Coleção pessoal de BALSAMELO

1 - 20 do total de 456 pensamentos na coleção de BALSAMELO

Filho Amado,
Sei o sentido e o valor inenarrável do seu sorriso que adocica a minha vida.
Sei, também, que tudo passa rapidamente sem retrocesso e por mais que tentemos disfarçar a exaustiva dor da distância nada poderá suprir as nossas ausências.
Então, neste momento, que o silêncio é profundo e os acordes mais intensos da minha alma fazem barulho na minha noite solitária alimento-me da sua saudade.
Você é a linha tênue da minha história.
É o fato mais substancial da minha existência.
Não ouso falar do amor que transborda em meu peito, pois tudo seria irrelevante.
Posso, apenas, agradecer a Deus por ter me permitido esta bênção de tê-lo em minha trajetória, embora eu reconheça ser o mais endividado dos homens por não conseguir tecer os seus caminhos com as plumas que os anjos são merecedores.
Poeta Balsa Melo

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

A minha alma se conforta sentindo que a sua boca desenha uma alegria!

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

A ROSA É A EXPRESSÃO DIVINA DA CRIAÇÃO!
POR OUTRO LADO, O ESPINHO É A SUA PROTEÇÃO!

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Quando tudo estiver supostamente perdido em sua vida e a única alternativa para o próximo passo for caminhar sozinha(o)!... respire fundo e, neste momento, estará percebendo a melhor companhia da sua vida: VOCÊ!

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Sou aqui.
Cá.
Com a melhor companhia!...a minha!
Por isso, não temo a solidão!

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

A mesma mão que afaga pode bater!
A boca que beija pode aniquilar com a fala!
O tempo é único, mas podemos vivê-lo diferentemente!

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

A luz que clareia, também, pode ser a mesma que cega.
Todo excesso causa desencontros.

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

A luz facilita a visão de uma infinidade de coisas, mas, também, pode ocasionar a cegueira para o fato que não queremos perceber.

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Para prender o seu pássaro em sua vida ofereça o necessário para a sua sobrevivência, muito amor e abra as portas da gaiola.
A liberdade é, muitas vezes, a maior prisão.

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Não anuncie apenas!
Seguir é a sua escolha!
Vá e seja feliz!
A esperança é a última que morre!
Sigamos, enfim!

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Não seja tolerante com você ao ponto de não enxergar os percalços que aniquilam o próximo passo.
A atitude de ser feliz é sua, então, não espere por mais ninguém.

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Ser feliz é situação de foco, por isso, sintonizo aquilo que me facilita a alegria!
O grande homem é aquele que sabe estar pequeno para não atropelar e não transgredir!
Tentemos nos desacostumarmos da mesmice existente em tantos indivíduos... podemos tudo e para isso, basta sonhar!...
Poeta Balsa Melo

Poeta Balsa Melo

Que o tempo indefina a definida angústia da hora que passa sem retrocesso... Que a tristeza se torne inconcebível nestes vazios que encenam o adeus do tempo findo.

Poeta Balsa Melo

Quando amamos até a tristeza é feliz.

Poeta Balsa Melo
1 compartilhamento

Passos sem rastros.
Vida vivida sem saudades.
Tempo anônimo alimentando um interregno de vacilo do coração.

Poeta Balsa Melo

Que a independência seja plena e que as desigualdades sejam eliminadas.
Acordemos para a realidade.
Chega de cenários para fugir das mazelas sociais.
Precisamos de ensino de qualidade, saúde eficiente e segurança pública.

Poeta Balsa Melo

Encontro um ponto.
Indefinido.
Agora outro.
Novo ponto.
Péssimo.....virou reticências.

Poeta Balsa Melo

A lua esboçava um sorriso e uma estrela fazia companhia numa noite de constelação de sonhos.
Não pude identificá-la na minha quase solidão... você não brilha mais em mim.

Poeta Balsa Melo

Fervilham letras derretidas dos meus ais.
Não encontro possibilidades para o desabafo.
Desfilam risos,
gritos e
latentes chamamentos.
Escrevo, por fim, uma história vazia quando risco parte de nós.

Poeta Balsa Melo

Anunciei com paciência tantas vezes.
A surdez sentimental não te possibilitou entender os meus apelos.
Agora...o tempo remenda com retalhos o nosso enredo.
Pontos... fim começado.

Poeta Balsa Melo