Paulo Del Ribeiro

1 - 25 do total de 158 pensamentos de Paulo Del Ribeiro

O meu fututo começa quando eu acordo toda manhã... Todos os dias eu acho algo criativo para fazer com a minha vida... Assim vou sem pressa, construindo hoje aquilo que quero amanhã...Indo, sempre indo...E sempre levando você dentro de mim...

Paulo Del Ribeiro

O bem que praticas por onde andas, será sempre o seu melhor e fiel advogado. Este sim te defenderá sem custo nenhum, em qualquer momento da sua vida.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Uma frase escrita em cima do portão do dia: “Entre acreditando na sua vitória que ela lhe será concedida.”

Paulo Del Ribeiro

RECADOS DA PRIMAVERA

Tantas estrelas no céu
No dia em que eu parti...
Era meados de abril
Fugi, voei pra longe dali.

Recados da primavera
Guardei no meu coração:
Regar as flores do mundo
No inverno, no outono e verão.

Pela estrada eu fui caminheiro
No caminho fui só solidão
Procurando atalhos sem fim
Pelas veredas da inspiração.

Andei por tantos lugares
Por mares, montanhas e sertão
Desvendando os mistérios da vida
E dela arrancando a lição.

Hoje eu saco primeiro da arma
E acerto o seu coração...
São tantas palavras que atiro,
Pois tenho muita munição.

Paulo Del Ribeiro

Cada novo dia é uma nova anergia que entra pela porta do destino, cheio de luz, renovando, iluminando os antigos sonhos e abrindo portas para os novos ideais.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Dizer adeus a uma pessoa que amamos é tão dolorido, a ponto de nos entregarmos ao sofrimento. Mas será tão menos doída a dor da saudade, se dizemos adeus mantendo esta pessoa quietinha, bem ali no fundinho de nós mesmo.

Paulo Del Ribeiro

Alguém poderá tocar o seu corpo sem que consiga tocar o fundo de sua alma... Alguém poderá tocar o fundo de sua alma sem que consiga jamais tocar o seu corpo. Mas, se seu corpo e sua alma forem tocados juntos, isto sim, é a reciprocidade do amor.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

“Não existe vento, tempestade e nem borrasca que me faça deixar de erguer a minha âncora, de içar a minha vela e de navegar o meu mar. Mesmo que para isso eu tenha que mudar a minha rota, virar e forjar o ponteiro da minha bússola rumo ao meu arco-íris, para que com o pincel da minha imaginação eu mesmo possa mudar as suas cores por aquelas que me fazem sentir que a vida vale à pena e que ela sempre será da cor que eu pintar.”

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Quem dera tudo passasse,
o que eu falei nada falasse
que ao invés de partir você ficasse
que o perdão sinceramente perdoasse,
o desprezo se considerasse,
a dor acalmasse,
o vazio transbordasse,
como era antes continuasse,
o erro se concertasse,
com outros olhos você me olhasse,
o amor que eu lhe disse você amasse,
ou pelo menos a amizade,
por fim, nunca terminasse.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

O mais belo de todos os milagres é morrer de amor e ressuscitar dele sabendo que estamos vivos para viver tudo de novo.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Perguntei ao tempo como se perguntasse a um velho sábio que estava passando: - Tempo, senhor do meu destino, que remédio é esse que dizem que só você tem, o qual pode me curar deste sentimento, deste aperto que tenho dentro de mim e que parece não ter mais fim? - Ele então como um velho sábio que era me respondeu: - Apenas seja paciente comigo e deixa-me passar primeiro!

Paulo Del Ribeiro

O CÉU DA MINHA INFÂNCIA

Quando criança eu morava no colo de uma serra no sul de Minas Gerais. Lembro-me bem das tardes de céu aberto, cheio de nuvens e cores lá no topo da serra, com tons dourados e alaranjados, tão digno das tintas de um pintor.

Meus irmãos e irmãs, primos, primas, tias e tios, todos reunidos no alpendre da casa de meus avôs, sentados num grande e comprido banco de madeira, olhando para cima e admirando aquele céu mágico, feito tela de TV que nem imaginávamos que existia. Como se começasse a sessão de um filme, o céu aos poucos deixava mover as nuvens formando estranhas figuras, figuras de animais, de pessoas e de coisas que tirávamos do fundo da imaginação.

Era um encanto quando conseguíamos descobrir uma imagem no céu. E mais encantado ainda ficávamos quando conseguíamos dos outros o espanto repentino: “Nossa é mesmo!”, “Olha lá, estou vendo também!”. “Veja, estou vendo um cavalo enorme! (apontando com o dedo) Olhe cabeça dele lá!” Aquele céu era mesmo pra gente como um enorme aparelho de televisão, a qual nem imaginávamos que já haviam inventado.

O céu da minha infância foi a primeira televisão que assisti!

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO
1 compartilhamento

Pense bem: Não existem negros, amarelos, brancos, pardos, mulatos, seja lá que cor for. Nós todos fazemos parte de uma grande, bela e colorida aquarela chamada vida.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Tire da minha estrada a sua sombra,
dos meus olhos a sua imagem,
do meu corpo, o sonho e o desejo
de beija-la com os meu braços...

Delete tudo que meus olhos possam ver
e que me coração possa desejar e pedir...

Fuja de todos os amigos e de si mesma,
mas saiba que no calabouço do meu pensamento,
sem que lá seja minha prisioneira,
eu a olho a todo instante, cuido de você,
contemplo-te e amo-te do meu jeito,
seguro de que de lá nunca me deixarás...

Lá ninguém poderá rouba-la de mim...
Lá és inteiramente minha...

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Te peço perdão pelo amor inesperado, pois não me dei conta de que ele haveria de chegar assim... Te peço perdão pela intenção de que ele se tornasse uma infindável canção pros teus ouvidos, dos momentos que eu passaria envolto à sombra dos teus gestos, recolhendo da tua boca as flores do teu sorriso". - Estranha sensação esta: Pedir perdão por amar alguém... Não teria que ser ao contrário?

Paulo Del Ribeiro

Sonhei que visitava os astros num voo incrível pelo espaço sideral. Podia ver você de lá, linda, cheia de encantos, com a leveza dos gestos cuja sombra tanto desejo. O sorriso das estrelas se misturava com o seu. Ah, como era lindo o seu sorriso visto do lado de lá, encantando a terra do lado de cá!

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Sentir saudades é estar convencido da gostosa sensação da presença, pois entre a presença e a ausência, ela preenche o vazio de caminhar sozinho.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

As estradas, as montanhas, os mares, a chuva, o frio, o calor, o medo, as dificuldades impostas pela vida, toda distância estendida em minha frente... Tudo isto não é nada, nada diante da sua imagem que faz você se impor presente e tão perto de mim, mesmo que seja apenas assim, quieta, única dona absoluta do meu pensamento comprido.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Meus olhos são espelhos virados pra dentro de mim, justamente para refletir pra você o que o meu coração está vendo e pensando.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Amar é uma sabedoria na cabeça de quem é considerado louco por isto e uma loucura explicita na mente daqueles que são considerados sábios.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Mesmo que você tranque a porta do vestido, o meu amor feito um bandido, vai insistir em te roubar.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Hoje é um lindo dia e é meu pra eu fazer o que eu quiser dele. Este dia também é o primeiro dia pra tantos que estão chegando e o último pra tantos que estão partindo. O que este dia jamais poderia ser é “apenas mais um dia” na vida da maioria que acorda dono dele em cada amanhecer.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Que posso eu lhe dar desse mundo se tudo que nele existe pode pertencer a você pelo dom magnifico que tens de conquistar. Que posso lhe proporcionar de imagens verdadeiras e belas, se elas já são projetadas no fundo de sua alma e lá permanecem como um filme pra ser vivido e um alvo a ser atingido. Nada mais posso lhe dar senão a minha mão, a indicação dos caminhos, a oportunidade, a seta indicativa do certo e do errado, a ânsia do querer ir, do querer ser, o abraço sempre apertado... e por fim a chave. Eu sempre estarei aqui não como um barco que te leva, mas como um porto seguro onde encontrarás vez ou outra a paz das gaivotas... Por fim darei o melhor de mim para ajudar a tornar visível os seus sonhos, os seus desejos e isto será tudo que poderei lhe oferecer, além do infinito amor.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Mesmo sem você, sem ninguém se assim for, nada vai me deter no enfrentamento deste mar, onde a cada dia levanto a minha âncora como se fosse partir, mas simplesmente porque tenho mesmo é que navegar. Não sou o pessimista que diante do vento tempestivo tenta se convencer de que é impossível a travessia, nem tão otimista o bastante pra dizer que assim que esse vento passar ou mudar de direção navegará seguro... Serei sim, sempre como o bom marinheiro que sabe a hora de içar as velas e coloca-las na posição certa, para assim, devagar, conduzir o seu barco sem o perigo do naufrágio.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO

Estive pensando: Sabe por que eu sempre trago um sorriso no rosto por todos os lugares aonde eu vou, mesmo nos meus momentos de tristezas? É que trago também comigo a esperança de que a qualquer momento, um alguém, sabe se lá aonde, venha se contagiar e se apaixonar por ele.

Paulo Del Ribeiro
Inserida por PAULODELRIBEIRO