Adélia Prado

26 - 50 do total de 106 pensamentos de Adélia Prado

Deus de vez em quando me tira a poesia. Olho para uma pedra e vejo uma pedra

Adélia Prado
461 compartilhamentos

Resumo

Gerou os filhos, os netos,

deu à casa o ar de sua graça

e vai morrer de câncer.

O modo como pousa a cabeça para um retrato

é o da que, afinal, aceitou ser dispensável.

Espera, sem uivos, a campa, a tampa, a inscrição:

1906-1970

SAUDADE DOS SEUS, LEONORA.

Adélia Prado
54 compartilhamentos

...me consola, moço.
Fala uma frase, feita com o meu nome,
Para que ardam os crisântemos
E eu tenha um feliz Natal!...

Adélia Prado
36 compartilhamentos

Dor não tem nada a ver com amargura. Acho que tudo que acontece é feito pra gente aprender cada vez mais, é pra ensinar a gente a viver. Desdobrável. Cada dia mais rica de humanidade.

Adélia Prado
563 compartilhamentos

Aqui é dor, aqui é amor, aqui é amor e dor:
onde um homem projeta seu perfil e pergunta atônito:
em que direção se vai?

Adélia Prado
17 compartilhamentos

"Quando dói, grito ai,
quando é bom, fico bruta.
As sensibilidades sem governo.
Mas tenho meus prantos,
claridades atrás do estômago humilde
e fortíssima voz pra cânticos de festa."

Adélia Prado
27 compartilhamentos

"Sofro por causa do meu espírito de colecionador-arqueólogo.
Quero pôr o bonito numa caixa com chave
para abrir de vez em quando e olhar."

Adélia Prado
161 compartilhamentos

"Meu Deus, me dê cinco anos.
Me dá a mão, me cura de ser grande!"

Adélia Prado
105 compartilhamentos

Beleza não é luxo. É uma necessidade!

Adélia Prado
71 compartilhamentos

"Quero comer bolo de noiva,
puro açúcar, puro amor carnal
disfarçado de corações e sininhos:
um branco, outro cor-de-rosa,
um branco, outro cor-de-rosa."

Adélia Prado
36 compartilhamentos

Estou no começo do meu desespero, e só vejo dois caminhos: ou viro doida, ou santa.

Adélia Prado
392 compartilhamentos

É roxo o amor, de amoras não, de dor.

Adélia Prado
16 compartilhamentos

Me dão mingaus, caldos quentes, me dão prudentes conselhos, eu quero é a ponta sedosa do teu bigode atrevido, a tua boca de brasa.

Adélia Prado
54 compartilhamentos

Com perdão da palavra, quero cair na vida.

Adélia Prado
108 compartilhamentos

Tudo que a memória amou já ficou eterno.

Adélia Prado
354 compartilhamentos

Vale a pena esperar, contra toda a esperança,
o cumprimento da Promessa que Deus fez a nossos
pais no deserto. Até lá, o sol com chuva, o arco-íris,
o esforço de amor, o maná em pequeninas rodelas,
tornam boa a vida. A vida rui? A vida rola mas não cai.
A vida é boa.

Adélia Prado
109 compartilhamentos

Um corpo quer outro corpo, uma alma quer outra alma e seu corpo. Este excesso de realidade me confunde.

Adélia Prado
52 compartilhamentos

Eu mesma não entendo minha enormíssima paciência de ficar à toa, só pensando, pensando e sentindo.

Adélia Prado
420 compartilhamentos

Preciso mentir um pouco para que o ritmo aconteça e eu própria entenda o discurso.

Adélia Prado
16 compartilhamentos

Quero você na minha frente, extático, (...) e eu para todo o sempre olhando, olhando, olhando...

Adélia Prado
62 compartilhamentos

Eu quero depois, quando viver de novo, a ressurreição e a vida escamoteando o tempo dividido, eu quero o tempo inteiro.

Adélia Prado

A gente tem sede de infinito e de permanência, então, esse ser que assegura a permanência das coisas, é que eu chamo de Deus. É o absoluto.

Adélia Prado
86 compartilhamentos

Eu acho que Deus é uma projeção humana, é um desejo infinito que nós temos de adoração, e de algo que nos suspende com o sentido absoluto.

Adélia Prado
79 compartilhamentos

Se pudesse, hoje, varria, isso mesmo, varria as pessoas todas com vassoura, como se fossem ciscos.

Adélia Prado
82 compartilhamentos

Aqui se passa fome, aqui se odeia, aqui se é feliz, no meio de invenções miraculosas.

Adélia Prado
25 compartilhamentos