Flora Figueiredo

26 - 28 do total de 28 pensamentos de Flora Figueiredo

Paisagem urbana

Num ponto qualquer da cidade
trêfego
trôpego
sôfrego
bêbado.
Ele tem medo da sobriedade.

Flora Figueiredo

Lugar Marcado

Sempre no mesmo lugar,
as cadeiras vazias questionam seu enrdo.
Estão vazias dos que saíram cedo
ou daqueles que resistem em chegar?

Flora Figueiredo
Inserida por AlmeidaNatali


Estou perdidamente emaranhada
Em seus fios de delícias e doçuras.
Já não encontro o começo da meada,
Não sei nem mesmo
Se há uma ponta de saída
Ou se a loucura
Vai num ritmo crescente
Até subjugar a minha vida.
Não importa.
Quero seus nós de seda
Cada vez mais cegos e apertados
A me costurar nas malhas e nos pelos.
Enquanto você me amarra,
Permanece atado na trama do novelo.

Flora Figueiredo
Inserida por sanferadich