Graciliano Marques: Ainda me lembro Meu amor quando te vejo...

Ainda me lembro

Meu amor quando te vejo meu corpo treme, meu coração vai a mil, te abraço te beijo no rosto. Ah, que loucura de te tocar, te beijar.
Conversamos sobre muitas coisas, mas nunca me vem coragem de te falar a verdade, o que eu sinto, o que eu sofro por não te ter em meus braços sentir o teu calor magnetizante que atrai os polos dos meus olhos a essas tuas curvas imantadas.
Queria estar do teu lado agora para me enrolar nos caracóis dos teus cabelos, mas infelizmente isso não pode acontecer, nunca mais te vi, você disse que ia morar distante de mim, por isso, estou afogando as minhas tristezas neste poema, para mais nunca esquecer de ti quando o ler.
Ainda me lembro das cenas mais lindas, do sentimento mais lindo, do sorriso mais lindo estampado naquele delineado rosto, do olhar de mel adoçando os meus, da meiga expressão em seu rosto que me encantava, mas lembro também do momento mais lúgubre quando você com uma expressão sentida, que me partiu o coração, você começou a falar que nós não íamos mais nos ver. Ah isso foi como uma punhalada em meu despedaçado coração. Mas nunca me esquecerei daquela frase tão marcante que jamais esquecerei, da frase que me fez naquele momento o homem mais esfuziante do planeta “pra sempre vou te amar”.

1 compartilhamento
Inserida por graciliano