Biografia de José de Alencar

José de Alencar

José de Alencar (1829-1877) foi um romancista, dramaturgo, jornalista, advogado e político brasileiro. É autor de importantes obras da literatura brasileira, entre elas, Senhora, Iracema e O Guarani.

José de Alencar nasceu em Mecejana, Ceará, no dia 1 de maio de 1829. Filho de um senador do império, ainda pequeno, transferiu-se com a família para o Rio de Janeiro. Inicia o curso de Direito na Faculdade de Olinda. Em 1847 escreve seu primeiro romance “Os Contrabandistas”. Vai para São Paulo, onde conclui a Faculdade de Direito em São Paulo, em 1851.

Passa a exercer a advocacia na Corte. Em 1854 ingressou no Correio Mercantil. Em 1856, tornou-se redator chefe do Diário do Rio de Janeiro, onde publicou, em forma de folhetim, os romances, “Cinco Minutos” (1856), “A Viuvinha” (1857) e o “Guarani” (1857), sendo no mesmo ano publicado em romance.

José de Alencar criou uma literatura nacionalista. Seus romances descrevem o mundo selvagem natural, a miscigenação branco-índio e a formação da sociedade brasileira no campo e na cidade. O romance “Iracema” (1865) simboliza o encontro do branco com o índio. “Senhora” (1875), um dos romances mais complexos do escritor, pela concentração nos problemas humanos e suas implicações psíquicas.

Além de escritor, exerceu intensa atividade política. Foi várias vezes deputado pelo Ceará e também ocupou a pasta de ministro da Justiça. Vítima de tuberculose, fez uma viagem à Europa. Ao regressar, faleceu no Rio de Janeiro, no dia 12 de dezembro de 1877.

Acervo: 56 frases e pensamentos de José de Alencar.

Frases e Pensamentos de José de Alencar

O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis.

José de Alencar
10 mil compartilhamentos

Tentei lhe dizer muitas coisas, mais acabei descobrindo que amar é muito mais sentir do que dizer. E milhões de frases bonitas, jamais alcançariam o que eu sinto por você.

José de Alencar
2.3 mil compartilhamentos

O amor sem esperança não tem outro refúgio senão a morte.

José de Alencar
930 compartilhamentos

Eu te amei desde o momento em que te vi! Eu te amei por séculos nestes poucos dias que passamos juntos na terra. Agora que a minha vida se conta por instantes, amo-te em cada momento por uma existência inteira. Amo-te ao mesmo tempo com todas as afeições que se pode ter neste mundo. Vou te amar enfim por toda a eternidade.

José de Alencar
347 compartilhamentos

A ocasião faz o homem.

José de Alencar
112 compartilhamentos