Joey Potter: Eu costumava ter medo de tantas coisas....

Eu costumava ter medo de tantas coisas. Temia que eu nunca ia crescer... que ia ficar presa no mesmo lugar eternamente. Que meus sonhos estariam longe do meu alcance. É verdade o que dizem: O tempo faz das suas conosco. Em um dia sonhamos, no outro o sonho se tornou realidade. E agora que esta garota medrosa não me segue por onde vou... sinto falta dela. Porque há coisas que quero dizer para ela. Para relaxar, para ser otimista, que vai dar tudo certo. Saiba que conhecer gente que nos ama, nos entende... que nos aceita pelo que somos, vai se tornar algo raro. Jen, Jack, Audrey, Andie, Pacey e Dawson... Essas pessoas que contribuíram para quem sou... estão comigo aonde quer que eu vá. E conforme a história é reescrita em modos pequenos a cada dia... meu amor por eles só cresce. Porque a verdade é que foi a melhor época da vida. Cometemos erros, magoamos, aprendemos lições duras... mas tudo isso passou a ser uma lembrança terna. Como isso acontece? Por que esquecemos as coisas ruins e romantizamos as boas? Talvez porque precisamos crer que nosso tempo juntos... significou algo. Que apoiamos uns aos outros em uma época que nos definiu. Época que nunca vamos esquecer. Não posso jurar que foi assim que aconteceu... mas foi assim que pareceu.

3 compartilhamentos
Inserida por anacarolinam