Wendy

Encontrados 8 pensamentos de Wendy

Não consigo (mas quando vou conseguir?)
uma força estranha me puxa e me faz ser assim (assim)
me puxa pra baixo (sempre)
esperanças se perdem com o tempo
quero chorar (mas não encontro nenhuma lágrima)
eu quero parar e apenas sentir o momento,
o nada me atrai por sua simplicidade,
eu me encontro aqui (e isso dói)
você pode ver meus olhos gritando?
você pode escultar isso?
você suportaria?(eu acho que não)
dentro da malícia existe um pureza,
há em mim um coração que bate,
e a cada batimento, ele perde um pedaço
um dia ele não mais existirá...
e ninguém pode ver isso,
eu estou fora desse jogo,
eu estou condenada a ser o que tanto escondo
ninguém vai gostar de mim (mas e dai?)
você me ensinou a ser assim (você)
felicidade é algo que se esconde de mim,
e eu nem sei se quero continuar procurando...

Wendy

A noite chega como um tormento,
e quando olho em volta, sua ausência me traz a dor.
a dor que desaparece quando encontro seu olhar.
enquanto isso, vejo os minutos passarem lentamente
e te procuro em meus sonhos,
mas meu amor, onde estas quando fico a te esperar?
será que também pensa em mim?
peço a uma estrela a paz que encontro ao seu lado,
me faça feliz.
quando tento te esquecer, é quando volto a te encontrar.
me faça feliz.
as mais doces palavras minhas, são pra você,
e mesmo que nada seja certo,
ao seu lado eu me sinto no topo do mundo...

Wendy

O que sou,não sei,
quem sou,se perdeu,
escuto coisas ao meu redor,
no meio do caminho,eu paro,
olho pra trás procurando o que restou de mim,
vozes ecoam a cada instante,
perguntas,perguntas,perguntas,
eu sou o que me fazem ser?
ou serei o ser mais bizarro que tento esconder?
eu vago em busca de minhas respostas,
a noite chega tão rápido (a escuridão invade meu ser),
os dias passam lentamente (e eu nem percebo),
o ego tenta me dominar mais e mais,
eu me perco em mim mesma,
no meio do caminho, a sombra do passado
encontro a busca do presente,
talvez eu nem esteja viva agora...

Wendy
Inserida por wendylazzy

as vezes nem sei o que dizer,
não sei oque pensar,
como se tudo parasse a cada momento,
minha alma se fragmenta na obscuridão de um desejo perdido,
me sinto no meio de um talvez,
e talvez tudo fosse diferente,
e talvez eu nem estivesse aqui,
a cada suspiro nem sei se voltarei a viver,
como se o tormento me tomasse por inteira,
e aquela face me surpreendesse a cada momento que perco meus sentidos,
viver parece não ter nenhum sentido,
e a sobrevivência é apenas uma necessidade,
e talvez eu nem queira estar aqui ...

Wendy
Inserida por wendylazzy

talvez eu seja mais uma pessoa que você poderá observar distraidamente enquanto passa. sou apenas uma incógnita. com meus olhos indecifráveis eu agora contemplo a beleza do mundo de uma criança. com toda essa inocência eu finalmente consegui tocar o céu nas asas de um anjo. parabenizo aos que despertaram em mim um sorriso sincero, a eles sou eternamente grata. sou simplesmente o brilho dos olhos de quem eu amo.

Wendy
Inserida por wendylazzy

Liberdade, liberdade,
quem sou eu para falar de ti ?
mesmo com espinhos em minha mãe...
eu me atrevo a escrever,
meu sangue misturado a tinta...
escorre sem ser percebido,
ainda estás em mim, em meus sonhos ocultos...
assim como o dia de nossa doce entrega,
crianças se abraçaram de olhos fechados...
e tocaram o mais íntimo do céu,
mas quem duvidaria de nossa inocência ?
vejo caminhos solitários a frente...caminhos...
sem pressa,
passo após passo...
fecho os olhos,
aí está você.

Wendy
Inserida por wendylazzy

Criança, ó criança minha,
não chore com essa partida,
não se esconda...
sei que tu só queria um lar,
mas está tão frio lá fora...
talvez você não encontre abrigo algum nessa escuridão,
só lhe peço que não chore...
a porta...ela foi trancada por fora,
não há luz, nem oxigênio aqui,
rezarei por ti, ó criança minha...
escute a melodia quem vem lá de fora...
e apenas durma, durma em paz...

Wendy
Inserida por wendylazzy

Renascer

Da cor escarlate tão minha conhecida,
vejo renascer a luz já então esquecida;
tocando sem temor a chaga que entorpecia meus sentidos,
corroeu minha dor, cicatrizando-a simplesmente...
renascer, sinto-me renascer...
minhas mãos receiosas em tocar-te,
acabam por se renderem a tua inocência;
são mãos infantis, tão curiosas...livres de malícia,
acabam por me levar para o mais próximo de ti,
sinto-me acalentar...
já não sei se consigo te soltar,
a ti pertence meu amanhecer,
chego a esquecer o escarmento dos olhos desse mundo,
a ti me entrego.

Wendy