Coleção pessoal de CAVALHEIRO14

1 - 20 do total de 33 pensamentos na coleção de CAVALHEIRO14

Prudencia
Tenho saudades de uma foto antiga, do meu pesar, das minhas mudanças, das minhas diferenças. De tempos passados, coisas que não voltam, ah se eu pudesse voltar no tempo e me amar um pouco mais. Como queria esquecer o que passou, do que voltou, do que amava, do que detestava ou até mesmo do que odiava.
Mas, as coisas mudaram eu mudei!
Aquela garota indecisa, confusa existe mas eu sei que lá no fundo eu nunca fui tão forte quanto estou sendo agora, nunca tão diferente quanto já fui um dia.
Mudanças são boas, mas no meu caso eu me obriguei a mudar, a me amar, a chorar menos e correr atrás daquilo que vale a pena.
Alguns fatos me levaram a ver interpretações que estavam na minha frente e não queria enxergar, não queria sentir ou até mesmo ouvir o som de coisas intolerantes que me trouxeram até aqui.
Meu caminho , é um livro aberto em páginas brancas, tenho muito o que aprender tenho muito o que viver! Enquanto tudo está passando eu vou escrevendo e me lembrando de coisa que não quero esquecer. Não quero ter de começar uma nova história por fatos passados, por expressões distintas por coisa tão fúteis que me deixei levar, pelas tentativas, por algo positivo que no fim se tornou negativo, em uma cenário onde tenho que compreender minha própria liberdade, as vezes é preciso uma revolução para se manter um costume , um brilho no olhar que denúncia o que nunca foi dito e nem vivido.
Por coisas decorrentes , pela diferença, o esforço ou até mesmo um auxílio.
Bem, não sei se isso me torna privilegiada mas, quero apenas mostrar ao mundo que quando quero algo eu vou até o fim, isso pode se tornar uma detenção da minha própria solidão , da minha própria tortura mas que bela amargura.
Muitas vezes são precisos exemplos notáveis para transformações favoráveis.

Renata Cavalheiro
1 compartilhamento

Mudanças
O que se tornou meu coração?
Algo vazio, sem nada dentro, nem mesmo meu amor que sentia por ti não existe mais. Nem mesmo a escuridão do meu olhar restou!
A vida me ensinou a ser forte, me ensinou também há seguir em frente mesmo não querendo e até mesmo não podendo. Eu quero alguém que me entenda que não use minhas próprias palavras como armas, só para apontar meus defeitos ou meus desejos.
A vida me ensinou também e me obrigou há mudar, há chorar, há sorrir, há amar, há sofrer, há cair, há cair e levantar.
Tudo isso não são apenas palavras são sentimentos do meu próprio sofrimento, eu realmente preciso dizer adeus a minha dor, essas feridas que não cicatrizam, que não se fecham, que não se curam. Preciso me esquecer de você!
PRECISO SEGUIR EM FRENTE

Renata Cavalheiro

Seguindo em frente
Chega desse papo de amor;
Chega desse papo de dor;
Eu sei que é difícil pra você, Também e difícil pra mim!
Só quero acrescentar;
Não quero mais perder;
Eu quero é ganhar.

Renata Cavalheiro

Aqui
Tudo muda agora;
Tudo foi embora;
E, agora é a hora!
De ir, De partir;
De viver, De sorrir;
E o que passou, passou!
Eu sei que talvez tenha sido melhor assim.
Pois eu sei que tudo muda se você quiser mudar.
Nada vem de graça e a vida passa
Na verdade está na hora de um cada um seguir seu caminho
Sem olhar pra trás!
Sem estar lá!
chegou a hora de recomeçar;
De me reinventar ;
De renascer;
Sem sofrer;
E, com o tempo eu volto a sonhar;
Eu quero me salvar;
Eu quero meu lugar;
Eu quero me encontrar.

Renata Cavalheiro

Farol
Nublado como céu, se tornou os teus olhos há me fitar.
E o teu amar e tão errado quanto há ti, na verdade eu acho que você não sabe amar, você não sabe como e o amor, no fundo de você eu sei eu sou o coração partido;
É, eu sei no fundo de você que sou tão substituível quanto amável, procurei por um bom tempo me manter vulnerável.
É, nem liga se nos meus lhos não existe aquele brilho de quem vivia com o coração em paz!
Eu não sei por que perdi tanto tempo com você.
De um você que nada sei
E que nunca saberei .
E, eu ainda não sei por que perdi tanto tempo com bobagens,e minhas próprias palavras viraram bombas prestes há se explodir.
Eu já me cansei de esconder o que era muito fácil de achar!

Renata Cavalheiro

Revelar
Eu ainda não sei onde tudo isso vai dar, eu não sei até quando isso vai durar, mas eu só não sei ainda como me encaixar, pois hoje eu só quero me encontrar!
Eu nunca pude entender o que passou;
Eu nunca pude entender o por que;
Sei lá textos, histórias, amores e dores.
Tudo poderia ter sido diferente, mas não foi...
Não sei se foi melhor assim, não sei..
Só quero acabar com essa dor que acaba comigo , sei lá eu vivi eu vi coisas que não devia, escutei coisas que não queria, falei coisas que me fizeram parar para pensar, como quando nós sabemos todas as respostas vem o destino e muda todas as perguntas, ou talvez quando lemos um livro que nós faz parar para pensar e questionar tudo o que sentimos e vivemos até agora.
Mas, agora tudo pode mudar chegou a hora..
De me amar!
chegou a hora...
De parar de olhar pra trás!
Chegou a hora...
De esquecer!
Chegou a hora...
De vencer!
Tudo na vida tem um motivo ou um por que , mas eu nunca entendi os meus motivos e os meus por quês!
Sei lá eu nunca jamais serei aqueles que fazem sentido.

Renata Cavalheiro
1 compartilhamento

Eu nunca fui daqueles que fazem sentido
E o rumo de tudo isso não cabe a nós decidir!
É a solidão, deixa o coração vazio
É a deixa a alma à procura de algo
Que jamais terá algum sentido!
Tudo o que procuro não existe mais!
Tudo o que sempre quis, foi embora
É, agora?
Quero apenas paz
Não tenho mais nada pra oferecer e não tenho mais espaço para receber.
Ninguém vê que estou sofrendo!
É que minha dor não tem cura
Eu choro à procura de algo
E o que seria?

Renata cavalheiro

É não há nada que me faça esquecer
Eu sei que meu mundo girou
Só pra mim te encontrar
Parecia que seu abraço
Tinha o que mais faltava em mim
E você se lembra que tudo iria ser pra sempre?
Mas, não foi...
Promessas quebradas
Lagrimas derrubas
Mas, foi tarde
E você nem notou o quanto eu te amava
E o quanto eu chorava
Eu me lembro de cada briga sem razão
Por cada hora que passou
Pelas cartas que escrevi
Você simplesmente esqueceu tudo o que vivemos ontem
E a nossa própria vida você desperdiçou
Não, há mais nada a fazer
Enfim, chegamos ao fim.

Renata Cavalheiro

Então deixa pra trás aquilo que foi bom demais
Quero ser feliz um pouco mais
Eu sei que ta tudo errado
Mas pra que, fazer isso com em vão
E o meu orgulho eu deixo de lado
Eu só quero me lembrar daquilo que restou
Ou seja, absolutamente nada
Nem suas palavras
Nem suas lagrimas
Vão ser lembradas
Então me deixe seguir sozinha
Sei que você nunca entendera.

Renata Cavalheiro

Retratos em preto e branco
Agora vivo minha vida livre de todo peso que já carreguei e digo adeus a estrada que um dia me perdi, digo adeus também para todas péssimas lembranças que já vivi um dia, que todas as lagrimas choradas e toda dor sentida que vá embora com um vento ruim que devasta almas e que arrasa corações .Minha felicidade está em mim, agora sou eu quem escrevo minha própria historia, sou quem componho minha própria trilha sonora, sou eu quem comanda minha própria vida, pela primeira vez ergo minha cabeça e sorrio verdadeiramente .
Por isso sigo em frente e cada dia que passa procuro me tornar uma pessoa melhor e ver que realmente precisei passar por essa dor talvez quem saiba para abrir os meus olhos e minha alma para me livrar do que me fazia mal...

Renata Cavalheiro

Lembro-me de cada verso sem refrão
Dos dias em que tiramos nossas fotos
Do bosque
Dos seus beijos
Do seu cheiro
Eu ate sorrio quando lembro do dia em que vc me chamou de amor
De cada sorriso de cada parte muito perfeita!
De tudo...
Ainda sinto que existe algo entre nós,
Mas de que adianta esse sentimento agora não fará mais diferença
Porque o amor que sentia por você não existe mais
vc continua sendo importante pra mim
Mas não dá forma que você gostaria...
Pois eu sabia que um dia tudo isso iria acabar
Eu só não sabia quando
Todos os planos foram embora com as lagrimas que chorei por você
Ou seja, tudo foi embora quando virei minhas costas
A partir daquele momento eu sabia que você não faria mais parte da minha rotina e nem da minha vida
Tentamos novamente, infelizmente não deu certo..
Pois eu só te digo uma coisa aquele abraço foi um ADEUS..
E pra você o amanhã nunca existiu
E por favor, esqueça aqueles planos eles não são mais seus!

Renata Cavalheiro

Historia sem fim
Diz pra mim
Que não foi assim
E que você já pois outra pessoa no meu lugar
Então eu abro meus olhos
E hoje percebo que nada foi em vão
Eu sei que você chora em segredo
Sofri em silencio
Mas eu sinto que assim já foi mais fácil de aceitar
E eu sei que com o tempo eu volto a sorrir
E mesmo que você queira mudar
Querer voltar
Não adianta mais
Você já quebrou aquilo que não tem concerto.

Renata Cavalheiro

Só desta vez
eu acho que o amor não é e nunca foi uma competição
(porém acho que estou ganhando)
desculpe, mais e o meu mero ponto de vista
por isso construa o seu ponto de vista..
quando você estiver realmente pronto para assumir suas qualidades e seus defeitos me procure a partir daí saberei se você se tornou alguém melhor ou pior do que sempre foi!

Renata Cavalheiro

Não posso tomar minhas próprias decisões
eu acho que não estou nas suas coleções
apenas empurre as ideias minha garganta abaixo
mas da próxima vez que você apontar o dedo
vou te apontar ao espelho
é só minha humilde opinião
mas é uma na qual eu acredito
você não merece um ponto de vista
e se a única coisa que você vê é você
o que posso fazer?

Renata Cavalheiro

Eu estou feliz
E pela primeira me sinto leve
Amo minha forma de pensar e de agir
Quero viver e sorrir
Sem medo de me ferir
Quero poder buscar o melhor de mim
Sem medo de ser feliz.

Renata Cavalheiro

todas as suas falhas podem definir VOCÊ.

Renata Cavalheiro

interlúdio-movendo-me
Deixe-os ter seu tempo
Sente-se e deixe-os brilhar
Deixe-os subir e subir
porque um dia eles vão cair
Deixe-os de molho no sol
Sente-se e deixe que eles se divirtam
Deixe-os derramar suas entranhas
Porque um dia eles vão deslizar sobre elas
Bem que eu poderia estar com raiva
Mas você não vale a luta
E além disso, eu estou seguindo em frente
Contei até dez
E eu estou me sentindo bem
e, além disso, eu estou seguindo em frente
Deixe-os jogar suas canções
Deixe-os dizer o que é certo e errado
Deixe-os fazer as suas coisas
Porque ele nunca vai ser você e eu
Nós temos nosso próprio estilo
Nós temos uma maneira de viver a vida
Se eles não podem descer
Bem, nós não precisamos deles em torno de nós
Bem que eu poderia estar com raiva
Mas você não vale a luta
E além disso, eu estou seguindo em frente
Contei até dez
E eu estou me sentindo bem
e, além disso, eu estou indo
Sim, eu estou me movendo.
(Hayley Williams, Taylor York e Jeremy Davis)

Paramore
1 compartilhamento

Nada na vida e passageiro
temo que alguns sentimentos criados pelo tempo não se apaguem.
vou viver
vou sorrir
vou ir embora sem dizer adeus
vou com meus próprios passos
quero poder partir sem tchau sem mala sem nada
tudo isso que vive até hoje foi uma forma de crescer
uma forma de amadurecer
vou dar meu melhor
por mais que meu melhor não agrade algumas pessoas.

Renata Cavalheiro

Eu não posso mudar quem eu sou
Não desta vez, não vou mentir
Para te manter perto de mim
E nesta curta vida, não há tempo
Para desperdiçar desistindo
Meu amor não foi suficiente

Amy Lee

Sobre amor e libélulas
Um dia desses estava escorado na janela de um hotel qualquer quando uma libélula pousou a poucos centímetros do meu braço. Na hora, eu não sabia ao certo se aquilo era uma libélula, ou uma cigarra, ou um inseto gigante qualquer. Nunca soube, e os poucos segundos que perdi tentando classificar o bicho foram suficientes para que ele sumisse. Bateu asas e escafedeu-se entre as árvores.

Eu tenho uma ligação especial com libélulas. Foi correndo atrás de uma que eu me estabaquei no chão, fraturando uma costela, perfurando o baço e sofrendo uma hemorragia interna que por pouco não me matou. Tinha cinco anos e, desde então, convivo com uma cicatriz que me atravessa o abdome, lado a lado. Tudo que eu queria era vê-la de perto, justamente para me certificar se o bicho em questão era cigarra, libélula ou “seja-lá-o-que-fosse”.

Se a necessidade de classificar uma libélula me rendeu duas semanas de internação, imagino o que me aconteceria se eu ficasse tentando classificar meus sentimentos. Inclusive, me cansa ver por todo lado gente tentando diferenciar um sentimento do outro. Se é amor, amizade, namoro, rolo, beijo, ficada, passatempo… Não tenho a mínima idéia, e nem quero ter! São inúmeras as espécies de relacionamento e a tentativa de classificar a todo minuto algo que, ás vezes, é simplesmente inclassificável pode resultar em muito mais do que um baço perfurado.

Ás vezes, perdemos a noção de que cada minuto da nossa vida pode ser o derradeiro, de que cada ligação telefônica pode ser a última, bem como aquela pessoa, de quem você ainda não sabe se gosta, pode ser o seu último romance.

Lulu Santos pediu, a gente obedece:

“Hoje o tempo voa, amor
E escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
E não há tempo que volte, amor

Vamos viver tudo que há pra viver
Vamos nos permitir!”

O amor é uma libélula que pousa na nossa janela pouquíssimas vezes. Corra atrás da sua libélula, sem medo de se machucar. Viva o seu romance. Viva o seu último romance.

Lucas Silveira
2 compartilhamentos