Jennyfer Martins: “Dizem que quando há um amor...

“Dizem que quando há um amor verdadeiro não existirá alguém para destruí-lo.“ — Estavam mentindo, eles mentem o tempo inteiro. Sempre existirá alguém para destruir, mas somente os fortes conseguem lutar contra todos os invejosos que querem arrancar o que é seu.

Todos os dias a garota fazia o mesmo tipo de rotina matinal, ela acordava com o toque do seu celular vibrando por mais uma mensagem que a deixava mais feliz. Saber que no outro lado daquele celular, do outro lado daquele rede existe um rapaz que estava acordando-a e amando-a cada vez mais. Por um momento ela se achava importante na vida dele, até que seus sonhos foram destruídos. Ironia do destino ou azar? Ela não sabia, mas ainda amava aquele garoto, amava de uma forma tão estranha e perplexa que só de vê-lo seu coração disparava, só de ouvir sua voz chamando o seu nome as suas pernas tremiam. Só de imaginar abraçada com ele a garota fechava seus olhos e sorria, era assim todas as manhãs. Uma regra estúpida que fazia ela contemplar ainda mais o fim do dia. Não era diferente com ele, pois sempre quando se encontravam o casal se amavam de uma forma tão grande e única que causava inveja a qualquer pessoa que via. Mas eles não ligavam para o que diziam, não ligavam para ninguém. — Somente ele […] Somente ela. — Os dois passavam por cada sufoco como todo casal passava, os ciúmes dela era demais. Ele não podia conversar com meninas que ela já o atacava com sete pedras. Mas ele também a amava, amava tanto que fazia de tudo para confortá-la em seus braços, fazia de tudo para dizê-la que é o amor da vida dele. Ela acreditava e assim viviam juntos, superando as crises do namoro, as brigas feitas um pelo o outro e as invejas das pessoas.

1 compartilhamento
Inserida por desejossombrios