Yanna Milla: A Arte de nao saber amar A arte de nao...

A Arte de nao saber amar

A arte de nao saber amar e a arte do nao saber se dar
A arte do nao se achegar ou se aconchegar
Por medo do envolvimento necessario aos que estao vivos
E nao se importar ou sequer notar
Um sorriso timido ou uma lagrima disfarcada no silencio de um olhar
E nao perceber a beleza simples de um por-de-sol,
de uma cancao
A leveza de um momento, uma pequena mao
E nao se permitir, nem permitir aos outros viver
Pois nao existem outros na Arte de nao saber amar
Ela, que nos tem embolorado os sentidos
E desbotado nossos sonhos e horizontes mais bonitos
Pois a cada dia nos esvaimos de nos mesmos
tao auto-defensivos e inteligentes,
tao fortes e tao impotentes
em nossa insana arte de nao saber amar
A arte de nao saber amar enaltece o nao-belo, o ego,
o nao te preciso e por isso nao me precises
E assim prosseguimos,cheios de um profundo vazio
Sofisticadamente, prosseguimos...
Com cores desbotadas e empobrecidas
pintamos o canvas de nossa propria vida
Tracamos nossos pontos de fuga num jardim sem vida
Colocamos cercas ao redor de flores semi-mortas
Na ansia de protege-las do que seria vida
Brincamos com nuances de cinza e sorrimos de medo
E assim nos enganamos de viver a cada dia
E buscamos os aplausos de uma multidao que se retira
Triste pseudo-vida dos que nao compreendem
O verdadeiro sentido da palavra amor...

1 compartilhamento
Inserida por YannaMilla