Coleção pessoal de alexandracamilo

1 - 20 do total de 44 pensamentos na coleção de alexandracamilo

E quem disse que não viverei para sempre?
Doendo nos corações de quem tem medo...

A Camilo
1 compartilhamento
Tags: amor corações

Eu acredito na humanidade de certas pessoas, na ingenuidade não...

A Camilo

Eu sinto falta do que me faz bem...

A Camilo

Só sei nadar como uma menina
Me perdendo e me encontrando em ondas
Me afogando nos teus beijos
Despertando no azul infinito dos teus olhos
E sentindo o gosto do sal da lágrima da saudade de sentir.

A Camilo
2 compartilhamentos
Tags: despertar lágrima

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Aguinaldo Silva
15 mil compartilhamentos

Quem me rouba um beijo e me tira o batom, pode observar, que sem maquiagem, algumas marcas são disfarçadas com um simples sorriso.

A Camilo

Revelação

Meu ar ficou pesado
Doeu-me o lado esquerdo
Andar demais ficou difícil
O pensamento virado em fardo

Os dias foram semanas
Somente ação libertava
Uma ideia repetida as tantas
Vou dizer ‘isso’ quando ela vier

E se ela vier defenderei!
E se elas vierem defenderei!
Numa guirlanda de flechas defenderei!
E os olhares súplicos defenderei!
E os pedidos múltiplos defenderei!

Se contrário for
Desdém, mentira e ameaça
Defenderei, Defenderei, defenderei!!!

Há um mundo a ganhar
Dizia minha mãe
Estou na metade de minha vida curta
Os planos desfaço, os sonhos refaço
Como eu queria morrer ao teu lado
Que siga...
Eu seguirei..

Augusto César

Vinte e Sete de Outubro

Mais um ano se passa
Longo ano de combate
Logo, logo
Dentro em breve
O homem não será mais criado...
Espero, angustiado [e apaixonado]
O dia de combater a teu lado

Augusto César

Aqueles em que devemos
ter o cuidado de pisar
à soleira da porta

Frágeis corações
quase sempre com a porta aberta
se sente atacado por ladrões
suspiros, delírios e paixões.

A Camilo

Nunca estou no lugar onde me resguardei.
Cama sempre feita, agenda bagunçada.
Quem lê minhas mensagens,
me encontra perdida em sentimentos
Lutando contra a realidade.

A Camilo

O corpo é fervente
amante borbulhante.
Água ardente que embriaga,
engana e mente,
Sempre com coragem de seguir em frente
Já o coração...
Esse é um militante independente,
inocente, carente, cansado, descontente
Sempre com medo de sofrer novamente.

A Camilo

Ternura

Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor
seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentado
Pela graça indizível
dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura
dos que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer
que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas
nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras
dos véus da alma...
É um sossego, uma unção,
um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta,
muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite
encontrem sem fatalidade
o olhar estático da aurora.

Vinicius de Moraes
11 mil compartilhamentos

Não te quero senão porque te quero,
e de querer-te a não querer-te chego,
e de esperar-te quando não te espero,
passa o meu coração do frio ao fogo.

Quero-te só porque a ti te quero.
Odeio-te sem fim e odiando te rogo,
e a medida do meu amor viajante,
é não te ver e amar-te como um cego.

Talvez consumirá a luz de Janeiro,
seu raio cruel meu coração inteiro,
roubando-me a chave do sossego,

Nesta história só eu me morro,
e morrerei de amor porque te quero,
porque te quero amor, a sangue e fogo.

Pablo Neruda
1.5 mil compartilhamentos

É bom sentir o amor bater a porta
Não houve esse que quisesse entrar
Comer meus dissabores
Sentir meus desafetos
Dormir meus pesadelos

O meu amor nem bate a porta
De tão cuidadoso
Entra quieto, calado, ouve, dorme e sonha
Nem faz questão de ficar
Antes do despertar
Cheio de razão, vai, mas diz que vai voltar.

A Camilo
1 compartilhamento

Três paixões, simples mas irresistivelmente fortes, governam minha vida: o desejo imenso de amar, a procura do conhecimento e a insuportável compaixão pelo sofrimento da humanidade.

Bertrand Russell
426 compartilhamentos

Desejo

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim
Mas se for, saiba ser sem se desesperar
Desejo também que tenha amigos
Que mesmo maus e inconseqüentes
Sejam corajosos e fiéis
E que pelo menos em um deles
Você possa confiar sem duvidar

E porque a vida é assim
Desejo ainda que você tenha inimigos
Nem muitos, nem poucos
Mas na medida exata para que
Algumas vezes você se interpele
A respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles
Haja pelo menos um que seja justo

Desejo depois, que você seja útil
Mas não insubstituível
E que nos maus momentos
Quando não restar mais nada
Essa utilidade seja suficiente
Para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante
Não com os que erram pouco
Porque isso é fácil
Mas com os que erram muito e irremediavelmente
E que fazendo bom uso dessa tolerância
Você sirva de exemplo aos outros

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais
E que sendo maduro
Não insista em rejuvenescer
E que sendo velho
Não se dedique ao desespero
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor

Desejo, por sinal, que você seja triste
Não o ano todo, mas apenas um dia
Mas que nesse dia
Descubra que o riso diário é bom
O riso habitual é insosso
E o riso constante é insano.

Desejo que você descubra
Com o máximo de urgência
Acima e a respeito de tudo
Que existem oprimidos, injustiçados e infelizes
E que estão bem à sua volta
Desejo ainda
Que você afague um gato, alimente um cuco
E ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque assim, você se sentirá bem por nada

Desejo também
Que você plante uma semente, por menor que seja
E acompanhe o seu crescimento
Para que você saiba
De quantas muitas vidas é feita uma árvore

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro
Porque é preciso ser prático
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele na sua frente e diga:
"Isso é meu"
Só para que fique bem claro
Quem é o dono de quem

Desejo também
Que nenhum de seus afetos morra
Por eles e por você
Mas que se morrer
Você possa chorar sem se lamentar
E sofrer sem se culpar

Desejo por fim
Que você sendo homem, tenha uma boa mulher
E que sendo mulher, tenha um bom homem
Que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes
E quando estiverem exaustos e sorridentes
Ainda haja amor pra recomeçar

E se tudo isso acontecer
Não tenho mais nada a lhe desejar

Sergio Jockymann
1.8 mil compartilhamentos
Tags: Victor Hugo

Ao Amor Antigo

O amor antigo vive de si mesmo,
não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige nem pede. Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
a antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
e resplandece no seu canto obscuro,
tanto mais velho quanto mais amor.

Carlos Drummond de Andrade
2.8 mil compartilhamentos

Procure os seus caminhos,
mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado,
comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Silvana Duboc
866 compartilhamentos

AS INDAGAÇÕES

A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas.

Mario Quintana
2.5 mil compartilhamentos

Ser livre é não ser escravo das culpas do passado nem das preocupações do amanhã. Ser livre é ter tempo para as coisas que se ama. É abraçar, se entregar, sonhar, recomeçar tudo de novo. É desenvolver a arte de pensar e proteger a emoção. Mas, acima de tudo, ser livre é ter um caso de amor com a própria existencia e desvendar seus mistérios.

Augusto Cury
2.2 mil compartilhamentos