Biografia de Fernando Collor de Mello

Fernando Collor de Mello

Fernando Collor de Mello nasceu no Rio de Janeiro, no dia 18 de agosto de 1949. Filho do político alagoano Arnon de Mello e de Leda Collor de Mello, filha de Lindolfo Collor, um dos articuladores da Revolução de 1930.

Formou-se em economia pela Universidade Federal de Brasília. Em 1972 foi nomeado prefeito de Maceió, exercendo o cargo até 1982, quando foi eleito deputado federal por Alagoas. Em 1986 foi eleito governador de Alagoas.

No fim de 1988, Collor lançou sua candidatura à presidência da República. Tornou-se conhecido por sua campanha de “caça aos marajás” – funcionários públicos com salários altíssimos. Collor venceu as eleições no segundo turno e tomou posse no dia 15 de março de 1990.

Iniciou o governo com um rígido plano de combate à inflação. Uma das medidas que causou revolta da população foi o bloqueio, por 18 meses, dos depósitos em conta corrente e conta poupança que ultrapassassem 50 mil cruzados novos. A inflação foi contida durante pouco mais de um ano, mas depois retornou aos índices elevados.

Em meados de 1991, surgiram denuncias de corrução. No centro das irregularidades estava o tesoureiro da campanha presidencial, Paulo César Farias, que teria montado um esquema de superfaturamento e propinas em todos os negócios governamentais.

Em maio de 1922, com uma denúncia de seu irmão Pedro Collor que afirmou que Paulo César ficava com 30% do arrecadado e Collor ficava com o restante. No mesmo ano, criou-se uma CPI para investigar o “esquema PC”.

O relatório final da CPI confirmou o envolvimento de Collor no esquema. Em 29 de setembro, a câmara autorizou o processo de impeachment. Collor foi afastado do poder e o processo seguiu para o senado, que aprovou o relatório favorável à condenação de Collor por crime de responsabilidade.

Na sessão de julgamento, no dia 29 de dezembro de 1992, Fernando Collor entregou sua carta de renúncia. Por 76 votos a três, os senadores aprovaram i impeachment e Collor foi proibido de exercer as funções políticas durante oito anos.

Em 1995, o STF julgou Collor inocente, absorvendo-o das acusações que o levaram ao impedimento de suas funções políticas. Em 2007, Fernando Collor foi eleito Senador pelo estado de Alagoas em mandato de oito anos. Foi reeleito para o mandato de 2015 - 2023.

Acervo: 2 frases e pensamentos de Fernando Collor de Mello.

Frases e Pensamentos de Fernando Collor de Mello

Eu tenho aquilo roxo!

Fernando Collor de Mello

Eu faço a historia vocês escrevem a historia

Fernando Collor de Mello
Inserida por calazansmarcio