Coleção pessoal de Ancelmobento

1 - 20 do total de 250 pensamentos na coleção de Ancelmobento

⁠ou coisa parecida

Meu bem, meu amor
é um riacho
que corre sossegado
sem saber se irá desaguar
no amar ou coisa parecida.

Ancelmo Bento Marques da Silva

Que me leve

Que venha o vento
que me leve
que eu direi:

-meu caro,
até breve

ainda é tempo
de momentos

e eu estou atento.

Ancelmo Bento Marques da Silva

O amor das seis

O amor que se desfez
se refez e foi de vez

eu me olho no espelho
e eu sou o meu reflexo

estou livre outra vez.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠⁠⁠Andanças Climáticas

O sertão vai virar mar,
mas não se engane
o mar não vai virar sertão.
este ser tão só
ama a sua solidão.
iemanjá
não deixe o povo se afogar
eles foram em direção ao mar
e ele por sua vez
fez o mesmo que eles.

Ancelmo Bento Marques da Silva



O que é o destino
senão um conforto
ao acontecido

um voto de confiança
no desconhecido.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠⁠Instantes eternos

Meu amor
me ama
e ama a
si mesmo

e assim
nós somos:

nós mesmos
e ao mesmo
tempo um só

tecendo os
instantes como
se fossemos
seres eternos.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠O teu silêncio

O teu silêncio
sempre foi a melhor
resposta que você
tinha a me oferecer

ele respondia
tudo o que era
e o que não
poderia ser

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Livros na estante

Se estou diante
de meus livros

me intitulo
milhares e milhares
de personagens

me permito
visitar paisagens
nunca antes imaginadas
e me perco na riqueza
de detalhes de paisagens
reais nunca antes visitadas

me encontro nos romances
e de antemão sei a página
e a linha exata que acabam.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Não há tempo perdido
e nem tempo a se perder

só tempo consumido
e tempo consumado.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠⁠A parte que falta

Nesse emaranhado
de metades
sou todas as partes

não me falta nada
que vem de dentro

o meu destino
é o mesmo
de todo ser vivo

viver cada segundo
até que seja o último.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠morno amor

Mon amour
e nosso
morno amor

amor morno
que esfriou
e morreu.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Um todo muito breve

Eu sinto muito
e mesmo que
eu não sentisse

ainda seria
de um todo
muito breve

e decerto foi.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Não era 2012
era 2021

A vida ainda
é valorada em reais,
eles acham que a vida deles
vale mais do que a de vocês

é só dinheiro e poder,
nada pessoal,
seu pessoal
tem que morrer
tá ok?⁠

Ancelmo Bento Marques da Silva

Mentira de uma
memória tropical

Só somos
o que somos
porque sempre
lembramos do
que não devemos
ser.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Sousilêncio

Sou o silêncio
sobrevivendo
a todas essas
vozes vazias
de sentimentos.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Tempero

⁠O tempo
é o tempero
de tudo que é
efêmero.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Amor é isto

Sem razão
de ser

nem por que
nem pra quê

e se tiver que
ser
assim será
e vice-versa
verso e prosa.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Olhos cansados

Em algum lugar
há de ter
um canto
para repousar
os teus olhos
cansados

eles merecem
um tipo de sossego
que só se encontra
no amor e na morte.

Ancelmo Bento Marques da Silva

⁠Só outra vez

Se terei
ou não
pressa
de viver,
não sei,
mas carrego
dentro de mim
um enorme
desejo de ser
só sentimento
outra vez.

Ancelmo Bento Marques da Silva

O poder das palavras

Se puderes
diga somente
o que sente

um coração
que mente
também mente
para si mesmo.⁠

Ancelmo Bento Marques da Silva