Anderson Moura: Do sangue crioulo dos trocos ao sangue...

Do sangue crioulo dos trocos ao sangue crioulo das favelas não vejo muitas quimeras mas mesmo assim,há coisas belas. O traçar da rabiola. O soar do berimbau. O ... Frase de Anderson Moura.

Do sangue crioulo dos trocos
ao sangue crioulo das favelas
não vejo muitas quimeras
mas mesmo assim,há coisas belas.

O traçar da rabiola.
O soar do berimbau.
O meu samba tem dendê
que tempera o carnaval.

1 compartilhamento
Inserida por AndersonMoura