Biografia de Fernanda Takai

Fernanda Takai

Fernanda Takay nasceu em Serra do Navio, no Amapá, no dia 25 de agosto de 1971. Com nove anos mudou-se para Belo Horizonte onde iniciou sua carreira musical. Em 1988 entrou para a banda “Data Vênia”, onde permaneceu até 1992, com o fim do grupo. Em seguida criou a banda “Fernanda e 3 do Povo” e em 1991 entrou para a banda “Sustados por 1 Gesto”.

Em 1992 criou o “Pato Fu” ao lado de John Ulhoa e Ricardo Koctus. (Xande Tamietti entraria para o grupo quatro anos depois). Ao lado de Skank e do Jota Quest, o grupo encabeçou uma onda de bandas mineiras no pop brasileiro. Em 1993 graduou-se em Relações Públicas pela Universidade Federal de Minas Gerais.

No início do Pato Fu, o grupo fazia uma mistura de pop com experimentalismo. Em 1998, Fernanda mostrou seu talento como compositora. “Antes que Seja Tarde”, virou a canção de trabalho do álbum “Televisão de Cachorro”. Em 2007 lançou o livro “Nunca Subestime uma Mulherzinha”, uma reunião de crônicas que publicou nos jornais Correio Braziliense e no O Estado de Minas.

A partir desse mesmo ano, vem se aventurando na carreira-solo. Lançou um tributo à cantora Nara Leão, um disco ao vivo e um dueto com Andy Summers, ex-guitarrista do trio inglês The Police. Em 2013, junto com o marido, o guitarrista John Ulhoa, compôs 27 canções para o espetáculo “Aventuras de Alice no País das Maravilhas” do grupo Giramundo.

Em 2014 lançou seu quarto disco “Na Medida do Impossível”, que tem: o brega de Reginaldo Rossi, o samba de Benito di Paula e a jovem guarda de Leno. Pitty e Marina Lima fazem dueto com Fernanda. Há também a participação do padre Fábio de Melo em “Amar Como Jesus Amou”.

Acervo: 4 frases e pensamentos de Fernanda Takai.

Frases e Pensamentos de Fernanda Takai

"O que eu não quero é não ser quem eu sou
Eu sou feliz, sambando assim meu rock and roll ..."

Fernanda Takai
133 compartilhamentos

O tempo voa
Quando se ama e nem notei a semana passar
A vida começou
No dia em que a gente se encontrou
E o tempo parou

Fernanda Takai
86 compartilhamentos

Ser diferente é atrair olhares e pensamentos que a gente sente como espinhos.

Fernanda Takai
11 compartilhamentos

A gente tende a cultivar os defeitos à medida que os anos passam, mas também a lançar olhares diferentes ao mundo;

Fernanda Takai