Coleção pessoal de andrericardodepaula

Encontrados 4 pensamentos na coleção de andrericardodepaula

Notas de um moralista

Era de madrugada e eu acabara de dormir com uma garota jovem e bela que eu conheci a pouco num bar. Me levantei e enchi um copo do melhor uísque que o dinheiro pode comprar, acendi um charuto cubano e sentei na varanda da minha casa em frente ao mar, e lá pensei que pela manhã quando a garota acordasse e fosse embora eu continuaria ali sozinho. Deus eu era uma pobre alma, um homem que tinha tudo, mas não tinha nada.

AndréRicardo
1 compartilhamento

Notas de um moralista

Gina não sabia o que mais fazer com aquele meu sossego inabalável. Ela era um ser irritante com todos os seus sonhos e seus planos, tinha a vida tão organizada naquela lista cheia de palavras e deveres e programas a cumprir, a cada hora ela deveria estar exatamente onde sua lista mandava. E em meio a um sutil desespero ela desaba:
- Como é que consegue? Me diz, como pode não se importar tanto assim e não querer nada?
- Me importo sim, sempre me importei. Respondi.
- Então por favor, me diz o que quer?
-O que todos querem, eu acho, ou pelo menos todos deveriam querer. Um cigarro aceso, uma cerveja gelada, alguns amigos e meu amor do meu lado.
- Você é um homem muito complicado . Disse incrédula da resposta que a dei.
-Não, não sou não, esse é um erro demasiado comum. Eu sou um homem simples, o resto do mundo é que é complicado. Gina volta a fazer a lista e eu tomo mais um trago, a noite já volta ao normal, era como tudo deveria ser.

AndréRicardo
1 compartilhamento

Oração

Ela reza por mim enquanto eu ainda ando pelas ruas escuras da cidade, mas nem sempre vai ser assim. E o vento gelado já não me afeta mais, as cores perderam a intensidade e os sons não se definem quando ela não esta aqui. O tempo passa e eu fico olhando para longe esperando ver o sorriso dela vindo ao meu encontro, mas hoje ela não volta. As pessoas me olham e eu sei que nada vai mudar, elas que esperam esperançosas por alguma reação, por menor que seja, que eu fale, grite, ame ou esvazie uma garrafa, e eu sei que nem sempre ela vai me amar. Apenas vesti a farda da sociedade e aceitei viver por ela, ou viver esperando outro dia bom com ela.

AndréRicardo
1 compartilhamento

Tudo aqui tem um pouco de você, desde o meu sorriso quando estou sozinho e lembro de você, até mesmo o perfume em minha roupa é seu. As frases que falo para
outras primeiro disse a você, as histórias, cartas e poemas, foram feitas para você. Até mesmo quando eu precisar mentir, vou me lembrar que para você não dava, e ai vou rir de novo. Quando eu tiver um outro encontro e vestir a mesma roupa que você manchou de vinho aquela festa, eu vou com certeza me lembrar de você. Quando eu trouxer outra para minha casa, vou me lembrar que aqui você entrou no meus braços, e vou tentar me lembrar o porque você teve que ir. Quando eu me envolver entre os lençóis com ela, vou me lembrar que você foi perfeita, que seu sorriso é lindo e de como seu gosto é bom. Quando ela for embora pela manhã, vou me lembrar que você ficou aqui pelo menos uns dois dias antes de partir e que sempre voltava buscar algo que esqueceu.
Até hoje tem um pouco de você, em todas elas tem, mas delas não tem nada em você, você era a mais perfeita "fazia na noite, fazia o dia, fazia o sol e assim se fazia".
Um copo meu ainda tem a mancha do seu batom, a gola da minha camisa também, a cama ainda está desarrumada, as roupas continuam sujas e eu continuo a não entender porque você teve que ir. Talvez realmente nunca a tive, talvez nem mesmo você existisse talvez nem mesmo essa história tenha acontecido, é por isso que ainda espero, eu ainda espero vivo, só por isso existo, e isso, também pertence a você.

AndréRicardo
1 compartilhamento
Tags: tudo você