Voltaire

126 - 150 do total de 282 pensamentos de Voltaire

O desespero ganha muitas vezes batalhas.

Não é a nossa condição, mas a índole da nossa alma que nos torna felizes.

Se Deus nos criou à sua imagem, vingámo-nos definitivamente.

Só os operários sabem o preço do tempo; e fazem-se pagar por ele.

Não existem grandes conquistadores que não sejam grandes políticos. Um conquistador é um homem cuja cabeça se serve, com feliz habilidade, do braço de outrem.

Os preconceitos, meu amigo, são os reis do vulgo.

Quem serve bem o seu país não precisa de antepassados.

Paixão é uma infinidade de ilusões que serve de analgésico para a alma. As paixões são como ventanias que enfunam as velas dos navios, fazendo-os navegar; outras vezes podem fazê-los naufragar, mas se não fossem elas, não haveriam viagens nem aventuras nem novas descobertas.

Os bons autores não têm espírito além do necessário, não o buscam jamais, pensam com bom senso e exprimem-se com clareza.

O orgulho dos pequenos consiste em falar sempre de si próprios; o dos grandes em nunca falar de si.

Um dia tudo será excelente, eis a nossa esperança; hoje tudo corre pelo melhor, eis a nossa ilusão.

Meus amigos, uma falsa ciência gera ateus, mas a verdadeira ciência leva os homens a se curvar diante da divindade...

Voltaire , Dialogues entre A, B, C, 1768

Os maus são sempre infelizes: servem para pôr à prova um reduzido número de justos espalhados sobre a terra e não há mal do qual não resulte um bem.

Se o homem fosse perfeito, seria Deus.

A voz de Deus nos diz constantemente: uma falsa ciência faz um homem ateu, mas uma verdadeira ciência leva o homem a Deus.

Somos todos malucos. Quem não quer ver malucos, deve quebrar os espelhos.

Meu ofício é dizer o que penso.

A ilusão é o primeiro de todos os prazeres.

Quem revela o segredo dos outros passa por traidor; quem revela o próprio segredo passa por imbecil.

As paixões são como as ventanias que incham as velas do navio. Algumas vezes o afundam, mas sem elas não se pode navegar.

A primeira lei da natureza é a tolerância – já que temos uma porção de erros e fraquezas.

Um momento de felicidade vale mais do que mil anos de celebridade.

Só os trabalhadores é que sabem qual é o preço do tempo; sempre dele se fazem pagar.

Todos os caminhos vão ao mesmo lugar! Mas escolha o seu, e vá até o final, não tente percorrer todos os caminhos.

Os animais têm muitas vantagens sobre os homens: não precisam de teólogos para instruí-los, seus funerais saem de graça e ninguém briga por seus testamentos.