Pri Fraga

Encontrados 4 pensamentos de Pri Fraga

Passos

Não me procure nos passos, ele somem com o passar do tempo...Não me busque nos minutos, são muitos, vc demoraria para me encontrar!E enquanto vc procura eu vou longe...Vou até ali em seu pensamento e voltoTrazendo comigo seus sonhos e sentimentos!Não construo seus planos, apenos te faço feliz por segundos!Não causo danos, apenas lhe trago companhia!Sou a dona dos teus pensamentos, e te deixo só!Não gosto dessas coisas, mas o destino nos surpreende com sua força!Olho no horizonte e percebo que o sol já não se põe...Ele não quer dar espaço a lua...Vc já não é mais o mesmo e eu fico triste por isso..Deixei maneiras por vc e tu ainda não percebeu..Não procure nos passos...Não procure nos minutos...OLhe bem diante dos seus olhos...
...estou aqui!

Pri Fraga

...Lágrimas...
Chorei pq percebi o quão bom eram os anos da infância e como tornou-se amargo o presente.
Chorei por perceber que algumas das pessoas que amo foram tomadas de mim pela distância.
Chorei por que senti, com dor e sofrimento a falta que elas me fazem, não só hoje, mas sempre.
Chorei pq vi que sou tola, não gosto de quem realiza meus planos! Sim de alguém que não possui palavras.
Chorei para perceber que a solidão machuca! É um peso sobre as asas da liberdade!
Mas não chorei de saudades! Pois o sentimento de novo amor brotou no caminho. Algo misterioso e fora dos planos, mas algo novo!
Chorei e derramei as lágrimas que escreveram versos sobre o papel.
E ali selaram meu pranto para uma noite de paz.
Nada como amigos para se melhorar.
Nada como amores para recordar.
Nada como saber esperar!!

Pri Fraga
19 compartilhamentos

Infância

Hoje pensei em como a infância era gostosa!Com suas brincadeiras e despreocupações.De olhos arregalados e corpo esticado viamos as horas passar, sem se preocupar com o tempo que perdiamos.A folha da árvore que virava catavento.O chinelo qe tornava-se um lindo avião. O sorriso singelo.Os amigos do parquinho.A vontade de ter um cachorro que fizesse tudo que os Rin tin tin's fazem.Essa inocência perdeu-se no tempo, no tornar-se adulto.A sensibilidade, a simplicidade de rabiscar no chão, mesmo que linhas imaginárias o que na nossa cabeça era um emaranhado de idéias.Espiar entre os dedos, fingir que estava dormindo.Levar flores para a professora ou simplesmente ganhar um abraço dela.Brincar na areia, subir em árvores!Tudo faziamos e agora olhamos com recordações.Apreciar as pequenas coisas é deixar a alma permanecer infantil, é olhar com ternura para aqueles que ainda não descobriram que o mundo adulto é tão assustador.É apaixonar-se por um olhar pequenino.Por uma atitude de criança travessa que diz "obrigada".É achar que ganhou o dia pq conseguiu algo que achava impossível.É acreditar que o amanhã será melhor.É brincar com borboletas!É chorar se preciso, é buscar o melhor!é ficar horas procurando desenhos em nuvens!É ter curiosidade!
Que eu nunca deixe, Deus, de ter sede de poeta e alma de criança!!

Pri Fraga
26 compartilhamentos

Par perfeito

...Alguém que não tenha medo de demonstrar seus sentimentos!Mas não só os amorosos!Os de desgosto, de felicidade, de arrependimento, de aprovação. Todos que sejam necessários, mas nunca esquecendo de cuidar do coração alheio.Alguém qie não tenha medo de dizer "Te Amo"!Ou talvez, "como eu penso em vc"...Que conheça as expressões de meu rosto!E que olhe pra mim apenas para admirar.Quero alguém que escreva cartas, que deixe bilhetes, recados! Mande mensagens de madrugada!Alguém que traga rosas!Que esteja ao meu lado qdo eu menos merecer, pois pode ser o dia em que eu mais precisse!Alguém que me deixe ser EU! Que tenha confiança em mim, em minhas palavras e atitudes!Alguém que ouse sonhar!Que pense em um futuro!Que ame a Deus!Alguém que enxugue minhas lágrimas!Ou que ofereça o ombro para chorar comigo!Que queira deitar na grama e ver a lua dormir e o sol nascer!Que cante canções e divida segredos!Alguém que compreenda!
As vezes construímos grandes sonhos em cima de grandes pessoas, mas com o passar do mtepo descobrimos quegrandes eram os sonhos e as pessoas pequenas demais.

Pri Fraga
64 compartilhamentos