Coleção pessoal de BrunoBastos

Encontrados 2 pensamentos na coleção de BrunoBastos

O único jeito!

Por quantas e quantas vezes fechei os olhos e não sonhei?
Por mais quantas vezes sem motivos eu chorei?
Por outras tantas sem sono fiquei?
Acho nunca saberei,
Acho que não serei aquele a saber,
Mas sempre sei que serei eu a sofrer,
Sabemos que sempre seremos nós a chorar,
Mas entendemos que na vida muito mais há,
E então eu me pergunto por que devemos nos lamentar,
Pra que ficar preso as essas lagrimas?
Porque preciso chorar?
Juro neste momento nunca mais me lamentar,
Juro neste momento nunca mais uma única lagrima em meu rosto secar,
Pois só assim a verdade a mim virá,
Pois só assim neste mundo eu poderei ficar,
Pois só assim eu poderei pensar em amar!

Bruno Bastos
1 compartilhamento
Tags: poesia reflexão

Estrela da Manhã!

Sob suas asas durmo.
Mesmo sendo só mais um ser noturno,
A ti eu posso ver,
Ó tão resplandecente e celestial ser.
Tão nobre, quanto o mais nobre de todos os cavaleiros do mundo,
Tão elegante quanto todos os mais finos tratos,
Tão belo, quanto a mais bela das damas,
Tão puro quanto o mais jovem rebento deste mundo.
Senhor de todo o belo e de todo o imundo,
Senhor dos mortos e dos ossos.
Imperial senhor do submundo.
Líder dos exércitos mais obscuros,
Soberano da grande matilha infernal,
Senhor de um exercito descomunal,
Primeiro mestre das moscas deste mundo,
Líder de todo o imundo.
Grande senhor desta trama obscura e eterna,
Mestre de todas as eras.
Dono deste imundo mundo.

Bruno Bastos
1 compartilhamento