Robert Miranda

Encontrado 1 pensamentos de Robert Miranda

Se eu falar que estou apaixonado
O que pensarão de mim?
Que sou um bobo,buscando a felicidade?
Que sou um ingênuo, acreditando em algo que não é real?
Ou dirão que eu sou humano?
Pois não somos nós que somos capazes de nos apaixonarmos? Não!
A paixão está presente em tudo,
Seja no nascer do sol,que espera 24 horas pra encontrar a sua amada lua,
Seja nos animais,quando o macho não consegue se separar mais da fêmea, como um lobo protegendo sua alcateia,ou um tigre protegendo seu bando.

O que dirás aos homens quando lhes perguntarem sobre o amor?
Dirá que é um mito como as historias infantis?
Dirá que é uma criação fictícia?
Ou dirá a eles que o amor é inexplicável?

Não somos nós que os sentimos?
Entao como somos capazes de explicar o inexplicável?
A mente do homem, se expande cada vez mais,com o conhecimento,
Mas para conhecer o amor,não é necessário senti-lo primeiro?....
Sentir aquele sabor descendo seco pela garganta.
Aquele coração pulsante,palpitando como uma música, batendo e batendo,em milésimos..

Se os homens virem ate você
Em verdade vós dirá
Que o amor nenhum homem
Jamais pode explicar
Que nenhum homem pode escapar
Que nenhum homem dele fugirá.

Não temas ser de pouca força
O amor é oque molda o homem
E a arte que confude a nossa visão
A musica que deixa nossos ouvidos
Sem ouvir o resto do mundo
São a filosofia e a razão pela qual
Todos nós ainda procuramos viver

Não precisamos cada um
De um pouquinho de amor?
Olha bem pra mim..
Olhe bem como uma coisa leva a outra
Você não percebeu?
Eu estava falando de paixão,
E comecei a usar a palavra amor..?
"Por que?" você me dirás
E eu lhe direi
Porque o amor
E o que leva as ondas ao mar
E o que leva os passarinhos a cantar
E o que leva o poeta a escrever
O amor te fez nascer
E o amor te faz renascer
No amor não existe morte
Porque viveremos eternamente, no coração de quem um dia nos amou.

Se quer amar e ser amado
Não se prenda ao passado
Pois da paixao
Da amizade
Da inimizade
Até do ódio
Qualquer caminho
Pode te levar ao amor.

Não sei o que há comigo
Pois quando escrevi isso,
Eu ja estava apaixonado
Pela mulher mais bela
A poesia que se forma nela
O canto aquarela
Que ela me faz ouvir
Visao distorcida
Alma vivida
Venha até mim, e me faz ser feliz.

Tu és a poesia da qual
Escrevo e descrevo a cada dia
Tu és o ar que respiro
A paz,em meio ao conflito
A rosa em meio ao espinho
Tu és a minha vida.

Amar, amar,e ser amado
Eis a questão do amargurado
Que pensa que sabe,
O que é amar

Se apaixonar,se apaixonar
E ser apaixonado
Eis a questão do iludido
Que pensa que todo amor,
É um imenso conflito
Mas sem amor,guerra em sua mente terá.

Só digo tudo,e ao mesmo tempo nada
Estou confuso ela é a minha amada?
Mas e claro que sim!
Pois foi com ela que aprendi
Foi com ela que senti
E foi ela que perdi
Mas no final eu continuei,amando-a.

Sou um escritor des escrevendo
Tudo que já explicaram sobre amar.

Pois em verdade vos direi
Escrevendo eu, que ja amei
Que o amor pra explicar? Ninguém
Mas pra sentir? Alguém
Então venha amar? Você também.

Eu um escritor apaixonado
Escrevo isso em verdade
Para amar,não tem gênero,
Etnia ou idade
Basta ter caráter
E compreender o real significado
De amar.

Tu me amas? Eu te amo
Você que está lendo pensou em alguem?
Corra atrás!
O amor e loucura, o amor e se arriscar!
O amor e sonhar e realizar.
Não pensou em ninguém?
Pois fique tranquila
O sol nasce para todos
E a sua hora vai chegar
E só você ter a paciência de esperar
Como para todos o sol também,
Vai nascer,você vai entender o que e amar
Se ja ama não perca tempo
Se arrisque mesmo que seja um não
Voce tentou,e foi ai,que quando mesmo
Você receber um não estiver de cabeça erguida
Você terá aprendido, a se amar.

Pois saiba que para amar
So depende de você querer sentir
Se permita sentir,e você
Não se arrependerá.

Continue andando de cabeça erguida
Se trata de amar não de viver em uma ilusão e para compreender o real significado de amar,ser amado,e viver do amor
Basta seguir a você
Sua vida
E seu coração
Agora vá e viva!
Pois o amor é para todos
Mas nem todos,são para o amor.

O amor não se explica
Se sente.
Va amar,va buscar o amor
E uma aventura,sem começo,
E sem fim,pois que ama
E busca o amor
Para todo fim
É um novo começo.

E o que esse escritor
Antes que essa poesia ei de morrer,
É que eu te amo
Como vós me amou após se encantar
Por minhas palavras.

E mais uma vez pra terminar
Não releia isso, agora va praticar
Pois todos nos nascemos
Pra amarmos e sermos amados
Entao vá meu caro leitor
Em meu ultimo fôlego de vida
Em verdade eu te digo
Você meu amigo
Vai viver
Vá amar
O que eu já sinto por você que está lendo
Minhas palavras, e o que você já sente por elas,
Isto também
É amor
Vá e vá e mais uma vez em meu ultimo fôlego lhe peço e suplico
O último pedido deste escritor,
Vá e ame
Vá amar.

Robert Miranda
Inserida por RobertValentine
1 compartilhamento