Jostein Gaarder

76 - 88 do total de 88 pensamentos de Jostein Gaarder

O que é esta matéria que compõe o mundo? O que foi que explodiu há bilhões de anos? De onde ela veio?
Somos uma centelha da grande fogueira acesa há bilhões de anos no Big-Bang. Fico pensando se não há alguém lá longe, na imensidão dos anos-luz... Afinal nós também somos poeira estrelar...

Jostein Gaarder
Inserida por usuario438345

O Mundo De Sofia

(De Jostein Gaarder, por Marino, Ricardo, Rafael e Thiago)

O Mundo de Sofia, editado pela primeira vez em 1991, é um dos livros que continua a encantar todo o tipo de leitores. Mesmo depois de todo o êxito inicial e de se ter tornado quase de imediato um best-seller, continua a ser lido, hoje em dia, por milhares de pessoas, em particular por jovens. O autor, Jostein Gaarder, professor de filosofia do secundário, conseguiu de uma forma original desenvolver uma aventura cheia de reflexões e perguntas através da história da filosofia desde o princípio dos tempos.
O objetivo principal deste livro não é, segundo o nosso ponto de vista, relatar ao leitor a evolução da filosofia ao longo do tempo, mas sim fazer com que este não seja tão indiferente àquilo que o rodeia. Isto é conseguido através das respostas dos grandes filósofos às questões que sempre afligiram o mundo.
A capacidade de nos surpreendermos é a única coisa de que precisamos para nos tornarmos bons filósofos (...) E agora tens que te decidir, Sofia: és uma criança que ainda não se habituou ao mundo? Ou és uma filósofa que pode jurar que isso nunca lhe acontecerá?... Não quero que tu pertenças à categoria dos apáticos e dos indiferentes. Quero que vivas a tua vida de forma consciente.
Quem és tu?, De onde vem o mundo?, Haverá uma vontade e um sentido por detrás daquilo que acontece?, estas são algumas das perguntas colocadas a Sofia durante aquilo que irá ser um verdadeiro curso de filosofia. Este curso foi oferecido a Sofia por uma pessoa que ela não conhecia mas que acabou por se tornar rapidamente num grande amigo. Através dele, Sofia viaja até 600 a.c., onde encontra os primeiros filósofos, e a partir daí segue o rumo da história dos homens e o evoluir da mentalidade e do pensar filosófico. É por meio do seu professor de filosofia que Sofia conhece Sócrates, Aristóteles, Descartes, Spinoza, Kant, Hegel, Marx, Freud, entre muitos outros.
Mas a história de Sofia e Alberto (o seu professor) não fica por aqui. Ao mesmo tempo que se vai desenvolvendo o seu curso de filosofia, as duas personagens vão-se apercebendo da existência de outra realidade para além daquela em que vivem.
É uma história composta de muitas outras, que nos faz pensar se não seremos também nós apenas personagens duma história que um dia alguém escreveu. É nesta perspectiva que o autor faz aparecer na mesma realidade que Sofia personagens como o Capuchinho Vermelho, Aladino ou o João Ratão, todas elas criadas um dia por alguém que lhes era superior e que lhes restringia a existência a uma simples história infantil. Depois de criadas, todas elas são obrigadas a viver num plano de existência paralelo. O mesmo aconteceu a Sofia e Alberto, que no fundo não passam de duas personagens duma aventura na filosofia.

Jostein Gaarder
Inserida por Filigranas
1 compartilhamento

O fato de o mar estar calmo na superfície não significa que algo não esteja acontecendo nas profundezas.

Jostein Gaarder in O mundo de Sofia

Jostein Gaarder
19 compartilhamentos

A capacidade de nos surpreendermos é a única coisa de que precisamos para nos tornarmos bons filósofos.

Jostein Gaarder in O mundo de Sofia

Jostein Gaarder
Inserida por Filigranas

Não é fácil encontrar uma pessoa numa cidade grande, e muito menos cruzar o caminho dela quando a gente quer. E as vezes é justamente isso que a gente quer. Mas quando duas pessoas estão empenhadas em se procurar, não é nenhum milagre elas acabarem se encontrando.

Jostein Gaarder
Inserida por valdantas

Quando nos perguntamos de onde vem o mundo,e discutimos aalguma respostas possíveis,a consciencia física fica como que parada,pois naõ possui qualquer m aterial sensorial para "processar";não ppossuio registro de qualquer experiencia que possa trabalhar.Isto porque nunca iremos experimentar toda a enorme realidade de que somos apenas uma ÍNfima parte.

Jostein Gaarder
Inserida por nazare5

Quando eu morrer, o mundo terá se livrado de um louco. Ou isso, ou ele terá perdido o único normal. E então não terá mais importância quem era louco aqui, o mundo ou eu. De qualquer forma, o mundo terá a última palavra.

Jostein Gaarder
Inserida por thiagorocha22

Nós conversamos sem nos entender. Pusemo-nos a jogar um complicadíssimo jogo de bola, no qual havia demasiadas regras. Por mais que jogássemos, não havia bola que atingisse a meta.

Jostein Gaarder
Inserida por valdantas

"... De nada serve acreditar que algo está certo se isso não contribui para ajudar uma pessoa em aflição...!".

Jostein Gaarder
Inserida por profeborto

Para muitas pessoas, o mundo é tão incompreensível quanto o truque do mágico que tirou um coelhinho de uma cartola que estaria vazia.

Jostein Gaarder
Inserida por jennifer_texeira

Às vezes, sentir falta da pessoa que está na cama com você dói mais do que a saudade de quem está em outro continente...
(Saul Belezza - trechos de livros - O Castelo nos Pirineus (Jostein Gaarder)

Jostein Gaarder
Inserida por SaulBelezza

Quão terrivelmente triste é que as pessoas sejam feitas de maneira a se acostumarem a algo tão extraordinário quanto viver.

Jostein Gaarder

Não é uma pergunta boba se você não souber responder.

Jostein Gaarder
Inserida por pensador