Biografia de Amyr Klink

Amyr Klink

Amyr Klink nasceu em São Paulo, em 1955. Apesar de ter se formado em economia e administração, é conhecido pelas viagens que fez ao redor do mundo, como navegador.

O interesse pela navegação começou quando ainda era criança, na época em que ia com a família para a região de Paraty, no Rio de Janeiro.

Em 1978, Amyr Klink fez a travessia Santos-Paraty em canoa solitário e apenas dois anos depois realizou os trechos Paraty-Santos e Salvador-Santos, de catamarã, durante 22 dias.

Realizou o trecho Salvador-Fernando de Noronha-Guiana Francesa, a vela, em 1982. Essa viagem foi importante, pois nela Klink pesquisou as correntes para um projeto maior, que seria a sua próxima travessia: o Atlântico Sul a remo, em solitário.

A travessia aconteceu em 1984 e rendeu um livro, chamado “Cem dias entre céu e mar”. Aventureiro, dois anos depois começou uma viagem preparatória para a Antártica e Cabo Horn, no veleiro polar “Rapa Nui”.

O Projeto de Invernagem Antártica começou em 1989, em solitário e no veleiro polar “Paratii”. Klink percorreu o total de 27 mil milhas, da Antártica ao Ártico. O trajeto durou 642 dias. Essa aventura deu origem aos livros "Paratii - Entre dois pólos" e "As janelas do Paratii".

Participou de inúmeros projetos na década de 1990. Viajou a costa brasileira pilotando uma asa delta motorizada e voltou para a Antártica, em 1997, como consultor de uma equipe de filmagem, que captavam imagens de alpinistas de icebergs.

E em 1998 começou o projeto “Antártica 360", que previa uma volta ao mundo pela circunavegação em torno do continente gelado, que é o trecho mais difícil de ser realizado.

A viagem durou 79 dias. Sozinho, Klink enfrentou os mares mais turbulentos do mundo, além de vários icebergs. Mais uma vez a aventura é relatada no livro “Mar sem Fim”, que conta todos os detalhes.

Klink também é diretor da Amyr Klink Planejamento e Pesquisa Ltda. e da Amyr Klink Projetos Especiais Ltda. É Sócio-Fundador do Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul (SC), onde contribuiu já que colecionava canoas antigas desde 1965, e também da Revista Horizonte Geográfico.

Membro da Royal Geographical Society e Assessor de Expedições da Revista National Geographic Brasil, Klink ministra palestras em seminários para empresas, escolas, universidades, instituições e associações. Em suas palestras, aborda temas como: planejamento estratégico, gerenciamento de risco, qualidade e trabalho em equipe.

Acervo: 21 frases e pensamentos de Amyr Klink.

Frases e Pensamentos de Amyr Klink

Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só.

Amyr Klink
30 mil compartilhamentos

“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”

Amyr Klink
1.7 mil compartilhamentos

Pior que não terminar uma viagem é nunca partir.

Amyr Klink
621 compartilhamentos

Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir.

Amyr Klink
510 compartilhamentos

"Descobri como é bom chegar quando se tem paciência. E para se chegar, onde quer que seja, aprendi que não é preciso dominar a força, mas a razão. É preciso, antes de mais nada, querer. "

Amyr Klink
390 compartilhamentos