Raissa Craveiro

Encontrados 5 pensamentos de Raissa Craveiro

Decepção.

Cansada desse mundo de mentiras, as pessoas se fazem de amigas mais no fundo na hora de mostrar que são mesmo são as que mais te decepcionam, às vezes chegamos a acreditar nas palavras e achar que por serem ditas pelas pessoas que se dizem amigos, amigos que muitas vezes não passam de ‘falsos amigos’; tem um imenso valor, depois de brigas, momentos ruins, descobrimos que no fundo, essas palavras eram só mentiras, as pessoas, eram apenas pessoas sem o mínimo escrúpulo que tentam ter caráter mais isso a gente não compra e nem tenta ter a gente cria e é desse caráter que somos feitos, uns tem bom caráter e outros um caráter ruim, não estou aqui pra julgar ninguém, apenas para mostrar a minha total decepção com as pessoas, com esse povo, com esse mundo! Essas pessoas são leões que escondem as suas garras e quando as suas presas menos os esperam atacam e machucam, ferem, magoam, e deixam feridas que às vezes nem o tempo apaga! Hoje em dia raramente os “eu te amo” ditos por ai são de verdade, devemos com um coador coar as pessoas que estão ao nosso redor selecionar quem devemos conviver, quem fará o nosso bem, quem será verdadeiro com a gente, é difícil isso pois não somos videntes e nem adivinhas ainda não temos a capacidade de nos proteger dessas pessoas que diante de apenas um erro, uma má seleção e essa pessoa poderá tornar um inferno a sua vida, te fazer sofrer, chorar e no final se perguntar como eu fiz tamanha burrada de acreditar naquelas palavras que pareciam tão verdadeiras, tão puras mais que apenas me machucaram. Devemos parar para refletir nossos atos, muitas vezes quem você diz amar talvez seja a pessoa na qual você mais faça sofrer, esse amor que você diz ter passa a ser no pensamento de quem você magoou apenas uma grande mentira, pense milhões de vezes antes de fazer, dizer, agir de uma forma que atinja quem você ama, pois palavras muitas vezes doem muito mais muito mais que atos, palavras machucam! Pense hoje, pois amanhã pode ser tarde de mais. A e no final? No final... a gente quebra a cara, sofre de mais, chora muito, muito mesmo, e sabe o que acontece? Tentamos aprender mais as vezes acabamos errando de novo, acreditando nas pessoas e assim vivemos e levamos a vida.

Raissa Craveiro
829 compartilhamentos

Complexidade.

Amar uma pessoa é uma situação muito complexa,
parece ter um início, um meio, mas nunca um fim..
Parece que cada dia que passa, mesmo tu sofrendo, amando e não sendo amado, esse sentimento só aumenta... é uma ação involuntária, contra tudo o que queres. Muito acima da tua dor ela sobrevive, querendo ou não tu sente e não consegue parar de sentir de uma hora pra outra.
Muitas vezes muitas as pessoas te criticam, falam de ti, mas dúvido que se elas estivessem nos nossos lugares elas não sentiriam a mesma dor e tristeza que sentimos, pois todo amor que é verdadeiro não é passageiro.
Tudo o que você e a pessoa passaram foi tão bom, mais tão bom, que você acha que quer esquecer, porém no fundo, no fundo, você não quer, deseja apenas reviver tudo isso, por isso choramos e sofremos cada dia mais, por essa ausência, pela ausência de tudo o que te fez bem, até os momentos ruins, foram bons de uma forma ou de outra.

Raissa Craveiro
5 compartilhamentos

O Fim.

Quero me desligar de tudo,
Quem sabe assim me desligo de você.
Aprendo a parar de sofrer,
Talvez essa seja a única receita para te esquecer.
Que tomada é essa, que me liga de tal forma de ti?
Que prisão é essa?
Não é amor, não é amor.
Como eu posso amar uma pessoa imperfeita, desumana?
Será que eu aprendi a amar os teus defeitos, o teu ridículo jeito?
Entre tantos, eu escolhi a ti, mas logo a ti?
A tua ausência ta me enlouquecendo,
Já que a tua presença me “acalma”, e me deprimi.
Fico mansa, quieta, prestando atenção a cada atitude tua,
Palavra, gesto, quando estou junto a ti.
E acabo vendo que a única coisa que resta de nós dois,
É um corte bem profundo que ficou entre você e eu.
Pois o “eu e você”, já é incerto.
E o resto... É apenas uma ilusão.

Raissa Craveiro
2 compartilhamentos

Rótulos Incertos.

As pessoas te rotulam sem ao menos ouvir um simples oi de ti.
É impressionante a incapacidade que as pessoas têm de procurar te conhecer.
Se fossemos julgar tudo o que vemos sem procurar saber ao menos um pouquinho disso.
Rotularíamos tudo e a verdade que acharíamos de tudo, não passaria de uma simples mentira.
Porque a verdade que vemos é a que conhecemos não a que julgamos e achamos conhecer.
Pois nem tudo o que parece é.
As coisas têm às vezes duplo sentido, ou um sentido único,
Que não somos capazes de entender, distinguir, ou captar.
Então devemos apenas julgar o que conhecemos,
E o que não conhecemos procurar conhecer.

Raissa Craveiro
3 compartilhamentos

Sou Assim.

Pois nem cheguei, quero ficar bem à vontade, na verdade eu sou assim.

Raissa Craveiro
Inserida por Raissa2008
1 compartilhamento