Biografia de Marquês de Sade

Marquês de Sade

Marquês de Sade nasceu no palácio de La Coste, em Paris, França, no dia 2 de junho de 1740. Estudou com preceptores e com dez anos ingressou no Lycée Louis-Le-Grand, em Paris. Com 14 anos entrou na Escola de Cavalaria e tornou-se subtenente do Regimento de Infantaria do Rei.

O Marquês de Sade passou grande parte de sua vida em prisões na França, por causa de seu comportamento libertino cometendo crimes de perversão e crueldade. Casado e com três filhos realizava festas em seu castelo e participava de orgias com atrizes e dançarinas. Em 1772 provoca um grande escândalo, em Marselha, quando participa, junto com seu criado, de uma orgia com quatro prostitutas, obrigadas a beber preparados alucinógenos.

Durante os períodos em que esteve nas prisões, escreveu obras controversas para os padrões sociais vigentes na época em que viveu. Seus textos eram considerados um ultraje à moralidade pública e à religião. O nome “Sade” deu origem ao termo “sadismo” usado para descrever as cenas de crueldade e de tortura descritas na maioria de suas obras.

Entre suas obras destacam-se: “Diálogo Entre um Padre e um Moribundo” (1782), “Os 120 Dias de Sodoma” (1785), “Os Infortúnios da Virtude” (1788) e “Crimes de Amor” (1800). O Marquês de Sade passou seus últimos dias de vida em sanatórios, onde organizava espetáculos teatrais para os doentes. Faleceu em Saint Maurice, França, no dia 2 de dezembro de 1814.

Acervo: 28 frases e pensamentos de Marquês de Sade.

Frases e Pensamentos de Marquês de Sade

Só me dirijo às pessoas capazes de me entender, e essas poderão ler-me sem perigo.

Marquês de Sade
640 compartilhamentos

Não há outro inferno para o homem além da estupidez ou da maldade dos seus semelhantes.

Marquês de Sade
967 compartilhamentos

O meu maior desgosto é que Deus, na realidade, não exista, privando-me assim do prazer de o insultar mais positivamente.

Marquês de Sade
156 compartilhamentos

Antes ser um homem da sociedade, sou-o da natureza.

Marquês de Sade
252 compartilhamentos

As paixões humanas não passam dos meios que a natureza utiliza para atingir os seus fins.

Marquês de Sade
138 compartilhamentos