Biografia de José Ortega y Gasset

José Ortega y Gasset

José Ortega y Gasset nasceu em Madri, em 1883. Estudou com jesuítas em Málaga, fez fez universidade em Bilbao e tornou-se doutor em Filosofia pela universidade de Madri.

Continuou os estudos de Filosofia na Alemanha, onde recebeu a influência de Hermann Cohen e Wilhelm Dilthey.

Voltou para a Espanha aos 27 anos, quando foi nomeado catedrático de metafísica da Universidade de Madri.

Criou revistas como “El Sol”, Revista do Occidente e do jornal “Faro”, que foram veículos responsáveis por divulgar o pensamento europeu e as principais obras dos pensadores e literatos espanhóis. Além disso, organizou o Grupo a Serviço da República, em 1931, em colaboração com outros intelectuais.

Foi um opositor da ditadura de Primo de Rivera, chegando a abandonar seu posto na Universidade como forma de protesto contra o ditador. Após a queda de Rivera, Ortega participou da Assembleia Constituinte da Segunda República, em 1931/1932.

Foi eleito deputado, pela província de Leon. Mas Ortega renunciou pouco tempo depois, alegando ter se desiludido com a política. A partir de então, não se pronunciou sobre a política espanhola. Foi para a Argentina, e outros países europeus, durante a Guerra Civil Espanhola, de 1936 até 1939, como exilado voluntário. Ortega não apoiava nenhum lado e também não queria aceitar nenhum cargo acadêmico depois da vitória de Francisco Franco, ditador fascista.

Voltou para Madri apenas depois da Segunda Guerra Mundial. Foi nessa época que fundou o Instituto de Humanidades, mas, por causa do regime ditatorial, não conseguiu manter o Instituto funcionando por mais de dois anos. Voltou-se, então para o exterior, lecionando e fazendo várias conferências em outros países.

Ortega y Gasset é reconhecido como um dos mais importantes ensaístas do século 20. Livros como “Meditações do Quixote”, de 1914, “A Rebelião das Massas”, de 1930, estão entre os mais importantes do autor. Escreveu, entre outras obras, “Que é Filosofia? e “O homem e a gente”, que foram publicadas postumamente.

O filósofo morreu em Madri, em 1955.

Acervo: 72 frases e pensamentos de José Ortega y Gasset.

Frases e Pensamentos de José Ortega y Gasset

A beleza que seduz poucas vezes coincide com a beleza que faz apaixonar.

José Ortega y Gasset
414 compartilhamentos

Pouco se pode esperar de alguém que só se esforça quando tem a certeza de vir a ser recompensado.

José Ortega y Gasset
2.5 mil compartilhamentos

Muitos homens, como as crianças, querem uma coisa, mas não as suas consequências.

José Ortega y Gasset
226 compartilhamentos

Se ensinares, ensina ao mesmo tempo a duvidar daquilo que estás a ensinar.

José Ortega y Gasset
46 mil compartilhamentos

O importante é a lembrança dos erros, que nos permite não cometer sempre os mesmos. O verdadeiro tesouro do homem é o tesouro dos seus erros, a larga experiência vital decantada por milénios, gota a gota.

José Ortega y Gasset
168 compartilhamentos