Ednilson Emmanoel Cintra

1 - 25 do total de 48 pensamentos de Ednilson Emmanoel Cintra

“ A semente do desenvolvimento que plantamos no campo do próximo, fortifica as raízes do nosso crescimento“

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

O profissional competente não propaga seu trabalho, as pessoas fazem isso por ele. Falar continuamente de seus feitos e resultados não é sinônimo de competência e sim de insegurança. Quem sabe fazer apenas faz, os elogios e reconhecimento são consequências de um trabalho bem feito e de qualidade.

Ednilson Emmanoel Cintra

“ Nós somos a inspiração que influencia, agregamos a persuasão, somos engenheiros da crítica construtiva e elaboradores dos argumentos. Abordamos a sociedade e os poderes que nos têm como alienados as suas informações. Usamos a inteligência em prol do desenvolvimento social. Somos ouvidos pelo conteúdo que disseminamos e não pela força que ostentamos. Somos jovens, somos persuasivos".

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

"As pessoas precisam olhar para você e pensar que você tem anos no negócio ou na empresa, mesmo quando você tem apenas meses. Você deve ser audacioso."

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

O peixe e o pássaro

Ela nasceu em meios as águas
Nas profundezas do oceano
Ele bateu as suas asas
A procurar um lugar plano

Ela respirou e viveu
O fundo do mar
Ele de lugar em lugar
Nunca soube onde pousar

Ela nadou entre caracóis
E conheceu algas marinhas
Ela voou tão solitário
Em meu céu de nostalgia

Curiosa a descobrir
O que em águas mais existe
Curiosidade tornou-se coragem
E ela conhece a superfície
O peixe e o pássaro

Ela nasceu em meios as águas
Nas profundezas do oceano
Ele bateu as suas asas
A procurar um lugar plano

Ela respirou e viveu
O fundo do mar
Ele de lugar em lugar
Nunca soube onde pousar

Ela nadou entre caracóis
E conheceu algas marinhas
Ela voou tão solitário
Em meu céu de nostalgia

Curiosa a descobrir
O que em águas mais existe
Curiosidade tornou-se coragem
E ela conhece a superfície

Um olhar de esperança
Do céu contempla o mar
O lugar mais bonito
Que um dia foi pousar

Pés firmes na areia
Contemplar a paisagem
Ela na superfície
Conhece sua imagem

Cruzou-se no segundo
Que a vida permitiu
Paixão toma o coração
No momento que se viu

Olhares atônitos
Sentença de uma mor
Condenados a viverem
Suportando grande dor

Tentou tocar
As águas te impediram
Ela quis te beijar
As ondas te traíram

Como nadar no céu
Como voar no oceano
Como respirar fora
Se cada vida tem seu plano



Pobre pássaro
Triste peixe
Não se vá
Não me deixe

Amor impossível
De que adianta a ilusão
Voando ou nadando
Sem ar quem fica é o coração

Na frase o poeta
Jamais esteve sozinho
“Um peixe e um pássaro podem se mar.
Mas onde vão construir o seu ninho?”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento

“Quando se ama, o amor é o momento único que se vive toda hora”.

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

“Até um ancião pode ser um jovem se considerar seus sonhos reluzentes”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

“Às vezes amamos as pessoas certas na hora errada”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

A chave de seu coração

Um dia você me deu
A chave do seu coração
O ato foi simbólico
Mas a tenho em minhas mãos

Você foi embora
E seu coração levou
Como abro essa porta
Se tão longe estou

Trancado aos cadeados
De uma imensa solidão
Se para mim está fechado
Como está o meu coração

Tentando abrir
Dia noite madrugada
Cheguei a imaginar
Que essa era a chave errada

Ao chaveiro fui
Suplicando uma ajuda
Sinto muito cavalheiro
Ela trocou a fechadura

Que faço eu amigo
Preciso abrir aquela porta
É difícil ser esquecido
E muito frio faz aqui fora

Tenha paciência
Pois tudo tem jeito
Se da porta não tem chave
Então a arrombe com um beijo

Faça minha seu chaveiro
Essas palavras suas
Daquela boca ardente
Eu farei a fechadura

E não a porta nem segredo
Que suporte e não abra
Ao um beijo caloroso
Em uma noite estrelada

E mandarei noticias boas
De dentro daquele coração
Aguarde minhas cartas
Ó chaveiro aguarde então...

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

“O segredo do coração está na atitude de um momento,
um beijo roubado guarda o inesperado”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

Bruna de Agosto

Quando a bruma vier
E tocar o seu rosto
Lembre-se das noites
Frias de agosto

Sentimentos se cruzavam
Ao nosso redor
Permanecia o desejo
E o amor era maior

Eu quis dizer algo
Quando ela me olhou
Mas com um beijo
Minha boca calou

Naquele momento meu coração
Disparou rapidamente
As estrelas desceram
E o céu estava entre a agente

Aquele beijo continuava
Devolvendo tudo o que era meu
O amor que eu lhe dera
Assim me devolveu

Segundos que fazem
Parte da minha vida
Anos de batalha
E um beijo era a conquista

Dominou-se
Com o beijo que calou
A seqüência era o silencio
Que entre nós sobrou

Falamos no olhar
Surpreso eu ainda estava
Pela primeira vez com uma mulher
Que realmente me amava

Tempos depois tudo acabou
Como uma luz que se apaga
Na escuridão do destino
Perdi minha amada

Sei onde ela está
E ela sabe onde eu estou
Não nos encontramos
Pois o orgulho nos marcou

Mas quando a bruma vier
E tocar nossos rostos
Lembraremos das noites...
Noites fria de agosto

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento

Chuva Fina

Chuva fina
Vem ao relento
Molha minha alma
Com meus sentimentos

Aqui dentro eu percebo
O quanto molha aqui fora
Mas eu estou aqui
E você foi embora

Cada gota que bate
No chão da saudade
Lembra a verdade
Da nossa amizade

Vem a chuva fina
Que eu não estou vendo
Molha o que vê
Também molha aqui dentro

Não entendo chuva
Porque deixou de molhar a alegria
Para que essa florescesse
E desse frutos a cada dia

O que cresceu foram tempestades
Que inundaram minha face
Cada gota que cai
Expressa mais saudades

De que adianta tempestade
Se esta não cultiva a vida
Que florescia radiante
Como era o dia a dia

Nostálgico será
Te ver da carne as cinzas
Chuva escorre em seu sepulcro
Vai chuva fina

Ednilson Emmanoel Cintra

“É necessário regar o coração com a chuva fina, pois onde não se molha nada se brota ”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

Flor de Luto

Da primavera ao verão
Do outono ao inverno
Tão cheia de ternura
Com carinhos sempiternos

Faz-se passar o tempo
Metáforas da vida
Sempre foi ela a mais bela
Do mundo em que eu vivia

Com a rosa ao amanhecer
Ao sol se entregava
Desabrochou em um lindo dia
A contemplar a alvorada

Que refletia a luz do sol
Em meus olhos tão distantes
Ofuscando a ironia
De um futuro triunfante

Como um vendaval
Sopra as pétalas de um rosa
O mesmo de fez forte
A mudar o rumo desta história

O que era uma vida
Hoje é passado
O amor que nascia
Agora é velado

Pois foi a mais linda rosa
Que apanhei em um jardim
Hoje não é a mesma flor
Que um dia sonhei para mim

Mas que fosse ela aqui
Pois seu perfume é o mesmo
Tão linda feita a flor
Mas com o ar do seu desprezo

O véu sobre sua face
Escondia-me a verdade
Assistindo o velar-me
Antes cedo do que tarde

Não velou minha carne
Pois suportei o sofrimento
Mas se fez assistir
O sepulcro de um sentimento

A ironia triunfante
Não deu lugar ao futuro
A rosa mais bela
Tornou-se
A flor de luto

Ednilson Emmanoel Cintra

É melhor perder com a verdade que vencer com a mentira.

Ednilson Emmanoel Cintra
204 compartilhamentos

A Fortaleza

Um dia Deus construiu uma fortaleza
E dentro do homem a colocou
E chamaras esta fortaleza coração
Assim Deus determinou

Tenha o homem em suas mãos
A chave desta fortaleza
Para que cuide do que entra e do que sai
E não venha ferir sua natureza

Assim Deus o deu a chave
Mas ele não viajou
Deixou entrar quem não devia
E grande dor suportou

Quebrando as paredes
Desta fortaleza tão profunda
Feito um furacão
Abalou suas estruturas

Sentiu o prejuízo
Do vento forte que passou
Com o vento foi o tempo
E o tempo a restaurou

Pensou ele que aprendeu
A vigiar sua fortaleza
Reforçou as fechaduras
Até encontrar sua princesa

Muitos quiseram entrar
Mas na porta foram barrados
Pois ele já havia aprendido
O que é certo e o que é errado

E viu-se tão forte
A suportar seus sentimentos
E nem percebeu
O que estava acontecendo

Enquanto olhava o horizonte
Em busca de um grande amor
Sem ele perceber
Na fortaleza alguém entrou

E quando ele despertou
Ela já estava lá dentro
Arrumando os seus sonhos
E dormindo nos seus sentimentos

Varreu o chão da tristeza
Jogou asa magoas no lixo
E atrás da saudade
Encontrou um amor escondido

Ele olhou para a porta
Nenhum sinal de arrombamento
E perguntou para si mesmo
Como ela foi parar ai dentro

Eis que a resposta lhe surgiu
Em um súbito momento
A porta é trancada para quem vem de fora
E não para quem nasce lá dentro

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento

Rosa de Outubro

Longínquo é o porvir
da vida amargurada
refletindo olhava o céu
em uma noite estrelada

Arrependimentos e mágoas
Fundiam-se com a tristeza
Na imensidão da noite
Brilhou mais forte de uma estrela

Cujo sua luz
Viajou com ardor
Iluminando em minha
Frente a mais linda flor

Mistérios da vida
Vou apenas contemplar
A maneira que a natureza
Veio a me consolar

Coberta com orvalho
E um sentimento puro
Das pétalas vermelhas
Era a rosa de outubro

Mesmo sem falar
Comigo se expressava
Fazia-me entender
Que a vida é mesmo insensata

E fui tomado
Por uma súbita vontade
De apanhar aquela rosa
E me indagar se era verdade

Mas ao meu pestanejar
Tudo desapareceu
A tristeza voltou
E eu voltei a ser eu

A rosa de outubro de
Ali não estava
O que errado fiz
Me questionava

Vim a deduzir
Com meu coração
Nas obras divinas
Ninguém põe a mão

Mergulhei no silencio
Surgiu-me a resposta
A flor é de outubro
E não minha rosa

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

Assim estará

Por sentimentos ou palavras
Te apresentei o amor
A declaração de amar
É estar contigo onde for

Por fazê - lá sorrir
Senti-me notável
Coração virou presa
De um instinto vulnerável

Quando valeu a atenção
Das paginas da vida
Assinei com minhas lagrimas
Os poemas que te fazia

Colhi meus sentimentos
E como flores te trazia,
Que nasciam em meu coração
Em terras de nostalgia

Quando embora foi o tempo
Consigo foi minha alegria
Fez nascer nos meus olhos
A enxergar o que eu não via

Triste realidade
Que o tempo fez saber
Falso foi o sorriso
Se me lembro faz doer

Dor no presente
No coração que desata
De braços abertos
O futuro te aguarda

Como estará
Quem desprezou
Esquecendo os carinhos
Que um dia te adornou

Como o sol sem o brilho
Assim estará
Quem não plantar o amor
Também não colherá

O triste encontra a alegria
E esquece a dura verdade
O alegre encontra a tristeza
E conhece a dor da saudade

E sempre há alguém
Chorando estará
Ao lembrar-se de um amor
Que um dia não soube cuidar

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento

Mundos Diferentes

Mundos diferentes
Que se atraíram com um olhar
Maior foi o desejo
Que a vontade de parar

Corpos que se atraem
Olhos que navegam
Vontade de se amar
Desejos que nos cercam

Disse-me não poder
Controlar meu coração
A verdade é que você tem medo
Da sua própria indecisão

Atraímos-nos por que nos queremos
Por que faz parte do destino
A verdade está presente
E só você está omitindo

Caminhos diferentes
Nos levaram ao mesmo lugar
Por mais que queríamos
Não conseguimos desviar

Destinos traçados
Por ordem do futuro
Desviar desta estrada
Não faz parte do meu mundo

Mas você sabe disso
E pouco se importa
Lembre-se que a felicidade
Só uma vez bate na porta

E continuamos afastados
Por sermos de mundos diferentes
Mas sempre que quisermos
Estamos unidos em mente

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

“O amor pode separar as pessoas,
mas nunca as suas mentes”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

"Inovação e Criatividade"


Procuramos inovar
aceitando outras realidades
solucionamos problemas
e buscamos oportunidades

O tempo nos permitiu ser criativos
quando trabalhamos o nosso conhecimento
mais importante que a vida
é viver cada momento

Inovamos, fomos diferentes
pensamos fora do normal
quebramos paradigmas
até de forma radical

Incrementamos nossa percepção
entendemos que há mais verdades existentes
e que o grande segredo para melhor escolha,
e ter escolha sempre

Aprendemos que entre as pessoas
existem virtudes e habilidades a melhorar
e se formos uma pessoa fácil
mais fácil será acreditar

Acreditar que nossa escala de valores
inibe da realidade a percepção
que para entendermos a vida
deve-se abrir mais que a emoção

Otimizar o que percebemos
neste imenso mundo ambíguo
é ser uma antena de criança
na abertura dos sentidos

E que ao que se entende
a abertura da mente
o raciocínio intermitente
nos leva ao mais inteligente
fugimos do convergente
fomos mais que eloquentes
vivemos alegremente
um mundo divergente

Um mundo que a cada passo
mostrou-se tão preciso
da identificação a verificação
um verdadeiro processo criativo

Sabemos sim, que juntos somos um todo
mas que cada um é diferente
um modelo de precisão não é todo mundo
mas quem ou o que especificamente?

Podemos descobrir que idéias
pode ser uma tempestade entre nós
que uma solução criativa
pode estar em um brainstorn

Que não importa como você pensa
mais de que maneira você entende
dentre nove inteligência, escolha uma
acredite você é inteligente

Mas foi preciso que um amigo
nos oferecesse mais que ombros
em uma estratégia chamada Disney
fez criar pernas aos nossos sonhos

Que começam a caminhar
e dessa vez não é um mito
a realidade de várias vidas
em alcançar os seus objetivos

E de cada ser humano
uma riqueza nós colhemos
Descobrimos com os nossos erros
quase tudo o que aprendemos.

De uma estrela a brilhar
guardamos a luz no sentimento
A cada passo que é dado
vivemos intenso um momento.

De alguém que contribuiu
de maneira criativa
nos ensinando outras visões
A mudar a nossa vida

Parabéns a você
que reinventou o que é ensinar
Mais que um profissional
Professora Silvia Sa.

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento

Poema Google

A busca por informações
mais rápida da web
de um oceano caótico
evoluiu a internet

Uma empresa, um exímio
uma equipe de verdade
o projeto que dominou o mundo
nasceu no fundo uma garagem

Construir um Império
de forma tão segura,
Um pacto interno
a preservar sua cultura

Mais que um grupo uma irmandade
da amizade a existência
como crescer tanto
sem abrir mão da sua essência

Uma empresa com ambiente
como dormitórios universitários
de bicicleta e patinetes
se locomovem os funcionários

De tênis e calça jeans
de jogos nas diversidades
Um ambiente mais propício
a inovação e criatividade

As inovações te fazem líder
criatividade a cada momento,
ferramentas de tecnologia
acompanham seu crescimento

Como abertura dos sentidos
capitando informações
transformar o conhecimento
é enfatizar suas criações

Criando um logotipo
vivendo as diferenças,
cada etapa que se passa
a formar sua consistência

De tentativas e erros
assim se faz saber,
Quando erra se descobre,
uma maneira de não fazer

O que se pode aprender
surpreender-se com a inovação
do Google a criatividade
Eis a nossa conclusão

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento

A mansidão da calmaria

Luto em sua vida
Vive em folhas ressecadas
Escutando o cantar dos pássaros
Admirando a alvorada

Nas mais belas tardes
Contemplando o silêncio
A um pestanejar
Cada vez mais sonolento

Na varanda verdes plantas
Que aparentam ter mais vida
Que esse corpo tão escasso
Outrora teve um dia

O rangido de cadeira
Passa-te o conforto
E na face resplandece
Um sorriso natimorto

Olhando o infinito
Dormindo acordado
A cadeira balançando
Só tem ela ao seu lado

Nas mãos tristes marcas
De cotidianos martirizados
O qual formou o seu império
De adornos temporários

Já aguardando conformado
A mansidão da calmaria
Satisfeito com seu feito
Eis que esta foi à vida

Ednilson Emmanoel Cintra

“A morte é um mistério escondido na vida, a vida de uns termina, onde se inicia a de outros”

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra

A moça e a Rosa

Na pétala de uma rosa
Eu vi o orvalho amanhecido
Desabrochou na alvorada
Ocultando seus espinhos

Na face de uma moça
Vi a lagrima caindo
No seu lindo semblante
Suas provas omitindo

Ao morrer de suas pétalas
O orvalho escorreu
Entregou-se a luz do sol
Seu brilho resplandeceu

Sorriso que se abre
A moça vive a vida
Eis que esta a luz
Que te faz assim tão linda

Nos raios do sol
Jardim iluminado
Toma conta dessa rosa
A secar o seu orvalho

Luz que aquece
Clareando uma vida
Consolando um coração
De lágrimas sofridas

Mas o sol tem seu tempo
E a noite é chegada
Traz com ela o sereno
Deixa à rosa orvalhada

Luz que conforta
No tempo presente
Eis que a prova torna
E chora novamente

Como o orvalho da rosa
Da moça são lagrimas
Como o sol que seca o orvalho
Seca as lágrimas também

O jardim é a graça
A moça é a rosa
O orvalho são as lágrimas
E os espinhos são as provas

Bem aventurada
É a moça omitindo
No oculto de sua alma
Escondendo seus espinhos

Ednilson Emmanoel Cintra
Inserida por EdnilsonCintra
1 compartilhamento