Jeff Cruz

Encontrados 14 pensamentos de Jeff Cruz

SEU APARTAMENTO (By Jeff Cruz)

A porta… O trinco… O arco… A flecha… ELA… Os olhos… EU… Os braços… Mãos…Cintura… Um laço… Os lábios… O calor… É amor?… A cama… A trama… Suspiros! A festa!… Outras portas… O zíper… Encosta. O peito… Respeito?… O carinho… Os lençóis… UM nó… Pernas e braços nus… Pescoço… Os beijos… Uma cena… Incenso… No quarto… Alfazema?… Enfim o cansaço… O sono… A madrugada… Embrulhado nos abraços e entrelaçado… O despertar… Repete tudo outra vez a melodia no apartamento…

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter

PRECOCE ( By Jeff Cruz )

Esses olhos alegóricos são alérgicos

Estão impedindo minha carta de alforria de escravo teu

Assine minha liberdade da fantasia de submisso a ti

Estou planejando fugir da senzala que pusestes nos seios.

Quanto mais me machucava com sua arrogância

Mais ficava condicionado a sua fúria feudal

Meu resíduo de lagrimas esgotou e perdi o controle na fuga.

Mas não há esconderijo maior, sempre está monitorando meus passos.

Esqueço que tenho pernas e me acomodo nessa prisão.

Cada vez mais dependente de ti, o mais instintivo que seja.

Cada vez mais vulnerável e inferior no seu controle magnético.

Cada vez mais algemado e castigado pelos seus beijos.

Percebe-se que estou mesmo precoce, mas procede-se!

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter

ORDEM E PROGRESSO (By Jeff Cruz)

Nosso amor se eterniza nos versos

De todas as formas, com todos os verbos.

Nosso amor se impregna nos leitores

Com diferentes códigos, em outros valores.

Nosso amor é palavra na boca dos apaixonados

É sorriso contagiante dos circos e palhaços

Nosso amor é independente

É o fato mais repetido da literatura

É ritmo insistente nas canções e poemas

Nosso amor é pacifico como o oceano e violento como os furacões

Nosso amor é ação cronológica.

É estado físico de reação e estado espiritual de resistência

Nosso amor é renuncia e permissão

Renuncie o corpo e permita o amor

Nosso amor é poder absoluto

É acordo entre as nações

É inclusão dos marginalizados

É canal de comunicação entre brancos e negros, farrapos e fardados.

Nosso amor é Bahia de Todos os Santos

E todos os santos na Bahia

Nosso amor é segredo de essência

Nosso amor é inteiro

Poder partir do individual para o coletivo ou vice versa

Nosso ultrapassa o infinito

Nosso amor é abrigo para os mendigos

É tolerância entre as famílias

É verdade na política

É justiça nos tribunais

Nosso amor é escudo e não é arma de guerra

Nosso amor é passa tempo nas horas vagas

É conservação da natureza

É expansão de territórios da paz

Nosso amor é linguagem, é cura, é visão mais doce.

Nosso amor é a força que engrandece os covardes

É consolo dos inocentes oprimidos

É a solução nas horas certas

Nosso amor é a expressão da saudade

É a negação repreensora da maldade

Nosso amor é educação igualitária

É conhecimento nas escolas das periferias

Nosso amor é conhecimento nas eleições

Nosso amor não se define

É poesia que não se conclui

Nosso amor não obedece aos pontos finais

É pontuado apenas pelas reticências da existência

Nosso amor é lagrima de alegria e até de tristeza

Nosso amor é liberdade de expressão.

É festa de vitória dos oprimidos

Nosso amor não se disputa, se distribui.

Nosso não se distorce na distância

Ele se ajusta na convivência

Nosso amor é palavra que não se afasta

Nosso amor não se cansa nunca de ser pronunciado

Não se cansa nunca em existir

Nosso amor não se perde no tempo

Nosso amor não se constroe, já nasce pronto conosco.

Amar é a ordem humana

Nosso amor é progresso mundial

Nosso amor é totalmente possível…

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter
1 compartilhamento

O BAILARINO E A PIANISTA (By Jeff Cruz)


Os acordes eruditos do piano

Insistem em tocar logo cedo

É a expressão de fortes arquejos

Que me acordam num ritual fértil e dionístico



Nesse despertar prima-VIRIL

As partituras do corpo dela fazem-se de melodia nas manhãs

Cortinas ainda fechada e pálpebras

Minha bela adormecida de Tchaikovsky

Despertara sem meus beijos matinais

Nem arcanjos a te vigiar



Levanto-me com passos imprecisos de embriaguez

E sigo numa espécie de transe ate a janela,

Vejo o sol

Minha pianista tateando minhas costas

Agarra-me como se agarra uma harpa

Pronta a tocar, sirvo de instrumento.



Ela me guia e viajo num tension-release

Como ao ballet moderno de Martha Graham

Intenso é a sensação,

Penso que estou flutuando



Numa ‘volta’ seguro seu corpo e giro-a sobre mim

Contratempos, e voltamos para o berço.

Tombes e cabriolés, entrelaçamo-nos.

Seguindo mise-en-scenes calorosos

Bailamos suados em pas-de-deux



Eu e ela: O bailarino e a pianista

Ao fundo musical de Villa Lobos

Que figura bela, quase simétrica de formas geométricas.

Desenho com ela em meu colo

Eu sem collant, ela colando-se em mim.



Sapateias um fox trot, minha mênades!

Sapateias que te equilibro

Num sagrado-profano ritual dualístico da pele

Duelemos compenetradamente irracionais

E os acordes do piano não cessam

Enquanto não chegamos ao apogeu ufânico do prazer

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter
1 compartilhamento

ALMA E FLORES, CORPO E BOSQUES! (By Jeff Cruz)

Meu amor não é um evento fútil
Em que se repetem beijos, gestos e declarações emocionantes.
Nem é uma fase relâmpago de treinamento para outra etapa.
Meu amor não é fábrica de futuras amantes.
Quantas vezes continuarão caprichando na cena?
Pra dizer que me ama? Quando para mim, o amor não é passageiro.
Estamos de acordo com o presente que passa num rastro de pólvora?
Ou com o futuro de uma proposta maior?
Queremos nos aprisionar no tempo ou deixar o tempo passar?
Somos atores, e eis o papel dramático desta cena.
Corta! Vamos repetir tudo do começo.
Seguiremos assim até que a cena se gaste.
Ou pulamos os capítulos e vamos direto para o fim.
Perfeito! Fantástico! O final muito bem ensaiado!
É bom respirar o ar cênico e cínico!
Prefere ter o amor como uma festa
Prefiro tê-lo como parte da alma.
Os telespectadores preferem que seja colorido
Assim seja, pintamos de vermelho e preto.
O vermelho pelos belos momentos de paixão.
E o preto pelo luto merecido em todo final.
Minha alma não quer um amor que acredita no próprio fim.
Alma está para flores, assim como corpo está para bosques!

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter
1 compartilhamento

SÓ UM INSTANTE (By Jeff Cruz)

Um instante que vou me desarmar
Jogar fora as palavras cortantes
E engessar as fraturas causadas


Nada disso é circunstancial?
Seu amor por mim é presencial?
Será que estou mesmo tão radical?


Um instante que vou me esconder
Da razão de estar apaixonado
E do papel de ter diariamente declarado.


É um incomodo eu ser ainda aprendiz doméstico?
É um incomodo a minha fraqueza diante das suas repreensões?
É um incomodo eu exibir minhas habilidades com firmeza?

Um instante que vou me defender
Meça o tamanho dos olhos, o molde dos lábios e o timbre da voz.
Deixe-os bem regulados, expressando paciência e ternura por mim.


Não entende que me entreguei a você por inteiro?
Não entende que não quero em troco teus pedaços?
Não percebe que não sou dedicado aos teus predicados?


Um instante que vou me erguer
Vou olhar bem longe onde minhas vistas não alcancem tuas mentiras

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter

FATO (By Jeff Cruz)


É fato que concluo o impacto

Do seu beijo que me deixa intacto

Cada amor que fazemos é um pacto

Delicio-me do seu olhar tático

Sou um alvo indefeso nesse berço aquático



É fato que concluo o impacto

Do teu jeito ao meu encontro estático

Com você por perto o mundo é fantástico

Abrace-me de imediato

Da tua boca quero mais que vogal e hiato.



É fato que entre nós há falsos cognatos

Vou me confessar do anonimato

Prefiro não ser julgado por Pilatos

Não quero ficar na sua historia como artefato

Quero que reconheça meu real amor, de fato!

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter

ALICE (By Jeff Cruz)

Conheci Alice
Vou com Alice
Não volto com Alice
Na fantasia me jogo com Alice
Iludir-se por amor não é tolice

Aprendi nos tempos de meninice
É bom ter um amor que me enfeitice
Vou correr, pular e cair na sandice
Se te amar é uma ilusão, uma ceguice…
Prefiro ainda ser a própria ALICE!

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter

O que vê
O que sou ou não sou, ainda é o que você vê
Prefiro ser o que não sou no que você não vê

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter

ESCADA (Por Jeff Cruz)

Não me importa se lá de cima me vigiam os satélites
Não vejo também nenhuma excitação às câmeras urbanas
E se eu fosse uma celebridade dessas que todos fotografam
E seu fosse uma figura de um belo quadro de exposição
Nem se meus pés estivessem marcados na calçada da fama
Mesmo que meu nome fosse comentado por todos
Não, nada disso chamaria minha atenção, não
Não me orgulho nem me satisfaço com tantos flashes sobre mim
Somente se teus olhos se concentrarem nos meus
Somente se você pronunciar meu nome devagar ou gritando
Ou se você autografar teu nome junto ao meu num papel sulfite.
Assim eu sentiria prazer pela vida!
Mas se você ainda nem existe num meu universo
Se não sei teu nome, nem tu sabes o meu
Se ainda somos desconhecidos, e faço idéia de quando nos encontraremos
Então fico aqui mesmo nessas escadas, do qual adoro me sentar enquanto vou subindo devagar.
Fico aqui em meio a tantas pessoas, que sobem e descem apressadas
Fico aqui sozinho, na calma, quem sabe você passa por mim.
Quem sabe não se senta aqui ao meu lado e puxa conversa
Falaremos da vida, dos degraus que percorreu, e do quanto ainda percorrerá
Então nos ajudamos a levantas, sacudimos a poeira da roupa.
E continuamos nossa caminhada, nós dois de mãos dadas.
Assim mais fácil e prazerosa se torna a escada

Jeff Cruz
Inserida por jeffwriter
1 compartilhamento

"Todos nos envelhecemos, uns mais rápidos, outros mais lentos, mas a verdade é que estamos todos próximos da morte, mas esquecemos ou não queremos pensar nela"

Jeff Cruz​

Jeff Cruz
Inserida por JeffCruz

"A todos nos hacemos mayores, unos más rápidos, otros más lentos, pero la verdad es que todos estamos cerca de la muerte, pero nos olvidamos o no queremos pensar en ella"


Jeff Cruz

Jeff Cruz
Inserida por JeffCruz

Substância natural de todas as noites, chega de pernoite pois vem como um Açoite é você dama da noite, boa noite!

Jeff Cruz
Inserida por JeffCruz

Lembre se de quem se lembra de você, marque uma visita, daqui algum tempo, quando você lembrar dessa pessoa, talvez ela não esteja mais entre nós e realmente será apenas uma lembrança.

Jeff Cruz
Inserida por JeffCruz