Ju Leiria

1 - 25 do total de 101 pensamentos de Ju Leiria

Pessoas nada têm a ver com palavras. Pessoas são sentimentos. E sentimentos não se traduzem em palavras. Não conseguem, são menores. Pessoas não sabem fazer bom uso das palavras.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Pessoas usam outras pessoas porque não sabem usar as palavras.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Não acredito mais nas pessoas. Perdi a fé que nunca tive. De hoje em diante, serei só palavras. Quando todos vão embora, lá estão elas: as palavras. Só restam elas.

Ju Leiria
21 compartilhamentos

Tenho uma compulsão sem nome por palavras. Prefiro palavras à pessoas.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Pessoas vão e vêm das nossas vidas. Palavras ficam.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

É assim mesmo, bonitas! Ele entra na nossa vida de repente – embora não por acaso – e domina nossos pensamentos.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Como pode uma pessoa ter um olhar tão encantador, que dói de tão irresistível? E por falar em dor, como me dói! A ausência dele é tão presente que me coloca pra chorar todas as noites. Por causa dlele, tive que aprender a me entreter com as minhas lágrimas. Não mais vivo, sobrevivo.

Ju Leiria

Seu nome é Delícia e seu sobrenome deve ser Prazer Intenso.

Ju Leiria

Não uso lápis nem caneta para escrever. Não escrevo com a ponta dos dedos. Escrevo com o coração.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Eu não preciso fazer rascunho, não tenho medo de errar, não tenho nada pra passar à limpo. Escrevo o que sinto franca, aberta e sinceramente. Meu coração é uma máquina de escrever.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

O meu coração é um escritor de sucesso, coisa que eu mesma jamais seria.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Todas as minhas palavras têm um porquê, possuem raízes e, mais cedo ou mais tarde, florescem.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

O mundo precisa de mais pessoas que escrevem com o coração.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Eu não sei por que mãos tu já passou. Eu não faço idéia o quanto teu coração foi ferido. Eu não sei o quanto tu já amou nessa vida. Nem imagino o quanto tu já sofreu. Mas abro mão do que for pra curar as tuas feridas que o tempo ainda não deu um jeito.

Ju Leiria

Eu vou amar o teu silêncio a cada não resposta.

Ju Leiria

Vou agüentar tuas implicâncias até tu sentir vontade de me dizer coisas doces.

Ju Leiria

Tu nem sabe, mas te ponho pra dormir e zelo pelos teus sonhos todas as noites. Te escrevo coisas lindas todos os dias. Meço cada vogal, cada consoante, só pra me assegurar que as minhas palavras são em favor da tua felicidade.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Fico sem entender, fico triste.
Estou assim desde que partiste.
Fico muito mal, fico louca.
De agora em diante, quem será o dono dos beijos da minha boca?

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Acho que preciso aprender a praticar perdão com as pessoas que não sabem amar.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

A felicidade é uma borboleta pousada no ombro.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

A felicidade precisa de barulho. É para ser cantada aos quatro cantos e não escondida a sete chaves.

Ju Leiria

Ser feliz em segredo não existe, é ilusão. Não existe felicidade na clandestinidade.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Doida. Daquelas capazes de abrir mão do amor da sua vida. Doida que não tem medo de deixar esse mundo. Doida que viaja 800 km só para poder sentir saudade. Doida que troca o sono por papel e caneta. Doida que troca tudo o que tem por nada, só para começar tudo de novo. Tão doida que até as borboletas a seguem.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Hoje coloquei meu nome numa flor. Ela surgiu em minhas mãos, caída dos céus. Tanto lugar e foi parar justamente entre meus dedos. Às vezes a gente fica cobrando uma resposta do universo, de deus, do destino, da vida – sei lá como cada um chama – e não percebemos que o que tanto procuramos pode estar em nossas mãos.

Ju Leiria
Inserida por juleiria

Conheço esse silêncio. É um silêncio que tem medo de falar o que pensa. É o silêncio que tem medo de revelar o que quer. Um silêncio que consome sentimentos que deveriam ser livres. Um silêncio observador, que sofre. Mas que sofre em silêncio. Um silêncio ensurdecedor.

Ju Leiria
Inserida por juleiria