Fabiano Costa

Encontrados 11 pensamentos de Fabiano Costa

"Mais uma da série; você esta ficando velho".
Você acorda e os pensamentos fazem você viajar, rapidamente bate um desejo de querer escrever, colocar tudo em um grande texto.
Então eu lembro que estou na casa dos seus pais, e sabido que aqui meu passado ainda reina em alguns armários e portas.
Lembro que a décadas atrás tinha três vezes por semana curso de datilografia, e daquela época além do (esquerda: ASDFG direita: HJKLÇ) em algum lugar uma "Olivett" tem que estar em décadas de repouso absoluto, começo então caçar daqui, caçar dali bummmm localizei a danada.
Por algum tempo sou transportado pra um tempo do qual praticamente havia esquecido quase que por completo, mas esse reencontro e que reencontro com a dona “Olivett”, como que por um toque mágico, resgata, aflora e reaviva toda uma história cheia de encantos e fatos das décadas passadas que eu esqueci.
Ansioso você tira ela da sua capa protetora, começo meio que namorar ela por instantes, vindo acomodar essa relíquia sobre a mesa!
Como que 20 poucos anos fossem ontem que acontecera, tantas histórias e momentos carregam minha memoria, me trazendo e reacendendo lembranças quase que instantaneamente. Resgatei noites de treino que antecederam as provas, cãibras nos dedos, dores, puxão de orelha da mãe, que cobrava diariamente para você aprender a bendita cuja datilografia...
Fecho meus olhos parece que ouço ela do meu lado falando... "se quiser ser alguém quando crescer precisa aprender datilografia pia, agora eu comprei e você tem que aprender se quiser ser alguém um dia".
Tantas histórias sou acometido! Minha primeira entrevista de emprego que fui testado na datilografia, nervosismo, sonhos, medos enfim tanta coisa que aqui ficaria pequeno descrever.
Pego minha primeira folha “Sulfite” insiro na danada, alinho e com muita força nos dedos, solto meu primeiro "asdfg" "hjklc" a fita adormecida ainda com resquícios de verde e negro replicam meu passado naquela folha!
Começo então escrever todo empolgado, viajando em histórias mirabolantes, sonhadoras, magicas e só minhas!
Aquele som da "Olivett" e algo fora do comum dos tempos atuais já que minha “Olivett” não é elétrica. Muito barulho e força são marcas da sua capacidade de dar vida aos textos que começo a transcreve!
Empolgado digitando, relembrando, sonhando, mergulhando em décadas de história, acabo nem percebo meu filho ao lado encostar olhando pasmo, boquiaberto, maravilhado e encantado com meu afazer. Paro no mesmo momento e me viro todo ansioso pra contar e dividir essa história que acabei de resgatar, todo eufórico para explicar a diferença de tecnologia, mas a cara dele e de alguém extremamente desconfortável, então eu não êxito e saio perguntando, filho que foi????
Ele prontamente responde paiiiiiii que "maneiro" seu computador; você digita ele vai imprimindo na hora, que demais, como é o nome desse computador!

Fabiano Costa
2 compartilhamentos

"Para o infinito do amor que me guia ao seu lado, junto do seu coração"

Fabiano Costa

Aos 20 anos um sentimento e desejo de liberdade me fez sair de casa, mas não somente sair de casa, eu fui longe, fui morar em Brasília, não queria mais pai e mãe pegando no pé dizendo o que fazer onde fazer, com quem andar para onde andar, hora de chegar hora de sair! Era muito chato, era um porre, e longe eu podia tudo, e somente o telefone às vezes nos trazia para perto, anos se passaram, 5 para ser exato, eu regressei, provido de alto suficiência ainda confiante e pisando firme, nada de voltar morar com eles, continuei morando sozinho. (afinal eu era grandinho, já podia fazer tudo). Amigos casando, vários provendo suas famílias, casando e descasando, outros casando novamente, outros casando pela terceira vez e eu aqui, firme morando sozinho e só assistindo, morando sozinho, já com um presente inenarrável meu filhotinho lindo Ian Costa, mas nada de achar minha bela adormecida.
Visitando meus pais aos finais de semana, entre uns furos aqui e ali, hoje percebi que não era nada disso, ser grande e independente não e morar sozinho, e não ter ninguém para repreender pelas cagadas visíveis, pelos porres e irresponsabilidades agudas, era sim ter responsabilidade, e ser justo consigo mesmo, com seus amigos e principalmente com sua família, e depois de uma certeza descomunal interior pego as malas tranco as porta do apto e volto correndo feito louco para casa de mamãe e papai com um sorriso de orelha a orelha, e tudo que me vem a cabeça e o conselho de um grande amigo! O TEMPO DO AMOR E IRRECUPERÁVEL, diante disso eu acrescento dizendo, “o tempo do amor da família”, esse então e insubstituível, daqui não saio, daqui ninguém qualquer irá me tirar.
Sabe por quê? Por que almoçar, jantar e tomar café ao lado da sua mãe, do seu pai, ver jornal, novela, discutir politica, ver futebol ou simplesmente pedir bênção pai, bênção mãe antes de dormir, não vale liberdade de 20 poucos anos algum! Agora tô eu aqui, pomposo, cheio dos mimos, faceiro

Fabiano Costa
2 compartilhamentos

Uma vez ouvi um senhor enquanto catava papel que me ofereceu comida quando bati a porta dele, enquanto me ofereceu um pão cheio de doce de abobora perguntou se podia me contar uma história + ou – assim. Na época eu tinha uns 12 anos de idade não entenderam muito que aquele senhor desejava me dizer, minha fome era maior e queria apenas comer, ele atribuiu à história a um índio, grande cfe antigo:
(Todo índio), no caso todo homem possui no seu endo, uma batalha entre dois lobos travada na sua concepção, “Um malvado, egoísta, ganancioso, violento e cheio de ira, movido pelo ódio e ressentimento, esse lobo e traiçoeiro e infiel, desconhece o perdão e vive cheio de mágoa sempre lutando com outro lobo, que é forte, determinado, fiel e amável, carregado de bondade e benevolência, guiado pelo coração e sua fé, transcende alegria, amor, afeto e gratidão que busca proteger sempre sua matilha antes mesmo de proteger a si, sofre e chora mas nunca desiste, sua luz e alma vai além da concepção de muitos”, quando questionei que lobo eu era ele apenas me respondeu, você é será o lobo que você alimentar”)

Fabiano Costa
2 compartilhamentos

ANA BEATRIZ BORBA



Quem é você, se não a verdadeira amizade...
Quem é você, se não a supremacia...
Quem e você afinal?
Quem é você afinal? Meu anjo protetor...
Quem é você afinal? A mágica mais perfeita...
Quem é você afinal? O brilho mais incandescente...
Quem é você afinal? O sonho mais real...
Quem é você afinal? A verdadeira pureza transcrita em carne, osso e coração.
Quem é você afinal? Uma fada...
Quem é você afinal monstruosa...
Você é!
Uma monstra, monstruosa amada, essência singular, espirito supremo, preeminência divina!
Amiga verdadeira, companheira leal, carinho único, conselho indispensável!
Abraço necessário, ouvido amigo, mãos firmes, puxões de orelha sincero!
Você é a verdade certa de um "bom dia", "boa noite", "bom fim de semana" e fantásticos sete anos ao seu lado...
Você foi e ainda é, meu crescimento, amadurecimento e garantia de felicidade demasiada...
Você é o transbordar de carinho único, a enchente de alegria que me carrega na sua presença...
Você é a minha amada, minha monstra, minha monstruosa, minha amadinha...
Você é a prova viva que AMOR e AMIZADE não compete e sim se completa...
Você é a prova que não existe coincidência, que conhecer você realmente foi obra de Deus...
Você me confiou seus segredos, seus amigos, sua família e sua lealdade.
Ao seu lado planos foram realizados, caminhos novos foram traçados, objetivos alcançados e muitos sonhos foram sonhados...
Você é alma candura e coração alvura...
Você é o emanar de bondade, amor, carinho, lealdade, alegria, felicidade quando somos expostos a sua presença...
Você é um caminho sem volta, entrou na minha vida e assumiu um lugar "básico", com o tempo você passou a ser "substancial",
não demorou muito e você tornou-se "obrigatória", quando me dei conta você era alguém "indispensável", o tempo e os anos foram passando, o que levou você ser alguém "fundamental", mas suas qualidades são indescritíveis e sua presença virou algo pra mim "essencial", desde então tenho certeza que você é na minha vida uma necessidade "capital", me dando toda certeza em afirmar que você é "imprescindível" para meu continuar.
Por que você é "VITAL"...

Fabiano Costa
2 compartilhamentos

Posso Não vencer hoje, Mas Lutarei ate Amanhã

Fabiano Costa
Inserida por Fabianocosta123

O Futuro espera pra mim ser feliz, Com ou sem você.

Fabiano Costa

"Enquanto sonhamos não devemos preocupar com as incertezas, ou medos, afinal os sonhos são por si só prêmios que almejamos conquistar, temor ou medo algum pode ser mais forte que sua busca por os prêmios que o esperam, entregue-se, ame, vibre, sofra, chore, ria, cante, sangre, porém jamais deixe de sonhar, somente enquanto houver vinda em você poderá ser premiado"

Fabiano Costa

Quem dera eu fosse capaz de compreender a perfeição do amor ou fosse eu capaz de entende-ló em toda sua magnitude e fervor, certo estaria nesse momento se capacidades eu as tivesse ao menos poder explicar ao meu coração o porque de tamanha dor. Mesmo assim eu não tenho dúvida que um fadário de dissabor lhe torna mais vivo que um fado de uma vida inteira VAZIA sem saber, conhecer ou poder sentir a virilidade e alacridade do que é AMAR

Fabiano Costa

ESPERANÇA VOCÊ TEM...



Não tenha “Esperança”, tenha sim, vergonha na cara para assumir ao menos, toda essa SIM culpa que lhe cabe, diante do retrato que vivemos em país chamado “Brasil”, de um povo que faz dos seus valores corrompidos, uma nação vil e torpe diante de sua complacência totalitária, egoísmo condescendente e sua indiferença mantida desde que “eu” e “meu” prevaleça, perpetue e mantenha-se devastando tudo a sua volta.

 

Nosso estado letárgico, imutável e resultado da falta do nosso caráter, que consegue de forma desumana viver na omissão, vitimismo a forma imoral que justifica nosso cinismo permissivo para uma mazela vivenciada diante dos olhos de todos nos e do mundo dia após dia e por nós que seja permissivo sem nada realizar para por fim a devassidão indescritível que deixamos e permitimos ainda existir.

 

Covardemente ignoramos tudo em prol dos interesses gerados pelos prazeres que podem ser nos proporcionados através da ganância de  pessoalidades que se escondem atrás do mal existente e ser á nos permitido justificar e culpar tudo e todos, menos a si mesmo.

 

Pagar o preço de uma desgraça social que resulta na perda, dor, descaso, desamor, irrelevância, crueldade e maldade, necessária para quantificar preço que pagamos, justificado na ignóbil e abissal falsidade, criminosa desculpa que se transformou conhecida pelo mundo como nossa marca “jeitinho Brasileiro”, desprezível e sórdida forma que vivemos em sociedade é hoje o preço que carregamos para valores perdidos e covardia que é nossa realidade vivida.

Fabiano Costa
2 compartilhamentos

ESPERANÇA E SEUS ESPERANÇADOS...


Sê você ESTÁ atravessando dificuldade, dor e sofrimento hoje, seja essa imposta mesmo sem aviso, muito menos consultada com brevidade, decorrência de falta de emprego, dinheiro para pagar contas básicas, comprar medicamentos, alimentos, cirurgia, moradia etc.

Se algum do detalhes citados acima são HOJE, retrato do seu momento, entenda que essa e a recompensa que lhe cabe, preço pago por sua covardia, estupidez e indiferença que hoje te “FODE”, então curta sua parte e aceita que essa dívida está sendo cobrada hoje é apenas é o resultado que se paga por covardia e vitimismo dos que se dizem menos favorecidos para aceitar e nada se fazer para mudar sua realidade, que é por alguns controlados pela falta, privação, egoísmo decorrente da ganância e valores inexistente, que uma falta de caráter se conhece os que chamamos de políticos, sendo o preço desse titulo o meio para pregar e prover a desgraça e maldade desmedida sem precedentes, justificada e engolidas por uma regra chamada CONSTITUIÇÃO que sua e de todos os demais que chamamos de povo, nação, pátria ou país BRASIL. 

Realidade que é sim, um país chamado BRASIL e só, paramos aqui já que os demais atributos trocamos por multidão, bando, facção, agrupamento, quadrilhas que transformou e transforma hoje sua realidade e á de muitos outros no que sempre foi e sempre será resultado da culpa EXCLUSIVAMENTE de cada um que aqui nesse solo conhecido como BRASIL “HABITA”
ASSIM.. como você é o único culpado por mazela que tão clara ai na sua cara e na minha e ignorada por minha covardia que aceita a temeridade que causa á multidão sofrimento e dor trocado por esperança e fé, sonho e miséria, medo e desespero preço a ser pago por quadrilhas e quadrilheiros que mutilando por ganância desmedida RESULTADO diário de uma destruição desumana, disfarçarem a mesmo culpa tão nossa e pagar ainda com vitimismo e fraqueza para nada se permitir fazer para não aceitar o que é enfiado doentiamente por um controle que se disfarça nas conhecidas e oferecidas verdades que todos aceitam e chamam de “POLITICA” e “CONSTITUIÇÃO”, para justificar suas atrocidades decorrentes e permissivas é ainda você sabiamente e estupida mente se faz de verdade e calasse.

Fabiano Costa
2 compartilhamentos