Coleção pessoal de agenciadk

1 - 20 do total de 44 pensamentos na coleção de agenciadk

⁠O tinhoso não vazou do céu por sua identidade de gênero ou por sua sexualidade, vazou por querer o que não lhe cabia.
Julgar os outros não cabe a nós, o trono de juiz é de Deus e não nosso.
Se eu tiver que ir para o inferno com esse pensamento, vou. Mas, duvido que o amor me leve para lá.

Vida Erin Zurich

⁠Minha mãe me questionou outro dia referente a minha opinião sobre homossexualidade, perguntou isso porque sou cristã.
Imediatamente me veio em mente aquela palavra de Deus onde ele diz para Pedro cuidar da vida dele, pois se fosse da vontade do Cristo, João ficaria vivo até que Ele voltasse (segunda vinda).
Minha resposta para minha mãe foi: porque vou militar CONTRA se posso escolher amar ACIMA de qualquer coisa?
O tinhoso não vazou do céu por sua identidade de gênero ou por sua sexualidade, vazou por querer o que não lhe cabia.
Julgar os outros não cabe a nós, o trono de juiz é de Deus e não nosso.
Se eu tiver que ir para o inferno com esse pensamento, vou. Mas, duvido que o amor me leve para lá.

Vida Erin Zurich

⁠Um retrato dolorido do isolamento
Vi meus vizinhos aos poucos irem perdendo o brilho nos olhos por não poderem conviver com o próprio neto. Vi o neto deles, que mora na casa da frente, chorar por não poder abraçar os avós.
Vi minha vizinha, a mãe do bebê sofrer por ter que inventar mil desculpas para o filho não entrar na casa dos avós.
- Bê, o vovô perdeu a chave do portão, não tem como entrar, meu filho.
Eu olhei dentro dos olhos da avó deles e vi a dor de não poder abraçar o neto, a tristeza de estar isolada e o medo de não saber quando poderiam novamente estarem juntos.
Tenho visto cenas como essas diariamente e meu coração é revolto de um amor impensável que me faz querer estar perto deles para aliviar um pouco esse sofrimento que o isolamento vem lhes causando.
Minha mãe, para ajudar, se oferece para dar uma voltinha com o menininho na rua (que é sem saída e 100% segura).
Quando somos obrigadas a sair para comprar algo que está faltando, questionamos sempre se eles precisam de algo.
É o mínimo que se pode fazer como pessoa, de pessoa para pessoa.
Não é um favor, é uma obrigação como ser humano, porque se não pudermos tirar algo bom dessa crise, o que estaríamos aprendendo, então?
Meu desejo? É que possamos logo sair dessa e que tudo seja MELHOR que antes.
Não quero nunca mais ver um garoto de 3 anos tentando entrar no quintal dos avós para abraça-los e ser impedido por algo que ele ainda nem entende.
Não quero nunca mais ver uma mãe ter que inventar mil desculpas ao filho na tentativa de proteger sua família, seus pais.
Não quero nunca mais ver um casal de senhores chorarem por não poderem abraçar o próprio neto.
Não é justo, por isso, vamos ficar em casa o máximo que conseguirmos, até essa crise passar, para que os Bernardos desse mundo possam abraçar seus avós.
Texto de Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich
Tags: motivacional quarentena

⁠O tempo para dizer 
"TE AMO" sempre é imediatamente.
Não é necessário esperar faltar para dar valor.

Vida Erin Zurich
Tags: frase motivacional

⁠Quando entendemos que não precisa esperar a segunda-feira para começar a dieta, nem a sexta-feira para sair com os amigos. Não é necessário esperar o Natal para presentear, a páscoa para comer chocolate ou a sexta-feira santa para comer peixe. Quando entendemos que existe mais valor no AGORA do que no TALVEZ, então, entendemos que não cabemos em uma caixa que a sociedade criou para nos rotular. Por isso, tenho árvore de natal montada desde abril, como chocolate quando dá vontade, comecei dieta na quarta, parei na quinta, recomecei na terça. A reunião com os amigos pode ser em uma ligação por vídeo de horas,  e o tempo para dizer te amo sempre é imediatamente.
Não é necessário esperar faltar para dar valor.

Vida Erin Zurich

⁠Ela tinha medo de errar, e por essa razão, errou muito. Errou mais do que deveria, mais do que poderia. Errou mais do que qualquer outra mãe erraria, errou por não ter recebido nenhum manual de instrução de como lidar comigo.

Vida Erin Zurich
Tags: motivacional vida

⁠Desde o momento em que cheguei na vida dela, perdi as contas de quantas vezes ela me montou e desmontou em laços de amor, deixei de contar as tristezas e planejar meu futuro pelo dia de hoje. Ela trouxe a bagunça que só uma mãe que não gerou no útero pode trazer.

Vida Erin Zurich
Tags: motivacional vida

⁠Cortei laços com minha família de “fábrica” pois precisava crescer, sair do ciclo.

Vida Erin Zurich

⁠Não se deixe levar pela péssima qualidade da foto, o que vale é a imagem e o sentimento envolvido nesse momento. Era um daqueles dias que tudo o que você mais quer é deitar na cama e descansar. Estávamos em meio ao furacão de um propósito de 28 dias cumprindo tarefas que fizessem de nós pessoas melhores.
Minha mãe era uma mulher como qualquer outra: tinha uma rotina, morava em um apartamento próprio quase na área rural de Porto Alegre, tinha meia dúzia de amigos e mais sonhos do que ela mesma poderia contar. Tinha também um cachorro feio e um emprego ruim. Está bem, a parte do cachorro feio podemos ignorar, para os olhos dela, ele era bonito (bem, eu também sou, aos olhos dela, então, ela não tem altos padrões de beleza).
Eu, se quer tinha uma vida. Não gostava de sonhar e nem imaginava que o amor ia além daquilo que eu já vivia. Meu coração não andava nada bem e eu havia perdido muito na vida, apesar de pouquíssima idade.
Cortei laços com minha família “fábrica” pois precisava crescer, sair do ciclo.
Em um dia como qualquer outro, Deus olhou para minha vida com a mesma misericórdia com que olhou para a vida da minha mãe e decidiu nos unir.
Desde o momento em que cheguei na vida dela, perdi as contas de quantas vezes ela me montou e desmontou em laços de amor, deixei de contar as tristezas e planejar meu futuro pelo dia de hoje. Ela trouxe a bagunça que só uma mãe que não gerou no útero pode trazer.
Ela tinha medo de errar, e por essa razão, errou muito. Errou mais do que deveria, mais do que poderia. Errou mais do que qualquer outra mãe erraria, errou por não ter recebido nenhum manual de instrução de como lidar comigo.
De tanto errar, começou a acertar. Acertou em todos os abraços, mimos, cheiros, beijos, zelos e cuidados. Me deu além do que eu merecia, além do que eu precisava e não me deixou crescer. Ainda não me deixa. Ela me quer por perto, tenho a impressão de que, de tão perto que ela me quer, provavelmente, se ela pudesse, me colocaria dentro dela. Me engoliria só para que eu estivesse tão perto dela que seríamos uma única pessoa.
Eu, errei pela idade, errei por temer, errei por conta dos outros, errei por culpa-la e errei por exigir demais. Errei em cada noite que não lhe dei um beijo antes de dormir, errei nas orações em que pedia a Deus para que ela fosse uma boa mãe para mim. Eu deveria era ter pedido para ser uma boa filha.
Até que, após vários anos, atravessando nossos vales mais extensos, decidimos acertar.
Oramos, choramos, passamos fome, contamos moedas para pagar a conta de energia, vendemos nossas coisas e mudamos de estado. Sem grana. Tomamos banho direto do cano pois não tínhamos chuveiro, dormimos no chão e quando tínhamos grana, decidimos não investir em nada, deixamos de comprar até mesmo um prato para comer. Ao invés disso, compramos umas passagens de avião e fomos para a Argentina. Trabalhamos, sorrimos, brincamos, fizemos amizades, erramos. Passeamos muito e comemos mais ainda.
Trabalhamos freneticamente, juntamos muita grana e construímos um sonho maior do que todos os sonhos. LIBERDADE.
Juntamos muita grana e jogamos fora. Recolhemos tudo, dissemos adeus e partimos. Outra vez. Acertamos, dessa vez.
Mudamos de país, adotamos uma gatinha rançosa e bipolar, compramos um carro mais velho que sobrevivente do Titanic e mais enferrujado que prego contaminado com tétano. Aprendi a dirigir.
Construímos uma casa dentro de um carro, moramos nela. Odiamos!
Viajamos por muitos lugares, comemos coisas diferentes. Coisas ruins e conversamos com gente boa. Boa demais. Fizemos família ao redor de muitos lugares.
Perdemos, ganhamos. Ficamos enlutadas, ficamos longe. Mas, o coração é como um imã com polaridades opostas, sou atraída pela energia gostosa que minha mãe tem, e ela pela minha.
Reconstruímos pontes, vivemos em família. Fomos família.
Reconstruímos, gastamos dinheiro, jogamos ele fora. Criamos laços, rompemos laços. Aprendemos coisas novas, bebemos até cair. Caímos de tanto beber. Compramos uma cachorra.
Mobiliamos a casa, pintamos tudo, equipamos e desfizemos tudo. Nos isolamos, crescemos, nos desafiamos.
Reconstruímos.

Vida Erin Zurich

⁠Pedro andou com Jesus por 3 anos. Caminhou com o próprio Cristo e NÃO teve seu coração completamente convertido. Jesus não o converteu por força ou violência, mas O constrangeu em amor e perdão, quando este O negou.
Então, porque será que nós tentamos sufocar as pessoas que estão ao nosso redor, tentando obrigá-las a viver de acordo com a caminhada Cristã?
Quem convence do Pecado, da Justiça e do Juízo é o Espirito Santo, nossa função é apenas ser o testemunho dEle.
- Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich

⁠Para o corpo físico, a comida.
Para a alma, sentimentos.
Para o Espírito, Deus.
Existe um tipo de alimento para cada parte do nosso ser.

Vida Erin Zurich

⁠Me custava muito entender a beleza do nome de Jesus. Todas as vezes que eu escutava quando alguém falava: "Que nome lindo!", me fazia falta a explicação disso, no entanto, acabava por nunca questionar, talvez porque é algo tão dito que me vi ignorante no saber em algo que parecia tão comum e que por obrigação, eu deveria entender.
Por fim, tenho minha própria interpretação disso:
- Sabe quando você é conhecido por seu nome ou sobrenome? Especialmente os mais antigos, quando perguntam se você é o fulano, filho do ciclano, neto do beltrano?
Você chega em algum lugar e se apresenta, e então, quando fala seu nome, automaticamente as pessoas te associam a honra (ou desonra) de seu nome. Remete á herança e honra.
Nunca foi tão claro para mim a beleza do nome de Jesus, ser reconhecida por SER e PERTENCER a Ele diz respeito de toda a honra que Ele nos deixou para sempre.
Carregar essa herança de honra comigo é muito mais que lindo, é MAGNÍFICO.
Oh! Quão lindo esse nome foi, É e sempre será.
- Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich

⁠Descobri que nada mais importa.
Sabe aquela insônia que nos acompanha nas madrugadas e que insiste em permanecer ai por vários anos? E aquela tristeza sem motivos aparentes? as vezes, aquela insatisfação que te motiva e ao mesmo tempo de enterra?
Quando tudo parece bem e lá no fundo, no fundo da alma, nada está bem.
Até dá vontade de levantar do sofá, mas o sonho parece tão distante para nós que nem compensa tentar lutar, já que aparentemente é impossível.
Diante de tudo isso que eu vivi, que tantas pessoas vivem, eu li: "Busca a Deus e o resto tudo vem sozinho".
Fiz o teste! Realmente, passei a buscar a Deus e senti que todos os meus sonhos que gerei por anos, estão agora diante de mim.
E já nem os quero mais, porque quando sonhava tudo aquilo, eu não era a mesma pessoa que sou hoje.
Nada mais importa, agora, eu só quero a fonte de águas vivas.

Vida Erin Zurich

⁠Você não encontra motivos para sorrir. Olha ao seu redor e tudo parece tranquilo, você chega a se sentir ingrato por não conseguir estar feliz.
Você tem comida à sua mesa, tem um teto sobre sua cabeça, sem saúde física de sobra, sua família está completa, mas NADA DISSO BASTA e só o que você consegue sentir é que te falta algo.
Todas as noites, quando é só você e o travesseiro, as lágrimas lavam seu rosto, escorrem tanto que chega a arder seus olhos.
De dia, você até anda para frente, mas dentro do seu coração, parece que você está imóvel, parado, inerte.
Tem um buraco em sua alma e você nem ao menos sabe a razão disso tudo, você só sabe que nada fica 100% bom.
E se eu te falar que eu sei o que você está sentindo? E se eu te falar que eu também me senti assim?
Meus sonhos pareciam tão distantes de mim que se tornaram impossíveis de realizar, então, eu nem tentava mais.
Nenhuma porta parecia querer abrir, nenhum caminho parecia ser para mim, ninguém parecia querer me ajudar.
Eu estava bem demais para estar com depressão e triste demais para estar bem. Fiquei ali, submetida a toda essa dor por meses, até que entendi que o que buraco só poderia ser preenchido de uma maneira: com Deus!
E para aceitar isso? Que luta!
Mas eu não tinha nada a perder, aliás, podia ganhar tanto.
Entrei no meu quarto e sem que ninguém soubesse, me ajoelhei e disse: estou aqui, Deus, e não tenho nada para te falar, só quero te ouvir.
Fiquei quase 1h parada ali, quando levantei, senti saudades daquele sentimento de saciedade que até agora não sei explicar.
Esse encontro de 1h com ele, no meu quarto, tem se repetido e Deus nunca faltou, sabe como sei?
Porque quando estou no meu dia a dia, sinto saudades de estar no meu quarto, só para sentir Ele comigo.
Como disse: eu não tinha nada a perder.
- Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich

⁠Outro dia eu li o título de um vídeo que dizia: "7 tipos de pessoas que Deus não responde."
Jesus respondia até aos hipócritas, Deus vinha na nuvem para respondeu ao seu povo.
Em todas as dispensações bíblicas, Deus respondeu ao seu povo, só tem um tipo de pessoa que Ele não responde: aquele que não O chama.
Lembrando que responder não significa submetê-lo a nossa vontade e sim submeter-nos á SUA vontade.

Vida Erin Zurich

⁠Tem Deus mais amoroso do que o Deus que me amou antes de eu O amá-lo? Vê se não vale a pena amar alguém que te ama tanto!

Vida Erin Zurich

⁠Davi disse que não existe lugar em que possamos nos esconder de Deus (Salmo 139), isso quer dizer que NÃO importa em qual poço você esteja, mesmo ali Ele está.
Quando eu não queria nada com Deus, me questionava se em meio ao meu pecado, Ele permanecia me amando. Eu já conhecia o Salmo 139 quando tinha esse questionamento acerca da incondicionalidade do amor de Deus, no entanto, o saber não me fazia entender. Hoje aprendi de fato o que são as escamas nos olhos...
Ainda bem que o amor dEle não depende de quem sou e sim do que Ele é. 
- Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich

⁠A queda não serve apenas para que possamos confiar nEle, mas também serve para nos mostrar que Ele confia em nós.

Vida Erin Zurich

⁠Há valor na queda, assim como há valor no voo.

Vida Erin Zurich

⁠Somos cristãs e isso não anula o respeito que tenho por qualquer ser humano

Vida Erin Zurich