Coleção pessoal de bebelia2000

1 - 20 do total de 623 pensamentos na coleção de bebelia2000

Se toda vez que vc pensasse em mim..
Vc desse um sorriso..
Eu ganhasse mais um dia de vida..
Ahhh certeza... eu seria imortal...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Nao confio em mim..
Sei que nao vou me conter..
Quando der de cara com vc..
Nem sei qual sera minha reacao..
Ja se passou alguns dias..
Vc me disse adeus.. e doeu..
Respirei.. segurei o choro..
Meu mundo caiu..
Sei que nao posso confiar em mim..
Simplesmente nao sei o que fazer..
E quando me da aquela saudade louca..
Tento me conter.. desligo correndo o cel..
Torcendo pra que vc nao tenha ouvido a minha voz..
Sei la.. nao vou conseguir... to tentando..
Meu mundo desabou... maldito dia..
Que vc partiu...
Eu vou ficar bem..
So nao sei quando...
Por enquanto... nao sei..
To tentando me conter..
Cada dia.. um dia...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Cala a boca e me beija..
Palavras sao desnecessarias..
Nao para.. nao para..
Chega arrepiar meu corpo..
A maneira como me segura forte..
Ahhh garoto.. vc e perfeito..
Tudo em vc e perfeito..
Vc parece que me monta feito um quebra cabeca..
Minhas curvas sao pecas que se encaixam..
No gingado das suas..
E quando teu olhar penetra ... o brilho dos meus olhos..
Ahhh me perco.. como vc da o check mate..
Vc e perigoso demais..
Vc e certeiro.. feito cobra quando da o bote..
E e por isso que eu escolhi vc..
Tudo e tao perfeito..
Vc e tao perfeito garoto..
Por isso me apaixonei por vc...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Amigo nao beija na boca..
Amigo nao troca caricias..
Amigo nao divide segredos insanos..
Amigo nao te leva a loucura..
Desculpa.. nao nasci pra te ter como amigo..
Vc desvendou o melhor de mim..
Vc me conheceu a fundo..
Na boa.. soma ou some..
Eu nao to afim..
De ter que te chamar de amigo..
Amigos nao transam gostoso..
Amigos nao dormem juntos..
Muito menos dividem planos.. sonhos..
Se for pra te ter como amigo..
Prefiro apagar tudo.. esquecer tudo..
Do que ter que te ter como um amigo..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Eu faco chover...
Faco tempestade.. vc quer ver?
Faco vc nunca mais me esquecer..
Vai olhar pro ceu e lembrar..
Vai sentir meu cheiro.. assim.. do nada..
Vai me chamar.. me desejar..
Vai querer me tocar.. sim .. eu sei que vai..
Porque vou fazer chover..
O tempo vai virar.. esse furacao aqui chegou..
E nem e temporada meu bem..
Mas eu vim pra ficar...
Me de sua mao.. te levo..
Pra onde vc nunca mais vai desejar voltar..
Muito prazer .. eu sou toda perdicao...
E vc vai adorar se perder...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Beija minha boca...
Toque meus labios..
Vc vai me conhecendo aos poucos..
Sou uma historia...
Cada trecho que vc vai lendo..
Vai dando vontade de querer ler mais...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Ei baby.. tire a mascara..
Pelo menos hoje seja verdadeiro..
Seja vc mesmo..
Chega de aparencias..
Deixa de status...
Tem tantos carnavais pra vc brincar...
Seja verdadeiro... mostre realmente pra que vc veio...
Pelo menos hoje..
Me olhe nos olhos..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

De tempo ao tempo..
Deixa as coisas esfriarem...
A verdade sempre aparece..
Mentira nao se sustenta muito tempo..
Feridas cicatrizam..
Tudo passa...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Ame... ame muito... ame ate cansar..
O amor vence o odio... derruba barreiras..
Amar e perdoar... e ser feliz..
DAr o que se tem..
Amar e ser do bem...
Amar... simplesmentamar

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Ei guria... acorda pra vida...
Arruma esse cabelo... passa um batom..
Viva!!! A vida passa num estalo...
Vc e linda.. nunca deixem que te digam o contrario... levanta essa cabeca...
Sorria... se benze.. se blinda...
Tudo vale a pena.. viva.. nao apenas exista...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Aprendi a me virar..
A nao esperar nada de ninguem..
Aprendi a me amar...
Deus me fez especial..
Quem quiser gostar de mim.. que goste..
Quem nao quiser.. foda - se..
Nunca dependi de ninguem..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Descer do salto ? Querida...
So se for pra trocar por um novo..
Cabeca erguida.. salto 15..
Poderosa... e muito bem resolvida...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Eu tenho orgulho..
Tenho amor proprio..
Cabeca erguida sempre...
Nao me rebaixo..
Nao me humilho..
Nao sou menos...
Sou mais do que vc merece..
Sou especial... sei disso..
Meu bem.. nao sou pra qualquer um..
Sou muita areia pra muito caminhaozinho por ai..
E sei bem disso..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Voce e culpado..
Se hoje tenho outra vida ... outra familia..
Se hoje tenho outras prioridades..
Foi vc quem quis assim ..
Vc que escolheu isso...
Todos plantamos.. todos colhemos..
Nos que decidimos o que colher..
Se hoje estou com outra pessoa..
Foi vc quem quis assim..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Quem me ve hoje sorrindo...
Nem imagina as voltas que o mundo deu..
Cai.. levantei... chorei.. sofri.. sorri..
Mas quem perdeu foi vc..
Nao eu....

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Sou maria..
Somos todas marias..
Maria das dores..
Maria das gracas...
Maria da penha...
Maria que luta..
Maria que batalha..
Maria que sofre...
Maria que chora.. que sorri...
Somos todas marias...
Como as 3 marias das estrelas..
Como as marias sem nome...
Sem memoria.. marias..
Tantas por ai... tantas que ja se foram..
Somos todas marias..
Pois todas somos mulheres..
Todas somos batalhadoras..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Um dia hao de me conhecer..
Assim como ja conhecem meus pensamentos..
Serei grande.. serei eterna..
Em versos.. em proza.. em poesia..
Serei a forca da mulher..
Eternizada... serei cancao que nunca morre..
Ventos que nunca se vao..
Serei estrela que nunca se apaga..
Serei conhecida.. em outra geracao..
Poeta so tem vez quando morre...
Me farei imortal...
Um dia... um dia serei eu... lembrada..
Pelo que escrevo...
Deixo aqui meu coracao.. contido nas minhas palavras..
Hoje nao sou nada..
Mais algum dia... serei eternizada...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Em silencio.. no meu quarto..
Alma desalmada...
Inconformado..
Eu rezo.. eu choro.. imploro..
Sua volta...
Sera que e isso que eu mereco?
Desprezo... silencio..
Tudo era tao perfeito...
Ahhhh como me roubam por dentro..
Nem cantando essa cancao eu me alegro..
Pois me falta tudo.. me falta vc..
E tao estranho ... e tudo tao estranho..
Num dia tenho o mundo..
No outro me falta tudo..
Sem chao.. sem vc ..
E eu fecho meus olhos..
Vejo nos dois nos amando..
Sinto o calor do teu corpo..
Teu cheiro ainda esta aqui..
Como pode? Vida injusta ....
Me tirar assim de vc..
Eu respiro.. eu tento..
Compreender.. mas nao compreendo..
Sem chao.. sem vc..
E como me sinto...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Coracao e terra sem dono..
E lar sem teto..
Coracao e bicho complicado..
E quebra cabeca sem peca...
E filho desobediente..
E falho..
Complicado...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )

Fecho os olhos.. estou longe..
Viajo... nos sonhos.. nos meus pensamentos..
Vc foi.. vc fez parte.. de mim..
Sim um dia .. um dia la atras..
Pois eu me libertei..
Hoje sou chuva que cai...
Sou poesia... ventania...
Eu sou liberdade.. esse e meu nome..
Vivo coisas que nunca vivi..
Nem choro mais.. lagrimas ja nao me cabem...
Sofri.. como eu sofri..
Mas tudo passa... o mundo da voltas..
Hoje sou outra..
E tudo ficou pra tras..

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )