Marijo

176 - 200 do total de 258 pensamentos de Marijo

Beija flor
é a jóia alada dos jardins...

Marijo

Nas minhas caminhadas matinais, vou treinando meu olhar para descobrir belezas escondidas em cada canto, em cada momento.
E a natureza está sempre me surpreendendo.

Marijo

Rosas, orquídeas ou “ervas daninhas”
para abelhas e pássaros,
todas as flores são rainhas.

Marijo

E continua amanhecendo.
Dia lindo.
A natureza se sobrepõe ao caos.

Marijo

Não tenho medo de tempestades
nuvens brancas me acalmam
mas acabam em nuvens brancas
nuvens escuras me assustam
mas acabam em arco-íris...

Marijo

As flores sabem que a primavera passa depressa.
Não perdem tempo
não ficam enrolando
nem choram
nem brigam
apenas florescem...

Marijo

O arco-íris
que estava deitado
quieto em algum canto
não esperou pela chuva.
Afinou sua dança, com os pingos d’água
E enfeitou a tarde de sábado...

Marijo

Cebola
Rosa que faz chorar
choro não doído
choro não irado
choro ardido
choro disfarçado
entregando o sabor
temperando o cozido.
Choro que é prova de amor.

Marijo

Bergamota
tangerina
mexerica aqui em Minas
porque deixa seu cheiro e sabor
nas mãos e no beijo das meninas.

Marijo

Sol nascente
espetáculo
que se renova
a cada dia
momento de reflexão
e alegria.
É a vida nos dando um presente!

Marijo

Vento
Ventania
Agitando
Folhas
Ondas
Pensamento…

Marijo

Nesta terra tem palmeiras
onde cantam sabiás
e outros passarinhos…
Meu coração é de mineira
mas nele cabe, junto,
o nordeste inteirinho!

Marijo

Voo
Ah! Se fosse só estender a mão
e colher as nuvens macias como flocos de algodão.
Nuvens tão brancas, não poderiam passar em branco!
Mas fico só com a imagem.
Colher nuvens não está no pacote da viagem...

Marijo

Que você encontre algo ou alguém que te faça sorrir todos os dias, mesmo de longe. Que se você descobrir que ama um cachorro - o animal ou o cafajeste – que os dois te façam aprender muito sobre a vida. E que você saiba a hora de abrir mão dos dois, se não te fazem mais bem.

Marijo

Trevos de quatro folhas
sorte para quem os encontra
escondidos
no silêncio
no sorriso
na bondade
no respeito
na palavra acolhedora.
Para encontra-los,
é preciso ter olhos para ver
e coração para sentir…

Marijo

Orquídeas
admiráveis
amadas
independentes
caprichosas
exóticas
selvagens
só florescem quando é seu próprio desejo...

Marijo

Arco-íris e felicidade são irmãos gêmeos.
Efêmeros, belos, acalmam após as tempestades.
Talvez, por serem efêmeros, arco-íris e felicidade são tão especiais e bem-vindos.

Marijo

Tempo...tempo...tempo!
Brincando, como um carrossel
passando, rodando, redondo
sem quinas ou cantos
pra gente agarrar ou esconder
e só observar o tempo passar.
Vai nos mudando
depressa
ou devagar.
Mudanças sutis.
Ou grandes mudanças
refletidas no espelho do tempo...tempo...tempo!
Caprichoso, teimoso, impaciente.
Sempre muda a gente
que muda com o tempo.
Gente que não consegue
descobrir mágica, feitiço ou oração
que tenha a chave para mudar o tempo...tempo...tempo!

Marijo

Carrapichos
Quando criança me arreliavam.
Inteiros, pareciam íris a me observar.
Soltos e grudentos, agarravam nas meias brancas, na conga azul.
Hoje, sinto saudade deles.
O vento também levou os carrapichos…

Marijo

Retrospectiva
Olhar para trás para ver o feito, o não feito, o desfeito, lágrimas, risadas, suspiros, tédio, força, medo, cansaço, desencantos, ecantamentos.
Juntar tudo em um trampolim que nos impulsione pra cima e pra frente...pra frente... pra frente...

Marijo

Revendo ditados
Mais uma triste conclusão:
Água mole em pedra dura, esparrama pelo chão.

Marijo

Da série quase sessenta
Escaneando fotos antigas...
Percebo que à medida que vivemos também morremos aos poucos a cada dia. Primeiro morre em nós a infância, depois a juventude. Na idade adulta as preocupações diárias nos envolvem. Falta tempo. Ou não nos damos o tempo que precisamos, para viver plenamente. O tempo vai passando, se desfazendo dia após dia e não percebemos o que deixamos de fazer, ou de dizer.
E nosso livro da vida vai sendo apenas folheado.E não lido...

Marijo

Quero morar em uma garrafa
jogada ao mar
vagar por aí
levada pelas ondas
sem saber em que praia irei parar.

Marijo

O circo
Estamos no picadeiro e não existe ensaio.
Palhaços contando as mesmas piadas sem graça.
Trapezistas sem rede para aparar.
Malabaristas tentamos não deixar a peteca cair.
Mágicos sem cartola multiplicando o pouco da dignidade que nos sobra.
Domadores de toda a violência explícita, ou não.
Sem receber aplausos por nossa atuação.
É! Nossa vida parece um circo...

Marijo

Passado é o ontem visitando o hoje.
Na pele, no olhar
no cheiro, na mente
o passado sempre é presente.

Marijo