Fabricio Canalis: Estou cansado. Estou cansado de viver....

Estou cansado.
Estou cansado de viver.
Estou cansado de morrer.
Ou pelo menos de querer morrer.
Ou de morrer um pouco a cada dia.
Não quero morrer.
Na verdade quero viver.
Sou louco pela vida.
Sou louco por causa da vida.
O que me faz querer morrer é não poder viver.
Viver de maneira digna.
Viver com meu talento reconhecido.
Eu adoro ser bajulado, ser elogiado, paparicado.
E na verdade sou muito bom.
Ninguém precisa fingir ou mentir.
É só reconhecer e manifestar
O que as pessoas escondem por pensar ser fraqueza.
Não, não é.
O reconhecer o belo não é fraqueza. É grandeza.
Grandeza de espírito, de coração, de alma.
É grandeza de visão.
Vivo entre dois mundos.
O das pessoas comuns e o dos loucos,
Insanos que ousam ver e protestar a vida
De forma única, bela, na sua verdadeira essência.
Mas isso não é convencional, portanto o artista é marginal.
Mas isso funciona como combustível.
Pois produzimos mais e mais,
Movidos por este sentimento alheio
E convencionado de que vivemos no mundo da lua.
Fomos classificados como lunáticos.
Quando na verdade quem vive fora da realidade
É quem não consegue enxergar a beleza da vida
Na sua simplicidade.
Quem não consegue viver dessa maneira.
Quem vive achando que tudo que está
Consumindo jamais acabará.
Quem vive achando que não é responsável
Ou não será responsabilizado pela própria natureza
Quando ela resolver cobrar a conta do descaso do ser humano.
O ser mais poderoso e inteligente não é capaz de perceber
Que quando tudo isso acabar ele não terá onde morar,
Viver, comer, vestir, enfim subsistir.
Uma hora a conta vai chegar.

1 compartilhamento
Inserida por FabricioCanalis