Coleção pessoal de AnaScuro

1 - 20 do total de 22 pensamentos na coleção de AnaScuro


ousar-se
nos trilhos
que são possíveis

Ana Scuro
Tags: #liberdade #filosofia

⁠que no meio da correria
um passarinho apareça
trazendo sossego

Ana Scuro
Tags: #literatura #passarinhos

⁠silenciosamente
no deleite de poucas palavras
nos olhares que revelam

Ana Scuro
Tags: #literatura #poemas

⁠entre a podadura
e o broto,
há o tempo.

Ana Scuro
Tags: #poemas #poesia

⁠não é sobre tempo
é sobre presença

Ana Scuro
Tags: #anascuro #poesias

peito humano

⁠um peito humano que
carrega um mundo
de sentimentos
dentro
de si

Ana Scuro

⁠Sobre perfeição:

Se pessoas perfeitas não existem
Por que você espera por elas?

Ana Scuro

⁠rebeldia
de ser real
em território
de semideuses

Ana Scuro

⁠Dança de perfeição

Em dança de perfeição
Nasci sem molejo

Ana Scuro

⁠algoz

anteontem
fraquejou
dentro de si
seu próprio algoz

Ana Scuro
Tags: #poemas #poesias

⁠Na natureza nada é estático
Se você reparar bem
O céu dança sobre nossas cabeças
Em milhões de formas e cores
As arvores e as flores conversam com o vento
Penso que assim é deve ser nossa vida
Sempre transformação e descobrimento
Compreendendo que a graça está na caminhada
E que os dias de chuva são tão necessários quanto os de sol.

Ana Scuro
Tags: #anascuro #poemas

⁠amor pintado de azul
mistura de céu mar e amar

Ana Scuro
Tags: #anascuro #poesia

⁠Como nasce poesia?

poesia nasce no ócio
no olhar e se atentar

Ana Scuro
Tags: #poesia #anascuro

⁠Liberdade de flor

Vive
Lá no fundo do meu ser
Uma flor

Uma flor
Lá no fundo do meu ser
Quer ser livre

Ana Scuro
Tags: #poesias #poemas

A essência da poesia

Está nas rochas

No som que o mar revolto produz

No silêncio falante da natureza

Naquilo que só o coração sensível o suficiente consegue perceber.⁠

Ana Scuro
Tags: #poesia #poemas

⁠saltar o muro
corrida ávida
ao teu encontro

dançar pela cidade
ritmo solto
passos da madrugada

rodopios ao teu encontro
lá está você
seus braços, sua imensidão

rodopios ao meu encontro
aqui estou eu
entregue ao momento, nosso momento

encontro de corpos, almas e gostos
pessoas dormem
a cidade descansa

somente a lua da madrugada
é a testemunha da dança da paixão.

Ana Scuro

⁠⁠no meio
de seus braços
aconchego
de sentir tanto

Ana Scuro

Alma de passarinho só canta quando se sente livre

⁠Fui embora
porque sou passarinho
coração doeu
todavia
meu canto se perderia
se fosse encadeado
ele só é bonito livre...

Ana Scuro

⁠um amor é bom,
mas estar só também
precisa ser agradável.

Ana Scuro

⁠um coração que sonha
é um coração que persevera
encontra no sonho força
para levantar do tropeço

Ana Scuro