Paulo Ricardo Ribeiro

1 - 25 do total de 44 pensamentos de Paulo Ricardo Ribeiro

Nas manhãs e tardes
Voo em meu destino
Para retornar aos teus braços
Mãos que me cobrem de carinhos
Lábios que me fazem gritar em silêncio
Ternura sem igual que me torna fera
Suor que me faz delirar
E no êxtase leva minha alma aos céus
E na recíproca me enlaço em tua alma
Para sermos...
Só eu e você .

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por pauloricardoribeiro

Em teu perfume guardas
O segredo da conquista
Com teus aromas Chama-me para perto
Arrasto-me suavemente
Em teu labirinto secreto
Tenho medo...
Mas sigo este magnetismo
Sem exitar.
Sei que sem você
Jamais sairei .
Encontro teu leito florido
Teu corpo estremece
Teu suor personifica nossa paixão
Então não quero voltar
Não quero ser um normal
Não desejo o início
Quero ser teu .
Partir contigo .
E ponto final .

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por pauloricardoribeiro

A ROCHA E O CORAÇÃO

Medíocre sempre fui com as palavras
De quentura falada agredia a quem me amava
E o nojo pujante me repelia em seu dia e noite.
Não discorria de mim uma só lágrima.
Seja leve ! Ela pedia...
Mas na dificuldade de expressar sentimentos ;
não com gestos; estes sempre a conquistava.
Porém na oratória rude e grotesca fui distanciando-a
pouco a pouco e hoje presencio a ódio que eu mesmo
inseri em seu coração.
Sei amar com gestos , carinhos ; na cama sou o leão , o
tigre , o selvagem e delicado que ela tanto deseja , mas
a alma de mulher-menina se assustou com o meu falar.
Por isso clamo aos anjos que me ensinem a como versar
leve e sereno sem meu amor afastar.
Com o temor arraigado em minha alma não sei o que fazer.
Penso e repenso como leve posso ser.
Deus , abranda minhas palavras para meu único
Amor não perder...

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por pauloricardoribeiro

Sei que não escutas
mais minhas palavras
Não há mais tempo em
ouvir-me
Talvez furtei teus bons
segundos
Porém , ainda há momentos
de um tempo que não passou
E para não perdê-lo
através dos ponteiros
Ajustei meu relógio
ao se tempo .

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por pauloricardoribeiro

Amigo agradeço
Por todas as vezes que
viu chorar e soube com simplicidade
e calma me fazer sorrir
E por ensinar-me dar a volta por cima
Por dar-me coragem para ser eu mesmo
Por trazer paz e felicidade em meus dias
O verdadeiro amigo resgata a quem ama.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por pauloricardoribeiro

No amar ao semelhante
declaramos amar a nós
mesmos, pois somos filhos
do mesmo PAI
Então por quê tantas diferenças?
Se todos batem no peito e
anunciam o mesmo DEUS?
Basta ! Queremos um mundo
melhor , sem hipocrisia
Devemos tratar com igualdade
os desiguais , pois todos nós
temos a mesma origem DIVINA.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Quero decifrar teu olhar
de ternura quando estás
perto
Teu amor enigmático
Hora se faz frio
Hora se torna infantil
Hora fantástico
Em teu silêncio ditas
a paixão no olhar encabulado
Por vezes mulher , por instantes
menina em brincadeiras pueris
Teus lábios , estes revelam teus
desejos, anseios e segredos
Intensa e ardente domina
minhas vontades
Perco o rumo, sou apenas
insanidade quando estou nos
braços teus
Venha deixa-me amar-te e
quando amanhecer
estaremos em um só corpo
um só coração
do eterno AMOR.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Quando uma ponta de
agulha atingir-te
superficialmente e te
portares como se fosse
uma incisão é porque
não tens o entendimento
da resignação.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Hoje quero ver-te
alegre, sorrindo
repleta de felicidade
Deixe as pedras de lado
e vivamos cada segundo
do dia , e
quando cair a noite
bailemos até o amanhecer
sob a melodia do amor.

Paulo Ricardo Ribeiro

Teus lábios sedosos
fazem meu corpo vibrar
A cada beijo teu meu coração dispara
Quando longe estás minhas noites são
longas e tristes.
Venha, vamos ter a lua só para nós.
De coração para coração,
De pele para pele.
Sendo apenas um de sentidos entrelaçados
a viajar pelas estrelas no bailar do amor
e da paixão, vivamos tudo sem medos e que
o doce da vida no reviva a cada dia
Na cumplicidade e na alegria
Apenas você e eu
Bom dia!
Até mais!
Estou aqui! Amor meu
Sem você , quem sou eu?

Paulo Ricardo Ribeiro

Deixe meu sorriso te cativar
Deixe minhas palavras
alentar tua dor,
Deixe meu olhar te dar
esperança no amanhã,
Deixe meus gestos te
mostrarem que o hoje
é a certeza,
Deixe minha calma
apaziguar tua ansiedade
E o amanhã não nos
pertence saber
Apenas pediremos que seja
muito melhor,
Face à face , assim poderás
admirar o brilho no olhar
que te servirá de luz para
tua vida e seguremos de
mãos dadas para construir
o melhor para nós dois,
E o que vier deixe para depois.

Paulo Ricardo Ribeiro

Teu olhar renova meus sentidos
A cada toque estremeço,
e na ansiedade da surpresa
transpiro ofegante.
Que tens, que me envolve desta
maneira ?
Me debato, luto , mas minha negativa
conflita com meu desejo.
Desisto! Me entrego de corpo, pois
minha alma sequer está presente
diante dos teus carinhos.
Insano, cruel; castiga-me com teus
sussurros revelando meus desejo
mais secretos.
Tudo vem à tona , não respiro;
transpiro mais e mais.
E na melodia da paixão entoa
tua voz , para me fazer esquecer
que existe a solidão.

Paulo Ricardo Ribeiro

Vista-se de pele sedosa
com olhar insinuante
e de voz manhosa.
Vista-se de fera
seja loba ou leoa na
floresta dos desejos.
Vista-se de dominadora,
caça-me com tuas garras
e de toque suave paralisa-me
em tua jaula.
Vista-se de carmim,
alma ardente.
Sem me deixar escolha
para que eu seja vítima
de ti em qualquer instante,
Vista-se de fantasias a caçar de dia.
Mas à noite não se esqueça
de mim , espero-te a cada luar
Pronto para ser seu
Pronto para te amar.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Preciso de tua pele sobre
a minha.
Em noites de solidão
não durmo, fico a vagar
em pensamentos em um
só lamento! não estás aqui!
Quero teu abraço
Quero teu perfume
Quero te sussurro à dormir
de conchinha.
Quero zelar teu sono
em noites de chuva
Quero te olhar e parar por
momentos meu pensamento em ti.
E no despertar da aurora
te levar café na cama, que ficou
desalinhada pelos atos
de quem se ama.
E no dialogar infinito vou
declarar-te apenas o que sinto.
Viverei contigo o hoje,
do despertar ao anoitecer,
e assim levarei nossas vidas
pelo nosso bom viver.
Cuidando de cada pétala
do teu corpo , zelando por
todos os espinhos,
e da bela flor que o cactus
me oferece.
Cuidarei-te tal qual minha alma
a acarinhar teu ser.
Pelo eterno e verdadeiro
Por todas as horas e instantes
Assim teremos sempre a vida dos amantes.
Paulo Ribeiro

Paulo Ricardo Ribeiro

Senhor, que possamos redimir
nossas falhas através de atos
nobres em favor dos irmãos que
precisam de auxílio.
Permita-nos não fraquejarmos diante
dos desafios , que a tua paz seja o
nosso viver.
Que nossas palavras levem consolo
e que nossas mãos sejam ferramentas
de construção para àqueles que quase
tudo perderam.
Que tenhamos em nosso lar o teu
alicerce a regrar nossas famílias.
E que Teu amor e Tua paz
nos encaminhe para um mundo
sem guerras e que Tua fraternidade
se espalhe neste mundo assim como
os raios do TEU SOL .

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Seduza-me, se puderes.
Conquista-me com tua
simplicidade e elegância.
Quero sentir novamente
teu perfume.
E de tua pele desejo
o toque.
E que teus lábios arrepios
me provoque.
Do teu olhar a certeza
que estás a amar-me
por inteiro.
Não quero ser a rosa
de estação,
onde lembrarás de mim
em uma só época ou em
teu tempo de solidão.
Também não desejo ser o
centro de tua atenção e
sim apenas participar de
teu universo, por mais
difícil que seja,
pelo tempo que quiseres,
de alma e coração aberto.

Paulo Ricardo Ribeiro

Tempo! Que ideia temos?
O que fazer com ele?
Amar, curtir, vibrar,
colaborar, sorrir...
São tantas coisas que
podemos ter, receber,
ou doar-se.
Mas, e para nós o que
fazemos?
Que tempo temos para nós?
E quando isso acontecer,
devemos aproveitar, nos cuidar,
evoluir, crescer e aparecer;
nada de se esconder.
Amemo-nos em primeiro, assim
poderemos amar ao outro.
Comecemos agora, renovando-nos
não perdemos o tempo;
pois ele é sabedor de tudo.

Paulo Ricardo Ribeiro

Não espero tua colaboração
nem tua mão estendida,
muito menos tua atenção.
Apenas quero que viva.
Apenas te desejo felicidade.
Sei que nunca estive
em teu coração.
Sei também que pouco
estive presente; por isso
em ti não fiz morada.
Mas sempre em minha alma
residiste desde o tempo que
te reencontrei.
Sei que tens outras prioridades
e outros afazeres e muito te
sobra para falar sobre nossas
vidas enquanto estamos juntos.
Mas apesar de tudo te amo
desde que nasci e te amarei
até o fim dos meus dias.
Mãe até mais.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Se assim quiseres serei
teu escrava do amor.
Prenda-me em tua pele
que queima ao mínimo
carinho.
Sejas o que nunca foste ;
estou pronta a te esperar
pela surpresa do amar.
Faça a dor suave acontecer,
Faça-me estremecer e sussurrar
por tempo sem fim.
Deixe a fera que esta presa na
alma sair e liberte-se da timidez.
Aguce teu faro a procurar-me
nesta gostosa prisão.
E no labirinto da sedução
que seja eu a encontrar-te.
Sou tua mulher, de corpo
alma e coração.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Quero seus dedos entrelaçados
aos meus.
Desfrute desta pele que queima
por ti e quando de mãos dadas
passeamos e teu olhar provoca
o meu pensamento, ele diz em
silêncio que a noite a imaginação
não terá limites.
É neste suspense e surpresa
que minha alma percorre teu
corpo no cair da noite , te darei
apenas de mim o melhor,
fogo, paixão, beijos nesta
pele suada, sejamos nós
a brincar e sorrir.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Inspira meu ser com
tua sedução.
Insanos pensamentos
pairam sobre minha
alma enquanto admiro
teu despertar.
Ideias que quase pecados
são em torno de ti.
Mesmo quando acordas em
desalinho, quero tê-la em
meus braços.
E entre um beijo e outro
recordo o ontem quando
nos amamos.
Quero mais dos teu lábios.
Quero mais da tua vontade.
Quero mais dos teus sussurros
Quero por todas as manhãs
acordar e em teu olhar
te chamar de amor.

Paulo Ricardo Ribeiro

Reconcilia-te com minha
pele, preciso do teu toque
suave.
Reconcilia-te com meu
perfume, preciso do teu
aroma de recordação
para relembrar os
momentos que vibramos
das loucuras da paixão.
Reconcilia-te com o tempo
e tenha mais dele para os
nossos momentos .
Reconcilia-te com o amor
e ame cada suspiro de
minha alma; cada sussurro
que clama por ti.
Reconcilia-te com a vida
e vamos vivê-la outra vez.

Paulo Ricardo Ribeiro

A Janela
Há tempos não piso na relva
Trancada em castelo frio
esqueci da vida, não colho flores
O jardim distante apenas vislumbro
Deixei a solidão acolher meu ser
Meu olhar entristece com sua partida
O sol esqueceu de acariciar minha alma
preciso aquecer-me com o teu amor
Volta e retoma em mim tua paixão
Ficarei aqui esperando-te
Não ouso em sair por medo
Na penumbra espreito tua chegada
Quero acariciar teu corpo
Mas, será que permitirás?
E se assim deixares
não te farei sofrer
não te magoarei
E, se amar for deixar-te livre,
parta!
Que na janela da vida permanecerei.

Paulo Ricardo Ribeiro
Inserida por IrmaJardim

Sou o vento a fluir em torno
de tua alma doce.
Sou o ar que te aquece ao
respirar vida em teu corpo.
Tu és luz a iluminar-me no caminho
ao encontro dos teu lábios
de carmim ,que de tão doces
perco tudo em direção a ti.
Sou o aroma que faz aflorar
teus sentidos a resgatar minha
alma andarilha.
Sou o exterior da paixão que
vive em ti a cada momento
que inspira loucuras em
tua alma.
Mas se não existisse tua
presença em mim, isso
tudo não existiria, apenas
passaria o tempo a vagar
sem destino.

Paulo Ricardo Ribeiro

Em meio a tantos olhares que
há no mundo, apenas o teu
fiz lacrimejar .
Foi algo do momento no instante
do olhar se reencontrar.
Firmei-te em meus pensamentos
para não mais esquecer e depois
de muitos momentos, resolvi por
ti viver e vivendo assim criaste vida
em mim.
Teu amor veio no piscar dos olhos
junto com teu sorriso, teus sonhos
a retirar-me do vazio.
Doce amor de delicados sentidos que
até hoje inspira meu coração a viver
apaixonado e acarinhado por ti.

Paulo Ricardo Ribeiro