mover-me...
Ignoro a ignorância, amo, sem temer rotulos, viro criança !
Canto a liberdade da voz que vem da alma, a alma que há na música.
Ando pelo desconhecido... a música é o acalento dos sentidos !!!

Kaab Al Qadir

Engenhosos navegantes de outrora

Navios abarrotados de carga humana

Gigantes pela própria natureza

Engenhosos navegantes de outrora

Navios abarrotados de carga humana

Homens, mulheres, crianças, medidos ao peso da

Ostentação da ganância ... ignorância desumana.

Kaab Al Qadir

Renasci incansáveis vezes ...

Então por esse motivo, aprendi há encarar a vida em sua

Naturalidade incomum. O homem criou as

Armas, para defender- se de si próprio.

Sistema de coisas é o que nos tornamos, percebi que

Como passageiros que somos desse mundo maluco, o que me cabe à fazer é...

Erradicar a mórbida inércia que aflige mentes que foram paralisadas pela dura

Realidade, renascer é sempre necessário seja lá onde for, e seja lá como for ...

Kaab Al Qadir

Declínios emancipados egos feridos seres segregados...

Erradicados de teus princípios presos em celas sem grades,

Socializados há enfáticas leis e decretos derivados da abstrata identidade

Centrados ao centro da ilusória razão do ter e ser sempre mais...

Egocêntricas são as visões cegas em um aglomerado de mentiras de sua própria

Naturalização, assim caminhamos, assim nos escravizamos, assim construímos nossa

Tenuidade mascarada que por hora nos joga na cara escancaradamente a

Realidade. O respeito tornou-se uma moeda de troca, nossa

Autoridade uma mesquinha e hipócrita denominação que chamamos de

Liberdade.Sonha-se o sonho do outro, sonha-se com cabresto sutilmente

Impregnado nas entranhas de nossas razões...

Zelamos camuflada mente a morte!!!
Argumentamos...

Revolução, mas morremos antes, na descentralização do objetivo... viver.

Kaab Al Qadir
1 compartilhamento

Sei de tua existência...

Espero em ti não a riqueza mas o suficiente para viver.

Não temo mal algum pois minha rocha es tu pai,

Humano sou, cheio de falhas e não sou digno de tua misericórdia, mas conheces

O meu coração... me conheces mesmo antes de eu ser gerado... misericordioso Deus,

Rogo por nós pegadores, dai nos, sabedoria, discernimento... e pai nos perdoe...

“Subhanna rabbiyal 'Adhim”
(Louvado seja meu Senhor, o Exaltado.)

Kaab Al Qadir