Warley Tomáz

76 - 100 do total de 183 pensamentos de Warley Tomáz

Se a mente vier a se tornar escura e confusa como a noite sem luar. Confie que na alma está a luz necessária para tudo clarear.

Warley Tomáz

De grão em grão a formiga abre espaço.

Warley Tomáz

Poema da Roça

Da roça pacata
se ouve a cantata
do grilo, do galo,
do gado e das aves.

Na roça antiga
surgiu a cantiga
da parentada crescida
no cabo da enxada.

De uma casa na roça
de barro batida
e buraco de fossa
se via cera de estrume
e lamparina como lume.

Da roça vieram minha origem
muito trabalho, suor e amor
viola caipira e mata virgem
da grande família de meu avô.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Dia de Chuva

A chuva branda continua a cair,
vejo pela janela do quarto.
Ao som de baladas antigas
escrevo, digo, pelejo
alguns versos.
Dias chuvosos, cinzentos
feito minha mente.
Acinzentada de dúvidas,
tormentas existenciais.
Nada parece fazer muito sentido
nestes caminhos da vida;
até me perco, por vezes, na estrada.
Nessa chuva me resta mesmo
ouvir canções antigas.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

A vida é incrível. Ainda que alguns acabam por desencontrar a si mesmos. E viver se torna um tédio.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Francamente, não tenho muitos amigos. Faltam-lhes daquela cumplicidade de um confidente tão necessária.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Retrospectiva

A retrospectiva de um ano inteiro,
parte de uma vida fria.
De oportunidades perdidas
e enterradas agora no passado.
Quanto diria que cresci...
não sei dizê-lo.
Mas numa grande distração
se resume estes dias de agonia.
Um corpo vagando na névoa;
sozinho, sem rumo e perspectivas.
Agonizante como quem alucina
a morte lenta; até que venha
carregar-me nos braços
a razão do coração.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Eis o início de um novo tempo.
O tempo de um novo início para mim.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Um Novo Tempo

Eis o início de um novo tempo.
O tempo de um novo início para mim.
As tristezas passaram e,
o clarão da aurora aos poucos se revela
no véu da noite que me refugiava.
Breve, hei de alçar voo
sobre o verde das montanhas
e um sorriso brotará em meus lábios
porque sei, estarei banhado de luz.
Um ser abrasado do Sol.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Não diga as pessoas que vou embora; não quero despedidas. Eu vou simplesmente.

Warley Tomáz

A virtude da pureza percebe-se visivelmente naqueles de coração casto, sem vaidades.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Se há políticos corruptos é porque estes, enquanto cidadãos também são corruptos. A sociedade é fruto do que cultiva.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Todo gesto de amor, por menor que seja, é repleto da graça de Deus.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Senhor, que eu não seja motivo de pecado para meus irmãos. Antes, desejo ser para eles reflexo do Seu amor.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Quanto mais nos aprofundamos no amor, tanto mais nos assemelha a alma à Cristo.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Fechai Senhor meus lábios e minha boca não prejudicará meus irmãos.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

O Outro Bicho

Sem destino certo, caminhava pelas ruas como um cão farejando alimento. Eu estava faminto.
Se batia à porta das pessoas, a hostilidade das donas e seus maridos causava-me medo. Minha presença provocava-lhes repugnância.
Sequer podia transitar nas calçadas frente a restaurantes sem ser vigiado ou humilhado por seguranças. Mendigos prejudicam a reputação do comércio, diziam.
Minha esperança era revirar o lixo nas lixeiras de restaurantes e, quando encontrava algo comestível, lançava-o goela abaixo sem me importar com o cheiro e o gosto desagradável.
Aquela manhã tornei-me objeto de curiosidade de um garoto, provavelmente em seus seis anos de idade. Enquanto investigava o lixo de um restaurante ao lado da escola, pelo pátio, um menino olhava-me fixamente. Estava atônito pelo espanto de perceber um homem sujo e tão magro se misturando ao lixo e dele comendo voraz.
O garoto não dizia palavra alguma. Apenas encarava-me com seus olhos insistentes que, por um momento pareceu-me gritar: “não coma isso. É lixo!” Senti-me envergonhado.
O sinal da escola tocou anunciando o término do recreio.
Lacrimaram meus olhos em ver aquele menino, meu Deus, livre de qualquer preconceito, na inocência de sua vida, com as mãozinhas trêmulas me oferecer da sua lancheira para comer.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf
1 compartilhamento

Uma Noite na Roça

Contemplando o crepúsculo
que precede as noites na roça,
ao longe, no vasto horizonte
de pasto;
entre grilos e sapos
regendo a canção natural
da maestra natureza.
Uma bica d'água
verte os sons
de suas notas correntes,
límpidas e cristalinas.
E vejo a estrada de chão
quase ofuscada pela noite nascente
na orquestra da noite na roça.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Pleonasmo

- Menino, entra pra dentro agora! Gritou minha mãe dona-do-lar.
Mal entro em casa e a redundância continua:
- Mozin, vô subir lá em cima, quando a janta tiver pronta, cê me chama; palavras do pai.
E nesse ciclo vicioso, só me resta parar inerte a rir meu riso.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

A amizade, íntimo amor que se regozija com a presença, se solidifica com o carinho e no olhar, a liberdade de amar.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Algumas amizades transcedem o tempo. E tesouro algum pode comprá-las.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Setembro

Os fins de setembro em ares de chuva
do Sol a brandura às nuvens escuras,
de um frio noturno um tempo murmura
do aconchego, abraço e ternura.

A canção que me pede trilha sonora
dilata a agonia dos dias afins.
E recuo ao leito, amigo do pranto
silêncio, presença, abrigo-manto.

Setembro de flores primaveris,
dos amores, setembro dos esmorecidos.
Dias curtos, pesadelos vis.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Podem calar a minha voz, porém, não silenciarão minhas palavras.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

Ao abrir os olhos pela manhã, a vida retomará sua luz, pois, o pesadelo que envolveu-me dissipara no ensejo do tempo.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf

A pintura é a arte visionária da expressividade humana em suas angústias e anseios externamente pincelados.

Warley Tomáz
Inserida por warleywaf